Rondônia, sábado, 21 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Terça, 04 de Novembro de 2008 - 08h19

Infraero tapará buracos para evitar a interdição - Por Altino Machado

Altino Machado


O Aeroporto Internacional Presidente Médici, de Rio Branco (AC), não será mais interditado a partir do dia 13 de novembro por causa dos buracos na pista de pouso, conforme ameaçava a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Diretores da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e da Anac estiveram reunidos na noite de terça-feira, em Brasília, quando ficou acertado que a pista de pouso do aeroporto não será interditada.

A assessoria de imprensa da Infraero informou que haverá restrições operacionais em pequena escala, comuns em obras. O planejamento da operação tapa-buraco levará em conta a execução dos reparos em horários de janelas de vôo, sempre buscando não afetar a operacionalidade do aeroporto.

Durante a reunião foi decidido ainda que, a partir do dia 15 novembro, os aviões com mais de 60 assentos não poderão pousar no aeroporto quando houver pista molhada, de acordo com determinações de documento a ser emitido pela Anac.

Outra questão discutida foi a suspensão temporária da internacionalização do aeroporto de Rio Branco, até que ele obtenha a certificação operacional da Anac. A agência é a responsável no Brasil por emitir o Certificado Operacional do Aeroporto da Organização da Aviação Civil Internacional (OACI).

As inspeções da Anac constataram que a pista do Aeroporto Presidente Médici está apresentando problemas e poderia chegar ao ponto de não oferecer mais segurança para pouso e decolagem de aviões com mais de 60 assentos.

A Infraero informou que existe um convênio celebrado entre a empresa e o 7º Batalhão de Engenharia e Construção, do Exército, que deverá ser publicado no Diário Oficial da União até o fim desta semana.

Segundo a Infraero, o convênio trata de reparos emergenciais dos pavimentos do complexo aeroportuário (pista de pouso, de táxi e pátio) e elaboração de projeto para solução definitiva dos pavimentos.

- Na próxima segunda-feira, o presidente da Infraero, Sergio Gaudenzi, estará no aeroporto para verificar, pessoalmente, o andamento das obras - afirma a assessoria da empresa.

A Infraero informou que as obras serão iniciadas no início da próxima semana e que já há integrantes do Exército analisando o local da obra. O convênio das obras e do projeto custará R$ 1,6 milhão.

Embora não tenham sido comunicadas oficialmente pela Anac da ameaça de interdição, as empresas Tam e Gol se anteciparam em suspender a venda de passagens para o Acre a partir do dia 15 de novembro. Infraero e Anac não se manifestaram a respeito da decisão das companhias aéreas.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions