Rondônia, domingo, 9 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quinta, 03 de Setembro de 2009 - 11h33

MPF dá prazo para remoção de estrela vermelha em helicóptero de governo do PT

Altino Machado


O Ministério Público Federal (MPF) no Acre deu prazo de 15 dias para que o governo do Acre faça alteração na pintura  da fuselagem do helicóptero Esquilo AS 350, comprado da Helibras por R$ 7,9 milhões por meio de convênio com o Ministério da Justiça. O governo do PT terá que remover a estrela vermelha ou redimensioná-la à mesma proporção da estrela vermelha apresentada na bandeira do Acre.

O helicóptero, que o governo do Acre recebeu em Brasília na semana passada, já está em Rio Branco. A estréia dele está agendada acontecer de modo pomposo no  Dia da Independência. O “avião de rosca”, como os acreanos costumam chamar helicóptero, sobrevoará a cidade durante o desfile militar e pousará em frente ao Palácio Rio Branco, sede do governo estadual.

A exigência é assinada pelo procurador da República Ricardo Gralha Massia. Ele afirma que a pintura fere o artigo 37 da Constituição Federal, que dispõe: “a publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridade ou servidores públicos”.

Massia argumenta que não há nenhum caráter educativo, informativo ou de orientação social na pintura, senão o favorecimento do Partido dos Trabalhadores (PT) perante a coletividade, ao lhe vincular os feitos da administração estadual, prática proibida no nosso sistema jurídico.

Segundo o procurador da República, apesar de a bandeira do Acre conter uma estrela vermelha, a enorme desproporção em que está disposta aquela pintada na aeronave acaba por confundi-la, no plano fático, com a marca registrada do PT, partido que, por seus representantes, exerce a chefia dos dois Poderes Executivos envolvidos na aquisição do helicóptero.

Na avaliação de Massia, a administração estadual estaria aproveitando-se da semelhança parcial dos dois símbolos. Esta semelhança não poderia ser realçada na publicidade governamental com fins de promoção de sua agremiação partidária à custa do erário público.

O governo do Estado tem cinco dias para se manifestar sobre o acolhimento da recomendação.

Em março, o MPF no Acre instaurou procedimento administrativo para averiguar irregularidades na nomeação de locais públicos com nomes de pessoas vivas, bem como a utilização de meios públicos de divulgação e publicidade para enaltecimento de imagem pessoal de autoridades públicas no Estado.

Em Rio Branco existem o Colégio Glória Perez, Biblioteca da Floresta Ministra Marina Silva, Usina de Arte João Donato, Colégio Estadual Armando Nogueira. A novelista, a senadora, o músico e o jornalista são alguns exemplos de acreanos vivos cujos nomes, para homenageá-los, foram atribuídos a bens públicos durante o segundo mandato do governador petista Jorge Viana.

O governo estadual já removeu o nome “Ministra Marina Silva” e também vai retirar o nome do músico João Donato da Usina de Arte. O Incra foi o primeiro órgão federal a assinar termo de ajustamento de conduta com o MPF para alterar um assentamento batizado com o nome de Edilza Felix Carneiro, servidora do órgão que ainda está viva.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/artigos/mpf-da-prazo-para-remocao-de-estrela-vermelha-em-helicoptero-de-governo-do-pt)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions