Rondônia, domingo, 22 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 27 de Abril de 2009 - 15h44

Mais seis hidrelétricas na Amazônia - por Altino Machado

Altino Machado


Mais seis hidrelétricas na Amazônia - por Altino Machado
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr

A assinatura de um convênio de integração energética com investimento de pelo menos US$ 4 bilhões na construção de seis centrais hidrelétricas deverá marcar o encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com o presidente Alan García, do Peru, na tarde de terça-feira, em Rio Branco (AC).

Na semana passada, o chanceler peruano José Antonio García Belaunde participou de uma reunião, no Brasil, com o chanceler Celso Amorim, segundo a imprensa peruana, para “revisar e impulsionar a agenda bilateral, além de preparar o próximo encontro presidencial que acontecerá no Acre”.

O embaixador brasileiro no Peru, Jorge Taunay, chegou a declarar que “o encontro será o maior desde o estabelecimento da parceria estratégica entre ambos os países”. O ato será a continuidade de um evento, a “Expo-Peru Negócio”, realizado no ano passado, em São Paulo, quando centenas de empresários brasileiros e peruanos demonstraram disposição para realizarem investimentos na região.

Após a reunião no Brasil, o chanceler peruano declarou que o convênio “servirá para criar um marco de intenções entre a Eletrobrás e a Electroperú, para a construção deste projeto de geração hidrelétrica que serviria basicamente para atender a demanda brasileira”.

De acordo com as fontes do governo peruano, as duas empresas estatais também assinarão um convênio para a interconexão elétrica da região da fronteira.

“Compromisso de Rio Branco”

É a primeira vez que os presidentes Lula e Alan García se reúnem na capital de um estado fronteiriço. Os temas de cooperação e desenvolvimento da faixa de fronteira deverão figurar entre os tópicos centrais da conversa entre os dois presidentes.

De acordo com a assessoria do governo brasileiro, o documento “Compromisso de Rio Branco” anunciará novas medidas para estimular o intercâmbio econômico-comercial, o desenvolvimento fronteiriço e a integração energética. Lula e García determinarão providências para eliminar obstáculos existentes ao fluxo comercial e econômico entre Estados e Regiões da faixa de fronteira.

Os presidentes deverão também participar do encerramento do Encontro Empresarial Brasil-Peru, que prevê rodada de negócios e mostras de produtos brasileiros e peruanos. O objetivo do Encontro Empresarial é desenvolver o comércio na região de fronteira, incentivando o desenvolvimento e a criação de empregos locais. Mais de 160 pequenos e médios empresários dos dois países já estão inscritos.

O intercâmbio comercial Brasil-Peru saltou de US$ 724 milhões, em 2003, para US$ 3,3 bilhões em 2008. O estoque de investimentos brasileiros no Peru já chega a mais de US$ 2 bilhões. Empresas brasileiras estão presentes naquele país, desenvolvendo projetos em áreas como infraestrutura e energia.

A inauguração da estrada Interoceânica, prevista para 2010, é o maior símbolo do esforço bilateral de integração. Ela foi planejada para aumentar o fluxo de pessoas com a integração da região mais ocidental da Amazônica Brasileira ao Pacífico, mas ainda não tem o menor impacto no fluxo de mercadorias entre os dois países.

A conclusão da Interoceânica significará o primeiro eixo multimodal Atlântico-Pacífico, destinado a garantir o acesso dos produtos peruanos ao Oceano Atlântico e o acesso dos produtos brasileiros ao Oceano Pacífico. Lula considera que a integração sul-americana deve ser parte essencial da resposta à crise internacional.

Narcotráfico

Com a construção da rodovia, nos últimos anos a ação dos narcotraficantes se intensificou na região. O Acre voltou a se destacar com uma das principais portas de entrada de cocaína no país, mas a assessoria do governo brasileiro anunciou que não está prevista a assinatura de nenhum acordo específico sobre esse assunto.

Lula partirá de Manaus (AM) às 9 horas da manhã de terça-feira com destino a Rio Branco. A reunião bilateral com o presidente peruano está marcada para às 11 horas. O encontro será seguido de reunião ampliada, assinatura de atos e de almoço, às 13h30.

Lula partirá às 15h30 para Cruzeiro do Sul (AC), no extremo-oeste brasileiro, onde participara da inauguração do aeroporto da cidade e assinará a ordem de serviço para construção de uma ponte sobre o Rio Juruá, como parte das obras da BR-364.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions