Rondônia, sábado, 18 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quarta, 25 de Fevereiro de 2015 - 19h05

Com 5 dias no cargo, coronel Ubirajara Caetano é fritado pelos deputados estaduais

RONDONIAGORA


Com 5 dias no cargo, coronel Ubirajara Caetano é fritado pelos deputados estaduais

O secretário-chefe da Casa Civil, Emerson Castro, já tem o primeiro teste de fogo para apaziguar os ânimos entre Poder Legislativo e Executivo. Há 5 dias na direção do DER, o coronel Ubirajara Caetano não foi aceito pelos parlamentares que iniciaram uma sequência de denúncias contra o departamento que vão desde o sumiço de peças e pneus ao roubo de máquinas pesadas.  Por enquanto, não há clima para criação de uma CPI, mas falta pouco. Se depender do deputado Lazinho da Fetagro (PT), a comissão já estaria formada desde a primeira sessão ordinária.

Sistema de monitoramento


O que os deputados estaduais Adelino Follador (DEM), Luizinho Goebel (PV) e Lazinho da Fetagro (PT) não entendem é como o DER gastou milhares de reais em um sistema de monitoramento via satélite que não conseguiu evitar o roubo de duas máquinas pá-carregadeira e 1 retroescavadeira na região do Vale do Jamari e em Ji-Paraná. Os equipamentos estão avaliados em quase R$ 1 milhão. Segundo Follador, a coisa descambou para a bagunça, já que os próprios servidores reclamaram que pneus e peças estão sendo roubadas dos almoxarifados.

Polícia agiu


Em pelo menos um caso a polícia agiu e apreendeu uma máquina roubada em Guajará-Mirim que seria trocada por drogas na Bolívia. Em relação aos pneus, pelo menos até a gestão do ex-diretor Lúcio Mosquini, a marca do DER era gravada em relevo na borracha. Então quem roubou, precisaria retirar as inscrições da borracha para comercializar o pneu.

Chapa quente

Na verdade, os deputados não estão nada satisfeitos com a nomeação do coronel Caetano. Não se trata de algo pessoal. Mas meramente política. Ele é visto como um “bom menino” a serviço do governador Confúcio Moura, mas não serve para lidar com os prefeitos (aliados dos parlamentares) para execução dos programas de obras.

Mão de ferro


Na época do ex-diretor Lúcio Mosquini, uma pequena rebelião foi ensaiada na Assembleia Legislativa com apoio de empreiteiros inescrupulosos, mas o atual deputado federal agiu com mão de ferro e acabou com as intrigas. Um desses empresários vivia dizendo que havia doado R$ 100 mil para a campanha de Confúcio em troca do DER, mas se sentia traído porque não ganhava uma única obra do Estado. Também sua empresa está quase falida e suas obras são de baixa qualidade. Já Caetano com jeito de “bom menino”, não deve durar muito tempo no DER.

Assessoria nervosa

A assessora da Ulbra ficou nervosa com a matéria publicada pela CUT sobre a greve dos professores por falta de pagamento de salário. O release foi encaminhado pelo presidente da CUT, Itamar Ferreira. Em email mal educado a assessora tentava ensinar a imprensa.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions