Rondônia, domingo, 19 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sexta, 16 de Maio de 2014 - 09h03

Grupo Cassol

Gessi Taborda


Grupo Cassol

Maurão de Carvalho deve estar ruim da cabeça nessa sexta-feira. Ontem o cacique o PP, (ainda) senador Ivo Cassol ficou totalmente favorável ao lançamento de sua irmã Jaqueline (aquela que mandou no Detran um bom tempo) ao governo rondoniense. E com a aprovação do Senador, todos os partidos prontos a entrar na coligação coordenada pelo chefe do clã Cassol concordaram aplaudiram a escolha.

SEM CARISMA


Jaqueline não tem nenhuma experiência eleitoral. Embora tenha formação acadêmica de nível superior, não mostrou até hoje nenhum traquejo para o discurso eleitoral, para dominar o palanque. É, certamente, dona de uma estampa quase cinematográfica, mas não tem – nem de longe – o carisma de dona Ivone, a mulher de Ivo. Para fazer oposição ao filosófico governador rondoniense terá de ser manejada como boneco de ventríloquo.

ÚNICA SAIDA

Para o deputado Maurão de Carvalho, após ver a impossibilidade de levar a frente o projeto de candidato ao governo do estado pelo PP comandado por Ivo Cassol resta só uma saída de continuar na vida pública: tentar uma cadeira na Câmara dos Deputados. Simplesmente disputar uma nova reeleição, disse o parlamentar, está fora de qualquer cogitação: “Como deputado estadual estou vendo o meu patrimônio diminuir”.
O deputado não aguenta mais gastar a bufunfa enorme com esse negócio de casa de apoio aos pacientes que buscam tratamento de câncer em Barretos. Se não se dispuser a enfrentar a disputa para federal, só restará a Maurão a saída de pendurar as chuteiras e reassumir seu papel de antigo pastor da Assembleia de Deus.

IGNORADOS?

Difícil de acreditar, mas nenhuma fonte do MP estadual desmentiu a afirmação de que quase todas as denúncias feitas até agora pelo presidente da Assembleia contra membros do governo foram ignoradas pelo órgão.
Difícil de acreditar. Simplesmente porque é dever do MP abrir procedimentos investigatórios sobre qualquer denúncia formulada por um chefe de poder, como é o caso do Hermínio. Este seria o procedimento lógico.
E tem mais: não apenas sobre aquelas protocoladas formalmente no MP, mas também as contidas nos discursos do, repito, chefe do poder legislativo, veiculadas pela mídia.

EVENTOS PARTIDÁRIOS

Várias siglas prontas para participar das eleições desse ano estão organizando eventos preparatórios para as convenções de junho.
Esse é o caso do PSOL, que fará amanhã (17) uma reunião com suas principais lideranças e pré-candidatos, para afunilar as ideias sobre o lançamento das candidaturas próprias de governador e senador, bem como o plano de ação para os pré-candidatos proporcionais. A informação e de Aluízio Vidal, presidente do diretório municipal do PSOL na capital do estado.

PESQUISA

Ainda não terminaram as incertezas sobre o nome dos “cassolistas” para compor a chapa majoritária como candidato a senador.
Há um consenso entre os liderados por Ivo Cassol sobre a espera do resultado de uma pesquisa a ser feita no final da primeira quinzena de junho destinada a apontar o nome mais competitivo.
Prá início de conversa, ontem um nome foi cristalizado como o mais provável candidato ao senado. Trata-se do deputado federal Carlos Magno.
Para garantir a indicação ele teria de sair na cabeça da pesquisa. Há outro fator para diminuir as chances de Magno: as precárias condições de saúde para fazer uma campanha pesada como a que se avizinha.

CABEÇA A PRÊMIO

Antonio Roberto dos Santos, superintendente do Patrimônio da União em Rondônia (SPU)”, confirmou ontem durante realização da audiência pública que debateu a questão fundiária dos bairros Arigolândia, Panair, Olaria, Pedrinhas, Caiari, Areal e Trinângulo, que está sob ameaça de morte, em virtude do cargo que ocupa.
Como a audiência pública terminou sem apontar um caminho para resolver o drama da “Figura A”, o assunto volta ao debate dia 22, numa nova audiência pública a ser realizada no plenário do legislativo estadual.

VIOLÊNCIA

Outro tema a ser debatido na assembleia numa audiência pública, dessa vez marcada para 6 de junho, na ALE, será o da “Tolerância Zero” contra a violência. Essa audiência foi requerida pelo deputado tucano Euclides Maciel. Ela está programada para começar às 9 horas daquele dia.

CONVERSA FIADA


Veja se dá para levar isso a sério. A Semusa está anunciando para hoje, das 8 às 12, na Fatec (Av. Jorge Teixeira) uma “oficina de sensibilização” (ou seja lá o que isso possa significar)  para discutir e aperfeiçoar os processos de acolhimento e humanização na rede municipal. Isso me parece uma maneira sofisticada de esconder aquilo que no passado, no bom português, era chamado de conversa para boi dormir.
Que coisa bizarra: o contribuinte paga o estipêndio (certamente alto) para Jane Cardoso (que ninguém sabe e ninguém viu) ser Coordenador Municipal de Humanização. Será o que o cargo foi criado com a justificativa da falta de humanismo na rede pública de saúde???  É mesmo de bater o bumbo...

FOGUETÓRIO

Está marcado para o dia de hoje mais uma edição do lançamento de foguetes por estudantes do IFRO, inscritos na Mostra de Foguetes da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. O evento é organizado pelos professores de Física do IFRO. Os foguetes serão lançados às 15h30, na unidade localizada na Avenida Jorge Teixeira, 1.146, próximo à Avenida Imigrantes. Segundo se informa, o combustível utilizado nos lançamentos é a composição do bicarbonato de sódio e vinagre.

BOA PERGUNTA

Por que será que só se veem advogados, sociólogos e ex-presidentes se manifestando a favor da legalização da maconha e nenhum médico? Quem souber, responda, por e-mail, à coluna.

COMO O DIABO GOSTA

Estatal que vive o dilema pré-falimentar a anos, incapaz de atender as demandas do estado em programas de saneamento básico, a Caerd esbanja dinheiro criando novos cargos e aumentando o custo da folha em quase 5 milhões. Certamente os aspones podem estar sorrindo, mas o contribuinte rondoniense vai ter de gemer mais. Ah! Isso é que deve ser o espírito da coisa nesse tal “governo da cooperação”. Ministério Público e Tribunal de Contas neles...
 


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions