Rondônia, sexta-feira, 14 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sábado, 05 de Dezembro de 2009 - 10h42

Expectativa: servidores com direito à transposição aguardam a relação da SEAD

Walmir Miranda


TRANSPOSIÇÃO

Em meio à grande badalação que continua ocorrendo através da mídia, milhares de servidores estaduais aguardam a divulgação da relação contendo os nomes daqueles que, efetivamente, têm direito à serem transpostos para o Quadro de Servidores da União, após a concretização do sonho que demorou duas décadas para se tornar realidade mediante a aprovação pelo Congresso Nacional da PEC DA TRANSPOSIÇÃO.
Essa PEC, depois de aprovada, passou a ter “pais e mães” para todos os lados. É que estariam em jogo pelo menos uns 50.000 votos nas próximas eleições, já que cerca de 15.000 servidores estaduais poderão vir a ser beneficiados com a tão propalada transposição.
Só que esse processo ainda irá demorar um pouco, ou seja, pelo menos de seis a doze meses. Talvez isso venha a se definir de uma vez antes das eleições de 2010. Isso se houver empenho e união da classe política e, principalmente, do Poder Público Estadual (a quem cabe elaborar, através da SEAD, a relação daqueles servidores que poderão ser transferidos para a folha da União).
Detalhe: todos servidores que forem considerados aptos à transposição terão o direito de optar ou não pela mudança de Quadro Funcional, ou seja, poderão sair ou permanecer no Quadro de Pessoal do Estado. Até porque, em algumas situações, os salários e vantagens oferecidos pelo estado de Rondônia são melhores que aqueles oferecidos pela União.
Todavia, acredita-se que isso só deverá ocorrer em 2010.  Por isso, os servidores estão na expectativa e torcendo muito para que à transposição se concretize (na sua totalidade de providências administrativas) antes das eleições no ano que se aproxima. Temem que se isso não ocorrer, os ânimos poderão se arrefecer e a situação ficar a passos de cágado.
Outro detalhe: a transposição desses servidores irá possibilitar aos cofres do Estado uma economia mensal superior a R$ 25 milhões. Dinheiro que servirá para investimentos em áreas importantes como saúde, educação, segurança, dentre outras.

FEIRINHAS Vs. SUJEIRA

A prefeitura municipal precisa encontrar, urgentemente, uma forma de disciplinar e organizar melhor as denominadas “feirinhas populares”, que são armadas em trechos de vias públicas de Porto Velho.
Essas feirinhas são importantes e precisam ser incentivadas, sim. E ninguém é contra isso. Todos sabem que delas depende o sustento de muitas famílias das áreas urbanas e rurais. 
Todavia, a população não pode continuar sendo prejudicada em se tratando de cuidados inerentes à saúde pública, em razão desse tipo de “comércio ambulante”.
A prefeitura e a vigilância sanitária, no entender dos comunitários portovelhenses, precisam elaborar e fornecer aos feirantes cartilhas contendo orientações sobre normas de segurança, higiene, proteção e conservação de frutas, legumes, carnes e verduras que são vendidos a céu aberto para a população.  Tais cuidados são muito importantes, sobre modo, para que produtos estragados não venham a ser vendidos e consumidos, com sérios riscos à saúde e a vida das pessoas.
Os feirantes precisam, também, serem orientados em como proceder para manter limpos os trechos que ocupam para vender os seus produtos. E, depois dos horários das “feirinhas populares” limparem esses locais adequadamente. Atualmente, isso, não está ocorrendo. 
O resultado é que, mesmo sendo importantes, as “feirinhas populares” findam se transformando numa espécie de pesadelo para as famílias que residem nas circunvizinhanças onde elas acontecem. Tudo em razão da grande quantidade de lixo que deixam no meio das vias públicas, nas calçadas e nas frentes das residências, causando aborrecimentos nas pessoas.
Soma-se a isso, à fedentina proveniente de restos de carnes, frutas, verduras e demais produtos, que não são comercializados, e ficam jogados ao chão ou acondicionados em vasilhames abertos atraindo moscas, ratos, gatos, cachorros e até urubus. Com isso, os riscos das pessoas contraírem doenças são muito grandes. Os canais responsáveis precisam resolver essa situação o quanto antes, portanto.

ROBERTO SOBRINHO “JOGOU A TOALHA” (?)

É como se pode considerar a decisão que o prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho (PT) tomou, em relação a sua, até então suposta pretensão de disputar o governo do Estado em 2010.
Sobrinho revelou a imprensa que, após minuciosa análise, sobre modo em relação ao cumprimento de seu mandato de prefeito reeleito, não mais se dispõe a lançar seu nome ao governo do Estado. E que seu candidato passa a ser o deputado federal Eduardo Valverde, eleito recentemente presidente do Diretório Regional do Partido dos Trabalhadores (PT).
Com isso, as cartas estão lançadas e todas as fichas estarão à mesa em apoio à pré-candidatura de Valverde com vistas à sucessão do governador Ivo Cassol (PP).
Bem articulado e com um bom trânsito junto à mídia rondoniense, principalmente, porque nunca esmurrou jornalista, Valverde, certamente, terá a simpatia de muita gente à sua pretensão de se tornar governador de Rondônia.
Ainda não se sabe se a senadora Fátima Cleide declinará da pretensão de vir a ser o nome do PT, na disputa do governo rondoniense como chegou a mencionar. Lembram? 
Agora já são três os nomes que aparecem como pré-candidatos ao Palácio Presidente Vargas em 2010: João Cahúlla (PPS), atual vice-governador; Expedito Júnior (PSDB), ex-senador da República e empresário; e Eduardo Valverde (deputado federal do PT).
Mas ainda poderão surgir pelo menos mais uns dois ou três “pretensos governadoráveis”... É aguardar.

FLAMENGO

Quem diria... Porém, é verdade.
Depois de um começo de Campeonato Brasileiro “mal das pernas” o Clube de Regatas do Flamengo é o líder da competição com 64 pontos, dois à frente de São Paulo, Internacional e Palmeiras.
Para ser campeão, sem depender de ninguém, basta ao rubro-negro carioca vencer o Grêmio, no Maracanã, nesse domingo, onde a renda poderá ultrapassar a casa dos R$ 2 milhões de reais.
Os três adversários do Flamengo estão se agarrando com tudo que é “santo” para tentar “abiscoitar” o título do Brasileirão Série–A de 2009.
Mas que está difícil tirar o título das mãos do Flamengo está.
Por isso, tremei “portas”, tremei “palácios”, tremei “favelas”, tremei “cortiços”. O “urubu” está na área e, se cair é pênalti, ou seja: se correr o bicho pega e se ficar o bicho come. Ah! Ah! Ah!
Entretanto, pelo sim, pelo não, vamos implorar ao Senhor para que não dê zebra... É isso aí!  

TIZIU “FURACÃO”

Segundo o que foi publicado na imprensa nos últimos dias, o deputado estadual Tiziu Jidalias “desancou o pau” no prefeito Roberto Sobrinho (PT), na senadora Fátima Cleide (PT), no vereador Cláudio Carvalho e no dirigente petista Tácito Pereira.
Tiziu disse que o executivo municipal portovelhense teria fraudado a licitação que beneficiou a empresa Uni Engenharia, que seria a responsável pela obra (ainda inacabada) da Rua Vieira Cahúlla, além de outras de drenagens na “Zona Leste”, que também não foram concluídas. Com isso, centenas de milhares de reais teriam sido desperdiçados em prejuízo da população da Capital.
E não foi só isso, não.
O parlamentar disse, também, que “o vereador Cláudio Carvalho é um incompetente e não sabe administrar nem a própria casa. Esse vereadorzinho, até agora não falou nada sobre a questão da Uni Engenharia e suas obras mal acabadas”.
Disse ainda que, “a senadora Fátima Cleide, não sabe para o que serve o Senado da República”.
E ainda chamou o prefeito Sobrinho de incompetente, além de taxar o presidente municipal do PT de Porto Velho, Tácito Pereira, de “um laranja”.
Tácito Pereira, por sua vez, rebateu as críticas dizendo: “o papel do Deputado Estadual é fiscalizar as ações do poder público Estadual, legislar para o Estado como um todo, e não ficar criando confusão e atrapalhando a cidade de Porto Velho com ataques que beiram a ridicularidade da sua atuação política. É lamentável que este deputado não tenha a mesma postura na defesa dos interesses do povo portovelhense”.
O posicionamento de Tácito foi feito através de uma nota do PT municipal.
Como é de se esperar, as “farpas” entre o deputado Tiziu Jidalias e a cúpula petista ainda poderão aumentar. Com isso existiria a possibilidade de novas revelações sobre supostas fraudes na administração municipal vire à tona, como deu a entender Tiziu Jidalias. 
Enquanto isso, a população portovelhense vai “assistindo de camarote”. E certamente dará o seu julgamento depois, ou seja, nas urnas e 2010.         

CHUVARADAS

A cada chuvarada que cai complica-se ainda mais a vida dos portovelhenses.
Tanto nas áreas centrais, quanto nas periféricas, aparecem inúmeros pontos totalmente alagados.
Residências e estabelecimentos comerciais são tomados pelas águas sofrendo enormes prejuízos mediante à perda de estoques de produtos diversos e/ou de objetos domiciliares (móveis, fogões, geladeiras, etc).
Em algumas partes da cidade os carros pequenos ficam ilhados até que as águas sujas e barretas baixem. Os riscos de acidentes são inúmeros, principalmente, nas esquinas onde verdadeiras crateras estão à espreita de suas vítimas ou de algum veículo (grande ou pequeno). Também porque os semáforos apagam e forma-se um verdadeiro “deus nos acuda”.
Todo ano é a mesma coisa.
Isso é uma vergonha!  

ODACIR SOARES

O experiente advogado, empresário e políticos, Odacir Soares, é deveras o novo manda chuva do PSL de Rondônia.
Odacir, que já foi prefeito de Porto Velho, deputado federal e senador da República, é atualmente Secretário-Chefe da Casa Civil do Governo de Ivo Cassol, onde vem fazendo um trabalho discretíssimo.
Seu objetivo no PSL é unificar e tornar essa pequena sigla político-partidária forte e com reais possibilidades de sucesso nas eleições majoritárias de 2010. O PSL deverá ser um dos integrantes do “arco de apoios” que o governador Ivo Cassol está montando com vistas às eleições do próximo ano, quando disputará uma cadeira para o Senado Federal e espera fazer o seu sucessor, ou seja, eleger João Cahúlla.

TRÂNSITO ASSASSINO

O trânsito assassino de Porto Velho continua fazendo vítimas fatais e mutilando outras tantas. Motociclistas e ciclistas são as maiores vítimas. Sinalização precária, ausência de campanhas educativas permanentes, mais de 30.000 motos e mais de 150.000 bicicletas trafegando pelas vias públicas da Capital são os “ingredientes perfeitos” para “esse coquetel mortífero”. Triste e lamentável realidade.          

A SEGURANÇA É PÚBLICA?

Causando ecos positivos no seio da população rondoniense o trabalho literário denominado: A SEGURANÇA É PÚBLICA? – (Ilações politicamente incorretas).
A obra é de autoria do delegado de Polícia Civil, Sandro Luiz Alves Moura, titular da Delegacia de Jogos e Diversões da Capital, e professor de Direito Penal na UNIRON.
Trata-se de uma demonstração corajosa, no que concerne à sua visão sobre os problemas que envolvem diretamente o Poder Público (Estadual, Federal e Municipal), em se tratando da Segurança Pública, tida uma das áreas vitais para a sociedade, não apenas em Rondônia, mas em todo o Brasil.
Essa obra vem repercutindo na sociedade rondoniense pela forma correta e eficaz com que faz chegar ao cidadão comum “dicas” muito importantes de como este deve procurar se proteger (dentro do possível) contra a criminalidade, principalmente nas áreas urbanas, bem como, faz um chamamento à responsabilidade que todos os cidadãos de bem têm para com as corporações de segurança, mais precisamente no sentido de ajudá-las a localizar e prender os marginais.
Também, para que os organismos de segurança pública e a sociedade em geral sejam parceiros permanentes, objetivando um efetivo combate a criminalidade em todas as suas esferas. Posto que, somente dessa forma poder-se-á diminuir os assustadores índices de criminalidade que aí estão.
O livro A SEGURANÇA É PÚBLICA? - É na verdade uma forma a mais com que os cidadãos de bem podem contar, para entenderem melhor sobre como funcionam os mecanismos voltados à sua própria segurança e respectivos patrimônios.    
Por certo alguns setores do Poder Público podem estar olhando de “soslaio” para esta obra literária. Porém, não se pode ignorar que ela é algo útil à sociedade. Disso não se tem a menor dúvida.
É o que temos escutado em incontáveis partes da Capital e do interior rondoniense.  

CUIDADO COM A AIDS

O Estado de Rondônia já registra 1.989 casos de AIDS, ou seja, da Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, no período de 1987 a setembro de 2009.
Em Porto Velho foram registrados 1.161 casos, ou seja, 60% do total referente aos demais municípios rondonienses. Na realidade são 466 infectados do sexo feminino e 695 do sexo masculino.
A informação é do Núcleo de Doenças Sexualmente Transmissíveis / AIDS.
Portanto, todo cuidado é pouco. A AIDS não tem cura.
Lembre-se: sexo só com camisinha. Assim é mais seguro. É o que dizem os especialistas no assunto.   

JOÃO CAHÚLLA

Parece ser “favas contadas” a escolha feita pelo governador Ivo Cassol (PP), do nome do vice-governador João Cahúlla (PPS) para disputar a sucessão governamental em 2010.
Cahúlla tem estado presente em todas as solenidades importantes do Executivo Estadual, juntamente com Cassol, ou sozinho, ou em companhia de membros do primeiro escalão do governo ou de parlamentares da base de apoio da atual administração.
Com isso fica bem claro que, Cahúlla deverá estar num palanque e o ex-senador Expedito Júnior (PSDB) em outro, pelo menos no primeiro turno das eleições de 2010, quando a população escolherá nas urnas o novo governador do Estado.
No segundo turno a história será outra. Com certeza.
Isso se houver segundo turno.    
COPA DO MUNDO
A seleção de futebol que se sagrar campeã do mundial de 2010, na África, receberá de prêmio da FIFA a bagatela de R$ 53 milhões, ou seja, algo em torno de 38 milhões de dólares.
É por isso que a disputa será das mais acirradas e, por certo ocorrerão muitas surpresas. É que muita grana “faz a diferença”. Por isso, as seleções ora desacreditadas irão se transformar dentro de campo e darão muito trabalho para as seleções favoritas.
Quem viver... verá. É só uma questão de tempo.  
   
ATÉ A PRÓXIMA, PREZADOS LEITORES !!!
************************************************************************************************************************
 


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/artigos/expectativa-servidores-com-direito-a-transposicao-aguardam-a-relacao-da-sead)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions