Rondônia, terça-feira, 17 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quinta, 14 de Abril de 2016 - 15h34

Embrapa Rondônia inicia novo formato de capacitação para levar tecnologias ao campo

Renata Silva/ Embrapa


A Embrapa Rondônia deu início a um novo método de capacitação, o modular. Neste novo formato, os técnicos que participarem das ações continuadas ao longo do ano terão conhecimento teórico e prático mais completo e aprofundado, levando aos produtores as tecnologias já disponibilizadas pela Embrapa e as recomendações adequadas para o desenvolvimento sustentável da agricultura em Rondônia. Assim como fortalecerá ainda mais as parcerias e interações entre as instituições voltadas para o setor produtivo, unindo esforços para promover melhorias no campo, tanto em aumento de produtividade, sanidade e qualidade dos produtos agropecuários.
 

De acordo com o novo chefe-geral da Embrapa Rondônia, Alaerto Marcolan, esta ação sinaliza o cumprimento de uma das metas da nova gestão, que é a capacitação continuada "Além de buscarmos meios de levar ao campo tecnologias, também precisamos absorver demandas da sociedade. Estas são ações que fortalecem e promovem maior interação com o setor produtivo e o desenvolvimento da agricultura em Rondônia", afirma.
 

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia – Faperon, e do Conselho deliberativo do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Senar/RO, Hélio Dias de Souza, concorda e reforça. "É preciso trabalhar de forma integrada pesquisa e extensão rural. É fundamental que a Embrapa nos subsidie de informações e tecnologias apropriadas para que nossos instrutores de campo possam levar, nos mais de 50 treinamentos que serão realizados, os conhecimentos gerados pela pesquisa da Embrapa no estado de Rondônia, nas mais diferentes áreas", destaca.
 

Neste novo formato os mesmos técnicos participarão dos cursos ao longo do ano. A primeira etapa já começou, com o 1° módulo da capacitação em Sistema de Produção de Leite, realizado nos dias 5 e 6 de abril, no Sebrae, em Ji-Paraná, este módulo tratou sobre a gestão, planejamento e questões ambientais das propriedades leiteiras. Participaram 28 técnicos de instituições públicas e privadas do estado, estes mesmos técnicos participarão de mais cinco módulos com outros temas que compõem a capacitação modular em Sistema de Produção de Leite. Ao todo serão 136 horas de cursos que vão de abril de 2016 a fevereiro de 2017 e para ministrar estas capacitações uma equipe qualificada de profissionais da Embrapa de todo o país está sendo mobilizada.
 

"Os participantes têm à disposição tecnologias e informações atualizadas transmitidas por especialistas nos assuntos que serão abordados. Desta maneira fortalecemos o elo com o setor produtivo e o acesso deles às tecnologias já disponíveis, com o objetivo de maximizar a eficiência produtiva das propriedades", destaca o médico veterinário da Embrapa Rondônia, Rhuan Lima, que coordena a capacitação modular.
 

Os participantes deste módulo são técnicos de diversas instituições e empresas voltadas para o setor: Ampliari, Associação de Produtores Rurais de Ouro Preto do Oeste - ASPRUMOP, laticínio DJM, Escola Família Agrícola Itapirema, EMATER, laticínio Italac, Laticínio Jóia, Secretária de Agricultura do Município de Porto Velho e SENAR-RO. A ação teve início com o Sistema de Produção de Leite, mas deve abranger todas as áreas de atuação da Embrapa Rondônia no estado: café, florestas e produção vegetal (grãos).

 

A pecuária leiteira em Rondônia
 

No estado de Rondônia a pecuária leiteira tem grande relevância econômica e social, com a mão de obra empregada nas propriedades basicamente familiar. A produção de leite do estado apresentou crescimento na última década, entretanto este aumento se pautou, em grande parte, do aumento de áreas exploradas e de rebanho, sendo ainda considerada como uma produção de baixo nível tecnológico. Apesar do baixo índice de adoção de tecnologias, Rondônia figura como o 8° estado brasileiro em produção de leite, o maior produtor da região Norte, com cerca de 48% da produção da região (IBGE, 2015), o que demonstra o grande potencial de crescimento da pecuária leiteira no estado. A adoção de tecnologias básicas, recomendadas para as condições específicas do estado, propiciará exponencial ganho de produtividade aos pecuaristas rondonienses. "Se Rondônia já figura como grande produtor nacional de leite com baixa utilização de tecnologias e sistemas de produção inadequados, imaginemos onde poderá chegar com a adoção de tecnologia", comenta Rhuan Lima. É neste sentido que são definidas as estratégias de transferência de tecnologias da Embrapa Rondônia, com foco na capacitação de profissionais que atuam em assistência técnica e extensão rural, capazes de difundir e multiplicar o alcance dessas tecnologias."
 


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions