Rondônia, segunda-feira, 20 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quinta, 27 de Novembro de 2014 - 18h05

Leitura prolonga a vida

SERAFIM GODINHO


Leitura prolonga a vida
È inegável que quem tem o habito de leitura tem mais conhecimentos, inclusive de alimentação saudável, estilo de vida, de higiene e de tudo que os bons livros podem nos proporcionar, daí a chance de viver mais e melhor.

E isso deve ser iniciado ainda quando criança, ainda que não saiba ler, contando-lhe histórias.

Quando a criança ouve uma historinha automaticamente entra em um mundo repleto de fantasias e de mistérios, que deixam esse momento muito prazeroso e divertido. E, além disso, estendem seus conhecimentos, auxilia a criatividade e também aumenta o seu vocabulário.

O livro não é exclusividade para criança que já sabe ler. O livro deve ser considerado um brinquedo como outro qualquer. Desde muito pequena a criança deve ter contato com os livros como tem com brinquedos.

O gosto pela leitura deve começar antes da alfabetização, quando ela fica fascinada pelo conteúdo dos livros que os pais lêem para elas. Essa curiosidade vai determinar seu futuro como leitor.

A habilidade para ler e entender o que está escrito, capacita as crianças a se tornarem independentes, melhores estudantes, mais confiantes. Isso lhes dará a chance de galgarem as melhores oportunidades na vida profissional, o que lhes proporcionará uma vida mais divertida, tranqüila agradável e maior longevidade
Pequenas coisas podem ajudar a uma criança a se alfabetizar e depois tomar gosto pela leitura.

Leia para seu filho diariamente. Do nascimento até os seis meses, ele não vai entender nada do que você está lendo, mas não se preocupe com isso. Pra começar use livros ilustrados sem texto e com poucas palavras; conte histórias encoraje a criança a fazer perguntas e falar sobre o que ouviu. Caso não seja bom leitor procure voluntários, amigos e parentes para ajudar. Compre um dicionário infantil com figuras ao lado das palavras; faça com que materiais de escrever como lápis, canetas e papel estejam sempre disponíveis; na TV ou em vídeos procure sempre por programas educativos; visite bibliotecas e o leve em sua companhia, sobretudo seja um bom leitor.

O que você faz serve de exemplo para o seu filho. Os pais devem introduzir a leitura nas atividades diárias de seus filhos, mas não é tão simples o quanto parece adquirir esse novo hábito. Pois os pais precisam dar o exemplo, lendo sempre e com muito prazer. Então a partir daí os filhos relacionam a leitura como uma coisa muito boa e legal.

Na verdade a criança só faz aquilo que ela vê, portanto não vai adiantar nada você pedir para seu filho ler um livrinho de histórias se você mesmo nem pega em um, e nem se recorda qual foi o último que leu. E isso serve também para outras coisas que acontecem todos os dias, como querer que ele coma legumes e verduras sendo que você nem os coloca em seu prato.

Vá a uma livraria procurar um livro para seu filho que vai ter que ser de acordo com a idade dele, aproveite e compre um bem interessante para você. Quando chegar em casa dê a ele de presente, feliz e empolgado, para despertar o seu interesse e a sua curiosidade, olhem o livrinho juntos, vejam os desenhos, a escrita e o faça entender que ler é muito importante e um grande privilégio, e depois diga a ele que você vai ler o seu, e deixe seu filho se maravilhando no mundo da leitura.

Pensamento

Democracia.

Liberdade! As democracias que atentam contra sua majestade perecerão nas tiranias dos ditadores ou na anarquia das ruas.
Infelizmente a democracia não existe entre nós, senão nominalmente, porque as forças populares, pela incapacidade relativa em que as coloca a ausência ou o sucateamento do sistema de educação nacional, estão de fato excluindo de nossos eleitores a capacidade de discernimento para fazer a melhor escolha.

Na verdade, em nosso País, ficamos no impasse, tal como na escolha de Sofia: um regime de exceção em que a nomeação é feita por uma minoria corrompida ou por uma eleição em que a escolha é feita por uma maioria incompetente.

Daí o entendimento de que as verdadeiras democracias somente existem em países cujos eleitores tenham uma bagagem cultural que os permita uma escolha consciente.

A liberdade, a cultura e a ciência são na verdade, os verdadeiros suportes para que a democracia exista em sua plenitude.
Renè Descartes, grande filósofo, físico e matemático Francês, com sua inteligência brilhante, duvidava até de sua própria existência; e acreditou quando entendeu que sua dúvida, indicava que ele era capaz de pensar e concluiu: se penso, logo existo. Em contraponto poderíamos formular outro corolário: se não penso, logo não existo. E se não existo, não poderia votar.

Comendador Serafim Godinho

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions