Rondônia, segunda-feira, 20 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Terça, 16 de Junho de 2009 - 18h28

Mãe de vigilante sofre início de derrame, diz resumo da coluna de hoje

RONDONIAGORA


Mãe de vigilante sofre início de derrame, diz resumo da coluna de hoje

Filho ingrato

Mãe do vigilante Jayrisson dos Santos, Irma Santos, servidora da Câmara Municipal de Porto Velho, sofreu um princípio de derrame na manhã desta terça-feira quando tentou obter ajuda do procurador Reginaldo Pereira da Trindade no Ministério Público Federal. Foi levada pela ambulância do SAMU ao Hospital Central de onde não saiu até o início da noite. A senhora ficou em estado de choque quando descobriu que havia sido gravada pelo amigo do filho, Rodrigo Balcazar, relatando toda a farsa dos vigilantes para incriminar o senador Expedito Junior (PR-RO) e o governador Ivo Cassol (sem partido). Agora, o que deixou o meio político em dúvida foi o porquê ela ter procurado Reginaldo Pereira e não a Polícia Federal para pedir proteção.


Ou se elege, ou muda a Lei

As declarações do prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho, de que poderia convocar a Força Nacional de Segurança Pública para cuidar de Porto Velho, esbarra no mínimo em três impedimentos legais: o principal é que somente um governador tem a capacidade postulatória para lançar mão do apoio federal. É o que diz a Lei 11.473/2007, que criou a Força. O texto é claro logo no seu Artigo 1º: “A União poderá firmar convênio com os Estados e o Distrito Federal para executar atividades e serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio.” Como se vê, falta ao petista ser eleito governador  para que comece a pensar no assunto....
 

.....Mas antes disso

No entanto, o petista pode ajudar Porto Velho, seus habitantes e ainda ganhar simpatia para tentar uma eleição ao Estado. Que tal colocar a EMDUR para iluminar a cidade? Ou explicar para onde vão os recursos da iluminação pública, que entram nos cofres de outra gestão petista, no caso a Ceron. Se a cidade fosse iluminada, os bandidos não teriam tantas oportunidades para atacar.
 

Se bem que já ajuda

Agora não se pode deixar de destacar que pelo menos em um quesito a Prefeitura da Capital atrapalha a bandidagem: com tantos buracos e valas para serem ultrapassados em praticamente todas as ruas, as dificuldades para fugir da Polícia ficam um pouco maiores.
 

Efeito Lula

Os assessores do prefeito Roberto Sobrinho estão em polvorosa. Não pela visita da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, a Porto Velho na sexta-feira, 19, mas pelo o que o governador Ivo Cassol pode fazer para “roubar a cena” durante a prestação de contas do PAC. As obras de ampliação do sistema de abastecimento de água potável não tem um único centavo da Prefeitura de Porto Velho. A contrapartida dos recursos federais foi depositada na conta/convênio pelo Governo através da Seplan.
 

Patrocínio gordo

O Diário Oficial da Assembléia Legislativa tem publicado vários convênios celebrados com entidades liberando recursos para patrocinar eventos culturais, rodeios e campeonatos de futebol. A Expovel levou R$ 50 mil para o circuito country, um CTG (Centro de Tradições Gaúchas) ganhou outros R$ 7.800,00 e uma prova de laço em Cerejeiras mereceu mais R$ 8.000,00. Nada contra a iniciativa dos parlamentares em incentivar tais premiações, mas como perguntar não ofende, então vai: qual critério usado pela Mesa Diretora para liberar os patrocínios? São exigidas certidões negativas? Existe algum tipo de prestação de contas do dinheiro usado?
 

Santo forte

Por falar em Assembléia Legislativa, o secretário-geral Neucir Battiston continua firme no cargo. Um interlocutor contou à coluna que ele estaria assinado os últimos papéis antes de deixar o cargo. Depois sairia de férias e retornaria para Casa de Leis não mais como secretário-geral, mas nomeado na assessoria da presidência da Assembléia. O deputado estadual Miguel Sena (PV-Guajará) bateu o pé e mandou os colegas escolherem entre ele e Neucir. Bom, alguns apostaram no secretário-geral pelo seu prestígio já que Sena arregimentou uma série de inimigos ao longo do mandato, especialmente no Poder Judiciário. 
 

Fundaron afundou

A Fundação da Assembléia Legislativa está na iminência de ser fechada pela Mesa Diretora. Repassaram uma quantia expressiva para a entidade, algo em torno de R$ 3,5 milhões, mas tudo foi devolvido aos cofres da Casa porque havia fortes indícios de irregularidades na contratação de softwares de computadores. O dono da residência onde a Fundaron funciona não recebe aluguel há três meses e pouca gente se arrisca a colocar em andamento a Rádio e TV da Assembléia Legislativa.
 

Cadê a lei do nepotismo?

Atende pelo nome de Márcio Donadon o mais novo contratado para o gabinete do deputado estadual Marcos Donadon (PMDB-Vilhena) conforme o Diário Oficial da Assembléia Legislativa no dia 8 de junho. No mesmo informativo, o deputado estadual Alexandre Brito (PTC-Porto Velho) ganhou um reforço na imensa lista de cabos eleitorais à sua disposição: Patricia Ferreira de Paula Feder, cunhada do ex-vereador Alan Queiroz, que somou mais de 2.444 votos nas últimas eleições, mas seu partido – PSB – não obteve legenda.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions