Rondônia, segunda-feira, 20 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sexta, 31 de Agosto de 2012 - 21h43

ESCÂNDALO NA EMDUR E SEIS AÇÕES CIVIS PÚBLICAS: O RESUMO DA GESTÃO DE ROBERTO SOBRINHO

Elianio Nascimento


Como era de se esperar, o prefeito Roberto Sobrinho pediu até “pelo amor de Deus” para a imprensa portovelhense destacar que partiu dele a iniciativa para que o Ministério Público e Tribunal de Contas iniciassem investigações contra a Emdur. Disse isso na coletiva realizada em seu gabinete. Além do prefeito Roberto sobrinho Participaram da coletiva o procurador do município Salatiel Lemos Valverde e o atual secretário da Emdur, Jailson Vieira de Almeida.

O prefeito foi enfático em afirmar que partira dele a decisão de denunciar a as possíveis irregularidades naquela secretaria, entretanto não quis responder sobre a demora em comunicar os ilícitos ao Ministério Público antes. Como o homem que nomeia o chefe da Emdur, era improvável que desconhece os esquemas. Roberto Sobrinho também não quis responder sobre seus vínculos com o ex-titular da Emdur, Mário Sérgio, mas ironicamente afirmou que os desmandados não eram somente administrativos. Como explicar que Mário Sérgio esteve como presidente da Emdur em duas ocasiões?

Enfim, as denúncias contra a administração de Roberto Sobrinho já são muitas. Há suspeitas de direcionamento de licitações, não realização de serviços e superfaturamento na Emdur. Mas não é só isso: a gestão petista na Capital responde a nada menos que seis ações civis públicas por irregularidades já descobertas pelo Ministério Público, como por exemplo, o caso envolvendo a empresa Marquise. A contratação da empresa de publicidade foi feita sem licitação. Foi a mesma que fez sua campanha, isso todo mundo sabe. O MP e o Tribunal de Contas nesse caso nada fizeram.

Há ainda um acordo de confissão de dívida envolvendo o IPAM. São cifras milionárias, mas infelizmente a condenação pode até sair, mas após ele deixar o cargo.

Vergonha

Enquanto Porto Velho tenta à duras penas construir um novo terminal rodoviário, Rio Branco (AC) conta com três terminais de ônibus. A cidade com cerca de 350 mil habitantes tem dois prédios para a integração dos ônibus urbanos, além da Nova Rodoviária Internacional que deve receber 40 mil usuários por mês vindos de outros estados, Peru e Bolívia. A obra tem 7,6 mil metros quadrados e o custo ficou em mais de 13 milhões de reais, sendo 90% dinheiro do Governo Federal e 10% da prefeitura de Rio Branco. O engraçado é que a prefeitura de lá também é petista, mas tem mais "moral" com a administração de Dilma Roussef...

Chiqueiro

Os acreanos comemoram o belo terminal que receberam nesta sexta-feira (31) e entra em pleno funcionamento no domingo (02). Já os portovelhenses tem que embarcar e desembarcar em um verdadeiro chiqueiro. Considerado um dos piores terminais rodoviários do Brasil, os usuários tem que conviver com banheiros imundos, pombos por todos os lados (que podem transmitir mais de 300 doenças), mendigos, drogados, lanchonetes que servem produtos com qualidade duvidosa, além de nenhum conforto e mínima infraestrutura...
 


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions