Rondônia, segunda-feira, 20 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quarta, 17 de Junho de 2009 - 13h46

Fuso horário único no Brasil pode acabar com o sonho de senador

POR EVANDRO FERREIRA


Fuso horário único no Brasil pode acabar com o sonho de senador
A aprovação, pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, do projeto do senador Arthur Virgílio (PDSB-AM) para instituir uma única hora legal no País, é uma das piores notícias que o senador Tião Viana (PT-AC) poderia ter nos preparativos que faz para a campanha dele ao governo do Acre em 2010. Na segunda-feira, completará um ano que entrou em vigor projeto de autoria de Tião Viana, sancionado pelo presidente Lula, que reduziu a diferença do fuso horário do Acre em relação à Brasília de duas para uma hora e que tem transtornado a vida da população do extremo-ocidental brasileiro.

A notícia, que certamente causará dor de cabeça ao senador acreano e sua equipe de marqueteiros, será motivo de celebração para seus opositores que, tardiamente, resolveram tirar proveito da “maior voada” política da história pública de Viana. Será um fardo pesado demais, embora a proposta do horário único ainda tenha um caminho relativamente longo até sua entrada em vigor, no final deste ano ou em meados do ano que vem.

No momento, o senador acreano e seus aliados estão concentrados em barrar, de forma escancarada, a realização, simultânea com as próximas eleições, de uma consulta popular na qual a população do Acre poderia dizer se aceita ou não a mudança do fuso horário ocorrida no ano passado.

Agora, com a perspectiva de que o fuso horário único seja adotado no Brasil -e existem declarações públicas de Tião Viana mostrando franca simpatia à idéia-, a situação do senador frente aos seus eleitores vai ficar ainda mais complicada, pois será muito fácil ligar o seu nome com o tema “mudança de fuso horário”.

Aliás, a forte campanha de marketing usada por ocasião da mudança do fuso horário do Acre no ano passado, que celebrou intensivamente a iniciativa do senador, agora se voltará contra ele.


Senão vejamos:


Ninguém pode negar e o senador fez -erroneamente- questão de reforçar de forma pública que a mudança do fuso horário acreano foi iniciativa dele.

Da mesma forma, é quase certo que 99,99% da população acreana é contra uma nova mudança de fuso horário que venha a igualar o horário do Acre ao de Brasília - o sol passaria a nascer no Estado a partir das 8 horas. Portanto, basta a confusão e o sacrifício imposto pela mudança do ano passado. Nisso todos concordam.

Diante dessa situação, e considerando que nos bastidores alguns políticos do PT, especialmente o deputado Nilson Mourão, agem contra a consulta popular, como remendar a imagem do senador ou mesmo tentar convencer o eleitorado acreano que ele, o candidato do PT, é contra o fuso horário único, mas, ao mesmo tempo, é a favor da mudança do fuso horário do Acre e contra a realização do referendo popular no ano que vem?

Confuso, não é mesmo?

Mas é assim que está a situação para Tião Viana. É uma enrascada sem tamanho e sobre a qual ele e seus aliados no Senado e na Câmara Federal têm pouco ou nenhum controle.

O que fazer?


Tentar usar manobras protelatórias, em conjunto com a bancada do PT, para impedir a aprovação do horário único, só vai prolongar o sofrimento e a exposição do senador às campanhas da oposição à sua candidatura ao cargo de governador do Acre.

Certamente seus opositores terão mais facilidade em vincular o senador com o projeto de fuso horário único do que a equipe de marketing do senador em tentar convencer os acreanos de que ele detesta a iniciativa de fuso único para o Brasil.

Embora não acredite, um observador maldoso pode até sugerir que esse projeto de fuso horário único só se viabilizou porque Tião Viana acabou com o fuso horário do Acre e do Sul do Amazonas. Foi como se tudo tivesse sido feito de modo muito bem premeditado.

Vejam que agora o autor da proposta de fuso horário único para o Brasil, o senador Arthur Virgílio (PSDB-AM), argumenta que “apenas alguns Estados e Fernando de Noronha possuem horários diferentes do de Brasília”. O que ele quer dizer, em outras palavras, é que é muito mais fácil implantar o fuso horário único no Brasil. E Tião Viana teve um papel importante no processo dessa mudança.

E agora Tião Viana? Você é a favor do fuso horário único para o Brasil?

Se for contra, e considerando que a maioria dos políticos no Senado e na Câmara parece estar a favor do mesmo, quais argumentos usará para tentar convencer que a mudança é um erro?

Não vale usar em sentido inverso aqueles argumentos que você e seus apoiadores utilizaram para justificar a mudança do fuso horário acreano.

Será que você vai admitir que antes da mudança tem que haver consulta popular para saber se o povo é a favor ou contra?

É claro que não podemos encerrar sem questionar os apoiadores, de plantão ou não, da mudança do fuso horário acreano:

- E agora? Como vocês argumentarão contra o fuso horário único? Ou será que não darão o braço a torcer e vão admitir que apóiam o mesmo?

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions