Rondônia, segunda-feira, 20 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quarta, 16 de Setembro de 2009 - 09h05

Cunhada de Hildebrando Pascoal assumirá o Ministério Público do Acre

Altino Machado


Cunhada de Hildebrando Pascoal assumirá o Ministério Público do Acre

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu por declarar extinto nesta terça-feira o mandato do procurador-geral de Justiça do Acre Edmar Azevedo Monteiro Filho, que ocupou o cargo durante 10 anos.

Decidiu, ainda, que até janeiro de 2010 o Ministério Público do Acre terá que ser dirigido pelo procurador de Justiça mais antigo. Agora é a vez da procuradora Vanda Denir Milani Nogueira, cunhada do ex-deputado Hildebrando Pascoal Nogueira Neto, que sentará no banco dos réus na segunda-feira por causa do “crime da motosserra”.

Ela, que já chefiou o MP do Acre, é casada com Silas Pascoal, irmão do ex-deputado. A decisão do CNMP decorre de uma representação movida pela Confederação Nacional do Ministério Púbico porque o mandato de Edmar Monteiro havia expirado no dia 5 de setembro. Monteiro chefiou o Ministério Público do Acre por dois mandatos consecutivos (1999 a 2003) durante a gestão do governador Jorge Viana (PT). Na eleição seguinte, assumiu a sub-procuradoria (2003 a 2005), durante a gestão do procurador-geral Eliseu Buchmaier. Ao término do mandato de Buchmaier, concorreu novamente e foi nomeado por Jorge Viana pela terceira vez (2005 a 2007) para o cargo de procurador-geral de Justiça.

Quando o atual governador Binho Marques (PT) assumiu, em 2007, Edmar Monteiro foi nomeado pela quarta vez, a pedido do senador Tião Viana (PT-AC) e do ex-governador Jorge Viana. Os dois anos de seu mandato terminavam no dia 5 de setembro.

Porém, no final de 2007, Monteiro conseguiu a aprovação de uma lei pela Assembléia Legislativa que alterou a data das eleições para o cargo de procurador-geral de Justiça e fixou a data da próxima posse para janeiro de 2010. Portanto, no dia 5 de setembro teria que ter deixado o cargo voluntariamente porque os dois últimos anos de mandato terminaram. Cópia da decisão foi encaminhada, via fax, ao Procurador-Geral de Justiça do Estado do Acre. O CNMP põe fim ao desmedido apego de Edmar Monteiro pelo cargo.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions