Rondônia, sexta-feira, 24 de novembro de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sexta, 07 de Março de 2008 - 16h42

CONFIRA COLUNA SOBRE ASSUNTOS RELIGIOSOS

Aurélio Wolff


SINAIS DO AMOR DE DEUSHá cristãos que acreditam num estranho ensinamento: de que prosperidade material é sinônimo de amor e de bênção de Deus. A Bíblia não ensina isso em lugar algum. O apóstolo Paulo, por acaso, teria sido abandonado por Deus ou perdido Sua bênção? Como, então, ele relata que passou necessidades, até mesmo fome e nudez? (Filipenses 4:12; 2 Coríntios 1:8; 1 Coríntios 4:11-13). E que dizer de Cristo, o próprio Deus encarnado, que não teve lugar para nascer, não tinha onde reclinar a cabeça, e mesmo Seu túmulo não era Seu?

Precisamos perceber que nem toda prosperidade vem de Deus e que as provações não são sinais de que Ele nos tenha abandonado. Até mesmo os açoites de Deus são sinais do Seu amor! Se conhecermos verdadeiramente nosso Pai celestial, veremos quão proveitosa é cada provação pela qual Ele permite que passemos. Não importa a prosperidade ou a carência; importa, sim, viver sob o cuidado amoroso de Deus.
Leia Filipenses 4:11-13

UMA BÍBLIA DIFERENTE

Certa mãe, desejando que a filha pequena se interessasse pela Bíblia e decorasse alguns versículos, trouxe-lhe sua Bíblia toda empoeirada.

- Filhinha, venha ler um pouco a Bíblia.
Pode usar a Bíblia da mamãe. Depois pode ir brincar.
- Mamãe, eu prefiro estudar a Bíblia do vovô que é mais interessante que a sua.
- Não, minha filha, a minha Bíblia e a do vovô são exatamente iguais. Por que você diz que a dele é mais interessante?
- É porque o vovô está sempre lendo a dele e a sua fica sempre na estante pegando poeira.

Por isso, acho que a dele deve ter coisas mais interessantes e melhores de se ler – concluiu a criança.
Muitas vezes, os cristãos, por não valorizarem a leitura da Bíblia, passam aos outros a impressão de ser ela um livro comum. Não foi simples para Deus fazer com que hoje pudéssemos tê-la em nossas mãos; Deus usou Sua soberania para faze-la chegar ao maior número de pessoas possível, não para que estas a usassem como objeto decorativo de estantes, como um livro de belas histórias morais ou um amuleto religioso, mas para que, diariamente, desfrutassem as riquezas de Cristo nela contidas. Uma Bíblia empoeirada indica um coração empoeirado.
Leia Deuteronômio 17:18-20

ORAR DE GUARDA-CHUVA

Conta-se que em uma região muito castigada pela seca, alguns cristãos reuniram-se para orar por chuva. Uma menina foi a essa reunião com um guarda-chuva. Alguns riram-se dela, ao que respondeu:
- Ué, se vocês já sabem que Deus não vai mandar chuva, pra que orar? A gente precisa orar com fé.
Quando vamos ao trono da graça e pedimos algo legítimo ao Senhor, segundo a Sua vontade, temos de estar preparados para receber a resposta.
Leia Marcos 11:24

SEGREDO

George Müller é conhecido por ter tido milhares de orações respondidas por Deus. Ele mantinha vários orfanatos que eram sustentados apenas por oração, nunca tendo pedido nada a homem algum e nunca revelando a quem quer que fosse a situação em que estavam. Certa vez, perguntaram-lhe qual era seu segredo espiritual. Müller respondeu:
- Houve um dia em que morri, morri para George Müller, para suas opiniões, preferências, gostos, tendências e vontades. Morri para o mundo, seja para a sua aprovação ou censura. Morri para os aplausos ou críticas dos meus amigos e irmãos na fé, e, desde então, tenho buscado apenas ser aprovados por Deus!
Leia Filipenses 3:12-16

HUMILDES COMEÇOS

Certa vez a Escola Politécnica Federal de Zurique reprovou um garoto na sua primeira tentativa de fazer exames para ingresso naquela instituição do ensino. Nome do aluno: Albert Einstein.

Muitos cristãos, no início de sua vida espiritual, parecem-nos casos perdidos: não amadurecem, ainda guardam muitos sinais de sua vida sem Deus, ainda amam o mundo. Mas, de maneira misteriosa, algo começa a mudar lentamente neles, e o caso perdido torna-se um instrumento precioso na obra de Deus.
Como cristãos, precisamos confiar no poder da vida de Deus em Seus filhos. O desejo de Deus é levar todos os cristãos à maturidade, e, se esse é Seu desejo, é porque isso é possível. Assim, precisamos investir naqueles irmãos novos que nos foram confiados pelo Senhor. Por meio da Palavra, por meio da comunhão e da oração, eles poderão um dia ser apresentados perfeitos em Cristo (Colossenses 1:28).
Leia mais Zacarias 4:9-10
Mateus 18:10-14

ANTES DE TUDO

Antes que possa haver uma vida cristã próspera, nobre, resistente ao mundo, firme na tentação, inabalável nas provações, cheia de bons frutos, deve haver uma estreita união com Deus em secreto.
(PAUL E. BILLHEIMER)

BASTA SEGUI-LO

Muitas pessoas querem dirigir Deus em vez de se deixarem dirigir por Ele; querem mostrar-Lhe o caminho, em vez de simplesmente seguirem por onde Ele guia.
(Madame Guyon)

VIDA EM GÊNESIS UM (1)

O livro de Gênesis capítulo um, rigorosamente falando, não é só um registro de criação e sim de vida. Versículo 1 diz: “No princípio criou Deus os céus e a terra”. Versículo 2 continua: “E a terra tornou-se desolada e vazia; e as trevas estavam sobre a face do abismo. E o espírito de Deus pairava por sobre as águas” (Heb.). A palavra hebraica para “tornou-se” é a mesma usada em Gênesis 19:26, quando a mulher de Ló tornou-se uma coluna de sal. A terra foi originalmente criada por Deus numa boa forma, mas ela tornou-se sem forma; tornou-se desolada e vazia. Isaías 45:18 diz que Deus não criou a terra “em vão” ou “em caos”. A palavra hebraica para “em vão” é a mesma palavra para “desolada” em Gênesis 1:2. Deus não criou a terra desolada, mas ela tornou-se desolada por causa da rebelião de Satanás, a qual está registrada em Isaías 14:9-14 e Ezequiel 28:12-18. Devido à rebelião de Satanás, todo o universo foi julgado por Deus e assim a terra tornou-se desolada e vazia.
Há quatro palavras em Gênesis 1:2 que descrevem a desolação da terra sob o julgamento de Deus: “desolada”, “vazia”, “trevas” e “abismo”. A terra tornou-se desolada e vazia, e havia trevas sobre a face do abismo. Isso indica que não havia vida senão morte. Tendo por fundo tal quadro negro de morte, a Escritura prossegue: “... E o Espírito de Deus pairava por sobre as águas”. A palavra “pairar” é a mesma para “voejar” em Deuteronômio 32:11. Este versículo diz que Deus é como uma águia que estende as suas asas e voeja sobre os seus filhotes. E o espírito de Deus pairava, estendendo as Suas asas, sobre a situação de morte, a fim de produzir vida. O “pairar” de uma galinha sobre os ovos é para produzir algo vivo. Na Bíblia, o Espírito de Deus é primeiramente mencionado como o Espírito pairador e tal pairar indica que Gênesis 1 não é meramente um registro da criação de Deus, mas um registro de vida. O Espírito de Deus pairava por sobre as águas para produzir vida.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions