Rondônia, domingo, 22 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Terça, 14 de Junho de 2016 - 18h30

Mapa reforça vigilância agropecuária nas Olimpíadas e Paralimpíadas

Mapa


A vigilância agropecuária, como de alimentos, medicamentos veterinários, bebidas e animais, será reforçada nos principais pontos de entrada de delegações, autoridades e turistas que vêm ao Brasil para os Jogos Olímpicos 2016, de 5 a 21 de agosto, e Paralímpicos, de 7 a 18 de setembro. Para garantir o cumprimento dos requisitos internacionais, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) vai aumentar o número de profissionais das equipes que fiscalizam o ingresso e saída de bagagens e animais em aeroportos e fronteiras.

Somente para o Aeroporto de Guarulhos (SP) serão deslocados de outros pontos do país cerca de 100 fiscais do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro). O Galeão (RJ) será reforçado com pessoal da própria superintendência do Mapa no estado, informa a coordenadora do Vigiagro, Edilene Cambraia. Segundo ela, os servidores do Mapa também estão participando de ações simuladas para testar a capacidade de fiscalização do país.

Para atender as delegações, as autoridades aeroportuárias estabeleceram fluxo especiais, em que todos os procedimentos-padrão de fiscalização serão cumpridos. “Desta forma, além de agilizar o desembaraço de pessoas, bagagens e cargas que vêm para as competições e solenidades das Olimpíadas, evitamos aumentar as filas nos procedimentos rotineiros”, diz Edilene.

Normas de entrada de pessoas, animais e cargas

O Mapa já comunicou ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB) as normas que devem ser cumpridas para a entrada de pessoas, animais e cargas no país. O COB deve informá-las aos comitês dos outros países participantes das competições.

Além do Rio de Janeiro, o Vigiagro reforçará a fiscalização nas fronteiras terrestres e em outras cinco capitais  — Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Salvador e São Paulo — onde haverá jogos de futebol das Olimpíadas. Os aeroportos e as instalações olímpicas dessas cinco cidades também terão atenção especial.  A quantidade de servidores para esses locais será estabelecida quando houver definição do fluxo de pessoas que devem receber.

No início de abril, a Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA) do Mapa criou um grupo de trabalho interno para oferecer subsídios técnicos e operacionais durante os Jogos Olímpicos Rio 2016 e viabilizar o cumprimento das normas sanitárias. O Grupo de Trabalho Olimpíadas SDA vai monitorar as atividades nos aeroportos, fronteiras e outros pontos de fiscalização.

Em março deste ano, o Mapa estabeleceu os procedimentos para importação de cães-guia durante os Jogos Paralímpicos Rio 2016 e dos produtos para a sua alimentação. O texto define também normas para a importação de produtos de origem animal e vegetal para consumo humano das delegações, organizações e representações diplomáticas dos países participantes das Olimpíadas e Paralimpíadas e eventos associados que ocorrerão no Brasil.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions