Rondônia, quarta-feira, 22 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sábado, 31 de Julho de 2010 - 11h06

Imprudência, excesso de velocidade e desrespeito à sinalização causam acidentes e mortes de motociclistas em Porto Velho

Walmir Miranda


ACIDENTES E MORTES NO TRÂNSITO (1)

O grande número de acidentes envolvendo motociclistas na cidade de Porto Velho está deixando a população em pânico.
Todos os dias esses sinistros ocorrem mutilando ou matando pilotos e caronas. No caso dos mototaxistas, os caronas recebem a denominação de passageiros, ou seja, gente que utiliza esse tipo de veículo para se deslocar de um ponto a outro, paga por esse tipo de trabalho e finda ajudando a enriquecer os “papa defuntos” e donos de funerárias.

ACIDENTES E MORTES NO TRÂNSITO  (2)    

As estatísticas do Detran e da Delegacia de Acidentes de Trânsito (DAT) mostram essa lamentável realidade. As causas mais constantes para esses acidentes são: imprudência, excesso de velocidade nas vias públicas e o desrespeito à sinalização de trânsito.
A imprudência ocorre pelo exibicionismo de muitos pilotos, que esquecem que estão sobre apenas duas rodas. Apesar disso teimam em ziguezaguear entre os automóveis e veículos maiores, quase sempre em estreitos corredores, na ânsia de ganhar tempo para chegar a algum ponto da cidade, seja de dia ou à noite. Porém findam se deparando com a morte, partindo dessa para melhor, como diz o adágio popular. 
Já o excesso de velocidade desenvolvido pelos diferentes tipos de motocicletas parece ser uma espécie de fobia entre os motoqueiros, sejam homens ou mulheres, muitos dos quais mostram não ter conhecimento mínimo sobre as normas de trânsito. Isso faz aumentar as possibilidades de se envolverem em acidentes, e de se depararem com a morte. Morte que como todos sabem é um caminho sem volta. A não ser quando Jesus Cristo voltar para arrebatar os seus para o Paraíso Eterno.

ACIDENTES E MORTES NO TRÂNSITO (3)
 
Tem, também, a questão do desrespeito à precária sinalização de trânsito da cidade de Porto Velho, quer seja na sua região central ou nas periferias mais distantes.
Como que por brincadeira os motociclistas trafegam pela contramão, “cortam” os automóveis em pontos inadequados e perigosos, além de passarem nos semáforos com o sinal fechado (vermelho). Quando advertidos por algum transeunte costumam retrucar com palavrões e outras ofensas. Muitas brigas no trânsito já se registraram por conta desse tipo de comportamento de muitos pilotos de motos.
E como também existem motoristas ignorantes e irresponsáveis, o que se vê é o crescente aumento de acidentes com mutilações e mortes de motociclistas. É óbvio que engrossam essas estatísticas os acidentes envolvendo ciclistas irresponsáveis, cuja grande maioria ignora que têm (todos eles e elas) o dever de respeitar as leis de trânsito.
Aí dá no que dá.
Completando esse quadro dantesco, em cada esquina da cidade de Porto Velho existem crateras enormes e bocas de lobo sem tampas à espera de motociclistas, motoristas e ciclistas.
A Prefeitura Municipal não está nem aí. Os contribuintes que se lixem, e se possível arranjem novas vidas no crediário... Só que, isso não existe.
Isso é uma vergonha, pois não se coaduna com o visual de uma Capital de Estado como Porto Velho que já tem mais de 450.000 habitantes.

DELEGADO PAULO ABEMOR

Membro de uma família tradicional portovelhense o Delegado de Polícia Civil, Paulo Abemor, com o apoio de familiares, colegas de trabalho, amigos, lideres de classe e muita gente da comunidade onde nasceu decidiu disputar uma das 24 vagas da Assembléia Legislativa de Rondônia, pela legenda do PRTB.
Paulo Abemor afirma que “legislar para ajudar o Estado a dispor de mais e melhores serviços na área da segurança pública será à base de sua atuação, caso se eleja. Entendo que, aprimorar as instituições de segurança, equipá-las, dar-lhes contingentes de profissionais e instalações compatíveis com o crescimento e desenvolvimento do Estado são prioridades urgentíssimas, bem como, nas áreas da saúde e da educação”.

GILSON BÓRGES

Outro cidadão de boa cepa que está se colocando à disposição da população rondoniense para as eleições de outubro vindouro é Gílson Borges (PT do B). Postula uma cadeira de Deputado Estadual.
Há décadas Gílson Borges presta bons serviços a Rondônia, já tendo inclusive sido prefeito do município de Presidente Médici, onde obteve excelente índice de reconhecimento junto a população pelo trabalho desenvolvido e boa utilização do erário público.
Com propostas voltadas para áreas como: agricultura, habitação, segurança, saúde, educação, programas inclusivos para pessoas portadoras de deficiências, acessibilidade, cultura, esportes, dentre outras, Gilson espera obter a confiança do eleitorado e se eleger, para dentro da experiência política e administrativa que possui continuar contribuindo para Rondônia se consolidar, assim como, para melhorar a qualidade de vida da população em seus 52 municípios. “As inúmeras adesões que estamos recebendo de segmentos diversos da sociedade são forças incentivadoras ao trabalho que estamos apresentando as comunidades, com o foco voltado para a possibilidade de vitória” acrescentou.

JOÃO CAHULLA

O governador João Cahulla, juntamente com o seu vice (Tiziu Jidalias), o candidato ao senado, Ivo Cassol, além de integrantes da coligação “Avança Rondônia”, abriu quarta-feira (28), a série de comícios de sua campanha no município de Costa Marques, em presença de milhares de pessoas que foram ouvir suas propostas de trabalho.
Cahulla foi muito aplaudido e elogiado pelo trabalho que está desenvolvendo após ter substituído Ivo Cassol no comando administrativo do Estado. Sua coligação congrega os partidos políticos: PPS, PP, PV, PTB, PTN, PSDC, PSL, PHS, PMN e PRP.
Outro que foi ovacionado diversas vezes foi o ex-governador Cassol, que com o seu linguajar costumeiro falou do imenso trabalho realizado em todo o Estado em seus sete anos como governador, principalmente em áreas como: malha viária estadual, agricultura, saúde, segurança, educação, serviços públicos, além do setor empresarial. Disse do seu sonho de se tornar Senador da República, para ajudar o governador João Cahulla a fazer ainda mais pela população rondoniense. Conclamou a população presente a eleger os candidatos da coligação “Avança Rondônia”, por estarem imbuídos do sério compromisso de bem conduzir os destinos do Estado de Rondônia.

EXPEDITO JÚNIOR 

O candidato a governador pelo PSDB, Expedito Júnior, afirmou que “priorizar os servidores públicos de Rondônia é algo que fará em seu governo”.
Para ele, “algumas questões que interagem diretamente na vida da população passam pelos serviços prestados por esses servidores, como a questão salarial e a qualificação profissional. Se eleito, daremos especial atenção a essas e outras questões inerentes aos servidores públicos de Rondônia” disse o candidato tucano.
Graças a isso, vem crescendo o número de adesões a sua campanha no seio dos servidores estaduais rondonienses, asseverou uma fonte se sua assessoria de campanha.

CONFÚCIO MOURA

“Nada de terrorismo fiscal contra o empresariado rondoniense. Isso não ocorrerá no meu governo”. Foi o que declarou recentemente o candidato do PMDB ao governo de Rondônia, Confúcio Moura, que acredita piamente na sua eleição em outubro vindouro.
E ainda teria acrescentado: “o que o empresariado espera de um governo nessa área é segurança fiscal. E é isso que propomos para toda a classe produtiva. Vocês podem contar, portanto, com o fim da perseguição e da má conduta. Nosso governo não será relaxado, permissivo ou gastador”.
Confúcio também anunciou para o empresariado do setor de alimentos que fará a implantação de um entreposto de negócios em Manaus-AM, para facilitar as transações comerciais nessa área. Também iremos agilizar a liberação de licenciamento ambiental pela SEDAM. E criticou: “essa pasta precisa ter uma condução técnica”.
Confúcio comanda a coligação: “Aliança Por Uma Rondônia Melhor Para Todos”, formada pela coalizão composta por PMDB, PDT, PC do B, PRTB e DEM (quem diria?).

ASSERTRON

Você ainda lembra da existência da ASSOCIAÇÃO DOS SERVIDORES EM TRANSIÇÃO DO EX-TERRITÓRIO PARA O ESTADO DE RONDÔNIA (ASSERTRON)?
Essa associação e seus diretores tomaram “doril” e sumiram. Mesmo assim, já se sabe que o seu fundador e presidente Antônio de Barros Neto (popularmente conhecido como “POETA”) está residindo em Brasília-DF, há bastante tempo.
Vale ressaltar que a ASSERTRON, que teria obtido milhares de filiados (servidores estaduais) perdeu a sua finalidade e razão de existir, que era: tratar de interesses dos estaduais, no que se referisse à TRANSPOSIÇÃO para o quadro da União.
Só que, esse assunto tem outro foco como se sabe e, graças ao empenho do ex-senador Expedito Júnior e de alguns integrantes da bancada rondoniense no Congresso Nacional, dentro em breve terá seu desfecho final beneficiando cerca de 20 mil servidores.
Quanto a ASSETRON seria de bom alvitre que seus diretores viessem a público explicar se a entidade ainda existe?
Ao que se propõe, onde funciona seu escritório, se ainda cobra algum desconto dos servidores estaduais?
E, principalmente, dissessem quanto arrecadaram e no que aplicaram o dinheiro descontado dos servidores estaduais que acreditaram nas suas propostas “tão sedutoras”?
Explicar não custa nada.

CÓDIGO DE POSTURA CADUCO

Essa, sem dúvida, é uma das muitas demonstrações de incompetência administrativa da administração municipal de Porto Velho, que acerca de seis anos está nas mãos do Partido dos Trabalhadores (PT).
E porque se escuta isso por muitas partes do município?
Porque o Código de Postura do Município de Porto Velho é de 1972, como alguns órgãos de comunicação já divulgaram. Portanto está caduco mesmo. Está desatualizado.
Quer dizer, não se está levando em conta o “boom” de progresso e desenvolvimento que o Estado atingiu, principalmente a sua capital: Porto Velho, cuja população está vivendo espremida em pouco mais de duas mil quadras urbanas, uns cem bairros (oficiais) e mais de 450.000 habitantes, além de uma força eleitoral de mais de 250.000 eleitores aptos às eleições de outubro vindouro.
Por isso, o caos que se registra no trânsito automobilístico, por falta de escoadouros para a frota que já supera os 100.000 veículos entre automóveis e motocicletas, além das mais de 150.000 bicicletas que ajudam a piorar a situação, já que os ciclistas não respeitam às normas de trânsito, embora estejam sujeitos às suas sanções.
Não é preciso ser gênio para perceber que as adequações à nova realidade social e econômica do município são necessárias e urgentes. O retrato dessa realidade é que, certas fatias do empresariado está se apoderando dos passeios públicos, como se fossem uma extensão de seus negócios (comércios). É isso que se vê por toda parte da cidade.
Um desses tristes exemplos está na denominada “calçada da fama”, na Av. Pinheiro Machado. Muitos empresários ali estabelecidos deveriam utilizar apenas 90 centímetros de calçada. Deixando o restante da área de calçada para o livre trânsito das pessoas.
Mas isso não está sendo respeitado.
A prefeitura parece ignorar essa realidade, ou seja, não faz respeitar o direito dos cidadãos conforme especifica o Código de Postura de Porto Velho. Quer dizer, alguém está burlando a Lei. Mas a administração municipal não faz nada para mudar aquele vexatório quadro.
Voltaremos ao assunto. Aguardem!
   
PESQUISAS & PESQUISAS

A população já está começando a desconfiar de determinadas pesquisas sobre a aceitação exagerada de Luiz Inácio Lula da Silva, o “Lula-lá”, o “Dezenove”, o “Barbudo”, como os leitores quiserem.
É que, toda vez que surge algum fato que demonstre possibilidade de ameaçar o trabalho do PT, no Governo Federal surge logo uma ou duas pesquisas mostrando que Lula-lá está com reconhecimento estratosférico.
Agora, no período eleitoral, a coisa está ocorrendo com incrível freqüência.
Ora! Se Lula está tão bem, porque isso?
Seria medo de José Serra deslanchar de vez e detonar Dilma Roussef? Esta parecendo que sim.
Outra coisa: “amarraram” a ex-ministra Marina Silva, na casa dos 8 a 10% de intenções devotos. Será que é por que poucos acreditam que ela realmente tenha “matado” o seu lado petista? Isso só o tempo irá provar.
Por outro lado, ao tirarem Ciro Gomes da disputa presidencial pelo PSB, os petistas pensaram que estariam assegurando a vitória antecipada de Dilma (a escolhida de Lula) para a Presidência da República. Entretanto, parece que isso não está dando resultado.
Pena que Ciro Gomes esteja mais calado que estátua de via pública. Por quê? Isso ele ainda não disse a ninguém.
Enquanto isso, o “carequinha” José Serra continua “fungando” nos congotes de Dilma e Lula-lá, e caindo nas graças do eleitorado brasileiro.
É o que se está ouvindo pelo Brasil afora.

PERGUNTA

Os Agentes de Trânsito da Prefeitura Municipal de Porto Velho estão “NOTIFICANDO” ou “MULTANDO” os proprietários de veículos?
Que documento é aquele que eles preenchem e depois passam para o DETRAN “completar a obra”, ou seja: aplicar multas e tirar pontos das Carteiras dos Motoristas?
Alguém pode se habilitar a explicar isso, por favor?

ATÉ A PRÓXIMA, PREZADOS LEITORES !!!


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions