Rondônia, quarta-feira, 12 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sábado, 24 de Janeiro de 2015 - 09h16

MAURÃO É CONSENSO

Gessi Taborda


MAURÃO É CONSENSO

Reta final para e eleição da mesa diretora da Assembleia, que vai ocorrer no 1º dia de fevereiro, logo após a posse dos deputados eleitos em outubro do ano que passou, está ocorrendo com aparente tranquilidade. Por isso a Assembleia fechou a semana com os gabinetes praticamente vazios, sem nenhum clima de disputa.

Maurão de Carvalho é o deputado que – salvo alguma surpresa de última hora – construiu um consenso em torno do seu nome e deverá ser eleito como “o candidato natural” da casa.

Mesmo assim, há uma expectativa de que a próxima semana seja marcadas por reuniões para consolidar o desfecho de uma eleição com chapa única.
 
O PETISTA


As consultas realizadas pela coluna até à tarde de ontem apontavam para um cenário de definição do posto do deputado Maurão. Mesmo assim não foi possível conseguir contato com o deputado do PT, Ribamar Araujo, para saber se ele tinha se afastado da disputa. Possivelmente nas reuniões da próxima semana o trabalho será exatamente o de construir um diálogo para evitar disputas, com a definição dos pleitos em torno das comissões fixas do parlamento estadual.

Ribamar não é marinheiro de primeira viagem e mesmo assim deve ter descoberto, mais uma vez, que não tem a mesma facilidade de Maurão para formar e eleger uma chapa. Se já tiver descoberto isso, vai recolher os flaps para pleitear um cargo qualquer. Só assim não acabaria totalmente deslocado do processo.
 
ARAPUCAS


Na legislatura que se encerra Maurão de Carvalho não integrou a base aliada do governador reeleito Confúcio Moura. Tentou até ser candidato a governador pela Oposição, mas não conseguiu suplantar as jogadas de Ivo Cassol para emplacar a irmã.

Talvez por sua vinculação com a base que apoiava Ivo Cassol chegou a imaginar-se uma intromissão maior do Palácio Getúlio Vargas na disputa pela presidência da Assembleia. Pelo visto não há mais temor de supostas arapucas. Maurão caminha para a eleição de 1º de fevereiro sem ter rejeição ao seu nome como futuro presidente.
 
BOAS CONDIÇÕES


Uma das principais características do deputado Maurão de Carvalho é a de ter boa circulação entre os colegas de todos os partidos e correntes. Esse aspecto de seu caráter leva até os deputados mais governistas a convergirem os votos para sua eleição.

Deputados veteranos e novatos não escondem que Maurão tem as melhores condições para valorizar o Legislativo como poder independente, garantindo até condições melhores para o exercício da representação dos parlamentares, como intérpretes da voz do povo, e até para concluir grandes projetos do Legislativo rondoniense, como o término das obras da nova sede do parlamento.
 
SEM ALTERNATIVA

Maurão pode até não ser o preferido do governador Confúcio Moura para chefiar a Assembleia Legislativa. Todavia, na falta de nome com a mesma habilidade de articulação demonstrada pelo pepista Maurão, é “melhor ter um político sempre aberto ao diálogo” e sem qualquer resquício de radicalismo.

E em relação ao José Hermínio, que deixa a presidência no dia 1º de fevereiro, Maurão é muito mais moderado.

E certamente com Maurão de Carvalho na presidência da Assembleia não deverá existir entraves de ordem pessoal no relacionamento entre os dois poderes. Tomara, pois o estado precisa de estabilidade política para ter algum tipo de avanço em sua economia.
 
CANCELADO

E sem maiores explicações a prefeitura cancelou o evento marcado para hoje, na sede da Funcultural, que se destinava a comemorar o 1º centenário de instalação do município de Porto Velho. É claro que a data é importante para a cidade, mas como a prefeitura não conseguiu fazer nada de verdadeiramente grandioso para marcar o 1º Centenário da fundação da cidade, não seria agora que isso ia acontecer. Vai ver descobriram que a promoção anunciada não passava de um elementar truque de madame. Esse prefeito continua sendo um personagem “do baralho”.
 
SALIÊNCIAS


Porto Velho não é só a capital dos buracos, mas também das saliências de rua. Elas estão em toda parte, mas uma em especial está prestes a provocar acidente grave de trânsito. É na avenida dos Imigrantes, perto do Detran. Parece que a prefeitura continua sem enxergar essas “pegadinhas” tão costumeiras em nossas vias.

SANTO DE FORA

O sujeito chegou aqui somente há 4 anos. E já foi escolhido para pintar um mural na Biblioteca Francisco Meirelles onde deverá retratar “o homem amazônico e sua relação de harmonia com a floresta” (sic). Até parece não existir nessa capital, artistas plásticos com longa vivência no cenário da floresta e até com obras consagradas com esse tema. Sei não, mas cheira mal essa constante decisão de não valorizar a prata da casa. Quanto o tal brasiliense vai ganhar com esse “trabalho”? Por que artista local não serve para fazer isso? Até quando a prefeitura vai ficar alimentando forasteiros e deplorando dos valores locais? Ou será que o prefeito nunca ouviu falar de artistas locais como Rita Queiroz? Essa sim, vivida e experimentada cabocla que já ganhou exposições até fora do Brasil para mostrar cenas da vida de nossa gente da floresta.
 
REPETECO

E já anunciam como favas contadas outra super cheia do Madeira. É patente a incapacidade de alguns governantes de lidar com adversidades. Tem gestor público (pasmem!) vibrando com a possibilidade de decretar mais uma vez estado de calamidade e, com isso, receber verbas fora do orçamento que, como sempre, acabam sabe-se lá em que lugar. As vítimas da primeira cheia ainda estão pagando o preço de viver numa terra onde a imprevidência é marca dos governantes.
 
SE...

A declaração do ministro Eduardo Braga – que já foi governador do Amazonas – de que "Deus é brasileiro e deve mandar alguma chuva" me faz concluir que se Deus realmente fosse brasileiro já nos teria livrado dessa corja de picaretas e incompetentes que está no poder desde 2002.
 
APRENDIZADO

Será que a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, aprendeu com os discursos de campanha de Dilma Rousseff para fundamentar suas mentiras?


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/artigos/maurao-e-consenso)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions