Rondônia, quinta-feira, 23 de novembro de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 14 de Abril de 2008 - 16h58

Na Boca do Povo - por Walmir Miranda

Walmir Miranda


Por: Walmir MirandaCASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (1)

Não se pode jamais analisar fatos fugindo da realidade que os mesmos representam. Pelo menos é o que se depreende do recente pesadelo vivido pelo governador Ivo Cassol e sua família, face à prisão do filho Ivo Cassol Júnior e de seu sobrinho Alessandro Cassol, durante a “Operação Titanic” da Polícia Federal, dia 07, pretérito, quando Rondônia viveu, também, outro pesadelo e ocupou manchetes negativas na mídia nacional.

CASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (2)

É óbvio que, as prisões mencionadas desembocaram na pessoa do governador do Estado, que sabidamente tem desafetos políticos a espreita de falhas de sua administração ou de eventuais “fatos” que envolvam seus familiares, para com isso tentarem “detoná-lo” perante a opinião pública.

CASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (3)

Entretanto, em mais este lamentável episódio, o governador Cassol resultou (ainda que teoricamente) mais fortalecido, porque teve a seu favor o clamor público, em razão de terem atingido sua família, com acusações de que Cassol Júnior e Alessandro Cassol poderiam ter cometido suposto crime de “tráfico de influência”, para que a empresa Tag Importadora e Exportadora pudesse instalar uma montadora de motocicletas em Rondônia, mais propriamente na cidade de Guajará Mirim.

CASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (4)

Só que, pelo andar da carruagem, a apuração dos fatos poderá levar à Justiça a concluir que os dois jovens, realmente, seriam inocentes na questão, que dentre outras pessoas, também, colocou na cadeia o empresário Mário Calixto Filho (dono do jornal O Estadão do Norte). A empresa Tag está sendo acusada de, mediante ação de uma quadrilha, causar prejuízo superior a R$ 7 milhões ao tesouro nacional em suas transações, sobre modo, envolvendo a entrada no Brasil de veículos de luxo, a partir de Vitória, no estado do Espírito Santo.

CASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (5)

Porém, ao contrário do que os desafetos de Ivo Cassol pensavam, graças à competência dos advogados França Guedes e Alcir Alves, que agiram com celeridade e precisão junto ao Juízo Federal de 1º. Grau, em Vitória / ES, que havia decretado as prisões de Ivo Júnior e Alessandro Cassol, os dois foram colocados em liberdade e já se encontram no aconchego de suas famílias. Com isso, o governador está respirando mais aliviado e recarregando as “baterias” para novos embates.

CASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (6)

É preciso analisar o significado que tudo isso teve para a população, sobre modo, para as centenas de milhares de eleitores que reelegeram Ivo Cassol ao governo do Estado. O sofrimento do governador, de sua esposa, D. Ivone Cassol e demais parentes ganhou proporções que os adversários dele jamais imaginaram. Ou seja: o fato provocou a solidariedade até de muitos que antes eram seus adversários. É que, tocaram naquilo que, efetivamente é intocável para homens e mulheres de verdade: a família.

CASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (7)

Ao convocar a Imprensa para falar sobre o rumoroso assunto, em duas oportunidades, Ivo Cassol, sem fugir do estilo que o consagrou perante o eleitorado rondoniense, foi taxativo: “não possibilitamos facilidades à ninguém que queira investir no Estado fora daquilo que esteja salvaguardado na Lei, particularmente, naquilo que diz respeito a isenções fiscais, vez que, existem estados que concedem isenções de até 90%. Apenas isso. Meu filho e meu sobrinho não fizeram nada de errado. São inocentes e foram presos por terem em algumas poucas oportunidades falado com os proprietários da Tag Importação e Exportação. Meu filho não adquiriu veículo importado algum. Eu também não sabia que essa empresas estava sendo investigada pela Polícia Federal por sonegação fiscal. Também, porque a mesma era considerada como uma das grandes importadoras de veículos de luxo do Brasil. Quiseram, sim, me atingir. E só Deus sabe o que eu e minha família passamos nos últimos dias até a soltura de Ivo Júnior e Alessandro. Tenho certeza que, a inocência deles haverá de ser provada perante à Justiça”.

CASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (8)

A mídia rondoniense já veiculou fartamente, a emoção com a qual o governador se manifestou após a chegada a Porto velho de seu filho e de seu sobrinho, sábado (12/04). Na oportunidade, Cassol chegou a chorar, coisa que não se vira antes. Chegou a mencionar que “isso foi a maior golpe que recebeu em sua carreira política”.

CASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (9)

Assim, é de se imaginar que, a menos que ocorra algum acidente de percurso, Ivo Cassol se concorrer, em 2.010, a uma vaga para o Senado Federal terá reais possibilidades de obter uma super-votação e também galgar mais um degrau em sua meteórica carreira política.
Nada obsta com relação a isso.
É que, apesar dos problemas que aqui e ali sua administração enfrenta, a máquina do Executivo estadual continua fluindo normalmente. E não se pode negar que em muitas partes de Rondônia a qualidade de vida da população não esteja melhorando.

CASSOL: ADVERSIDADES E CONSAGRAÇÃO (10)

É só analisar que, na área da segurança pública nenhum outro governador investiu tanto, quanto ele. Dobrou os efetivos das Polícias Civil e Militar. E do Corpo de Bombeiros, também. Também as está modernizando através de equipamentos de informática e de tecnologia de ponta.
Melhorou a situação de muitas rodovias estaduais. Construiu pontes, bueiros, pavimentou várias estradas, e continua fazendo igual trabalho em outras tantas.
A produção agrícola continua crescendo e sendo escoada durante os 12 meses do ano.
A economia do Estado melhorou sensivelmente, e Rondônia já ocupa a 3ª. posição nesse ranking, na Região Norte.
Mediante concursos públicos, Cassol, já ampliou a força de trabalho, no âmbito do Estado, com milhares de novas contratações e milhares de outras ocorrerão nos próximos meses, via concursos públicos, ou seja, oportunizando emprego para muita gente.
O rebanho bovino rondoniense, com mais de 11 milhões de cabeças de reses continua livre da febre aftosa por vacinação.
Os mais de 40 mil servidores estaduais estão com os seus salários em dia.
E, de quebra, está sendo no governo dele que chegou a era das hidrelétricas do Rio madeira, que irão possibilitar um fluxo de progresso inusitado para Rondônia, além da geração de milhares e milhares de empregos diretos e indiretos.
Essas coisas são fatos reais. E contra fatos não existem argumentos.

CASSOL: ADVERSIDADES ECONSAGRAÇÃO (11)

Como não existe administração pública perfeita, Cassol tem se defrontado com alguns problemas que eclodem aqui e ali, como as reclamações por reajuste salarial de algumas categorias (merecidas); especulações sobre supostas perseguições a servidores públicos; “caras e beicinhos” de alguns prefeitos, face o estado não lhes poder atender em tudo o que desejam; problemas crônicos da área de saúde; além dos constantes “olhos gordos” de quantos sonham ocupar o seu lugar no Palácio Presidente Vargas, partir de 2.011, já que todos sabem que (ele) não mais poderá ser candidato a igual posto, nas eleições de 2.010.

REALIDADE E SUPOSIÇÕES INEVITÁVEIS

Entretanto, não basta querer derrubar Ivo Cassol do cargo, apenas com fatos inconsistentes, não basta.
A oposição tem de analisar os “métodos utilizados” até então, redimensionar seus planos e objetivos, porque somente com fatos consistentes é que poderá fazer ou não a maioria da população rondoniense mudar de opinião a respeito do Governador que, dentre outras coisas, foi o primeiro a se reeleger na história de Rondônia Estado.
Sendo pertinente lembrar que: politicamente, Cassol continua mais firme do que nunca.
E como por sua vez a oposição ao governo não está morta, é de se supor que o embate será dos mais acirrados já a partir das eleições municipais deste ano. Verdade ou não?

ATÉ A PRÓXIMA, PREZADOS LEITORES !!!
******************************************

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions