Rondônia, terça-feira, 21 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 26 de Maio de 2008 - 17h35

NA BOCA DO POVO - Por Walmir Miranda

Walmir Miranda


LUTO NA ESFERA POLICIAL MILITAR

O policial militar, Charlys Lima, de apenas 23 anos de idade foi assassinado a tiros, sábado pretérito, quando se dirigia para o trabalho. Ele estava fardado quando recebeu vários disparos de pistola “Ponto 40”. O lamentável fato enlutou a Policia Militar mais uma vez. As primeiras informações dão conta que um suposto triângulo amoroso poderia ter sido a causa do assassinato, e que um policial civil consta da lista de suspeitos do crime. Lamentável.

TERRENOS BALDIOS

A cidade de Porto Velho está tomada por terrenos baldios cheios de matagais, edificações abandonadas e entulhos de toda natureza. A situação não é nada digna de uma Capital de Estado com mais de 350.000 habitantes, mais de 230.000 eleitores, milhares de automóveis, mais de 34.000 motocicletas, mais de 150.000 bicicletas, mais de 100 bairros e mais de 2.000 ruas, além de ser o coração político e administrativo do Estado. A prefeitura municipal precisa fazer valer às Leis que existem com o objetivo de coibir abusos dessa natureza. Os proprietários desses terrenos baldios precisam ser multados pelo mal que estão causando a população, vez que, tais imóveis estão servindo de abrigos para marginais e se transformando, também, em verdadeiros focos de doenças, porque são espécies de “atrativos especiais” para animais roedores, peçonhentos, baratas e mosquitos (inclusive os que ocasionam doenças perigosas como dengue e malária).
Aos olhos da população a situação se apresenta como uma demonstração de omissão da administração municipal. Também, porque grande parte desses terrenos baldios pertencem a figuras tidas como ricas e poderosas na comunidade. Isso é uma vergonha.

ACIDENTES E MORTES

Os acidentes e mortes de ciclistas, no trânsito da Capital continuam se multiplicando. Apesar dessa lamentável realidade o poder público municipal teima em não instalar novas ciclovias para, pelo menos em parte, equacionar o problema. No andar da carruagem, como diz o jargão popular, lares continuam sendo enlutados, pois praticamente todos os dias a Imprensa noticia sinistros desse tipo nas áreas urbanas centrais e periféricas de Porto Velho.
Entretanto, também vale dizer que, os ciclistas por falta de esclarecimentos detalhados (campanhas educativas) usam e abusam de suas estripulias no trânsito. Trafegam na contramão das vias públicas, atravessam semáforos com sinal vermelho, estacionam em locais inadequados, não usam faróis ou olhos e gatos nas suas conduções. E, por tudo isso, são efetivos “contribuintes” para o cenário preocupante que aí está.
Mesmo assim, o poder público (municipal e estadual) tem a obrigação de procurar uma solução para essa drástica situação nas ruas e avenidas de Porto Velho. Ou então, que deixe tudo como está, para que os proprietários de funerárias continuem faturando alto mediante à desgraça alheia.

TRANSPORTE COLETIVO PÉSSIMO

A população já não sabe para quem apelar, na questão dos transportes coletivos em Porto Velho. O serviço está ficando pior a cada dia que passa. Pessoas que utilizam ônibus para se deslocar ao trabalho ou para resolver situações diversas reclamam que pagam R$ 2,00 (dois reais) pelo preço da passagem, para terem um serviço péssimo. A demora nos pontos de ônibus é estressante. Muitas vezes um coletivo demora mais de 30 (trinta) minutos para passar em determinados trechos da Capital, principalmente nas periferias mais distantes. Os usuários dizem que a maioria dos ônibus é velha e sem o mínimo conforto. A sujeira e a fedentina dentro desses veículos também são fatores que estão causando a indignação da população.
Diante disso, vem a pergunta que não quer calar: de quem é a responsabilidade pela fiscalização dos serviços de transporte coletivo urbano em Porto Velho?

PT E DEMOCRATAS (SERÁ?)

Continua causando um certo “suspense” nos meios políticos da Capital os recentes comentários veiculados na Imprensa sobre a possibilidade de uma “união de forças”, com vistas às eleições municipais de 5 de outubro próximo, entre o PT, de Roberto Sobrinho (que buscará a reeleição) e o Partido Democrata (DEM), do líder sindical Antônio Belarmino. Se faz conjecturas sobre a possibilidade do DEM vir a indicar Israel Bórges para “vice” na chapa de Sobrinho. Bórges é o presidente do SINJUR e, também, preside a executiva municipal dos DEMOCRATAS - (ex-PFL) - em Porto Velho. Para uns, entretanto, isso é apenas “balão de ensaio”.
Por que?
Porque fica difícil acreditar, ante os recentes acontecimentos, num “inusitado rompimento” político entre o PT e o PMDB, do senador Valdir Raupp. Pois como se sabe, o PMDB porto-velhense faz parte da administração de Roberto Sobrinho e, certamente, não cederia a vaga de “vice” (se assim o desejar) para ninguém.
Tem, também, a situação do PDT, que poderá se aliar ao “palanque” petista nas eleições deste ano e, pode querer indicar o “vice” do atual prefeito porto-velhense.

MAURO NAZIF Vs. TERCEIRA VIA

De forma silenciosa, o deputado federal, Mauro Nazif (PSB), eleito com mais de 40.000 votos – a maioria dos quais somente em Porto Velho -, avalia a possibilidade de vir a ser a denominada “terceira via”, no pleito de outubro vindouro, na disputa pela prefeitura de Porto Velho.
Se isso acontecer e, realmente, se confirmar a candidatura de Lindomar Garçom, do PV, (com apoio do governador Ivo Cassol), se poderá conjecturar que, em Porto Velho, a eleição para prefeito poderá ter segundo turno, pois o “bolo eleitoral” ficará bastante fatiado. Então, no segundo turno, novas composições políticas seriam feitas, para decidir que irá “mandar” no Palácio Tancredo Neves, no período de 2009 a 2012.
De forma lógica, nada obsta quanto a isso, apesar de alguns idiotas, continuarem desprezando o potencial eleitoral de Garçom na Capital, esquecendo que, ele foi eleito deputado federal com mais de 30.000 votos, após ter sido, também, prefeito duas vezes de Candeias do Jamarí (uma espécie de bairro mais afastado da Capital), e que, na eleição passada contava com pouco mais de 10.000 eleitores. Parece que os idiotas esqueceram também que o prestígio político do governador Cassol, em Porto Velho é coisa absolutamente nítida.
E ainda tem a ”turma” dos pequenos partidos políticos (leia-se: PC do B, com David Chiquilito; PSoL, com o professor Adílson Siqueira; PP, com o ex-deputado estadual e radialista Elizeu da Silva, além de outros que sonham com as “luzes da ribalta”.

UNIR VAI CONSTRUIR TEATRO UNIVERSITÁRIO

O reitor da Universidade Federal de Rondônia, Januário Oliveira, confirmou que graças a um convênio firmado entre a instituição, a Fundação Rio Mar e a Petrobrás, em breve o Campus “José Ribeiro”, em Porto Velho terá o seu Teatro Universitário com capacidade para mais de 500 espectadores. Também entrará em funcionamento nos próximos meses o Curso de Dramaturgia na referida IFES.
Essa é outra grande conquista em prol da classe acadêmica da UNIR e, de forma geral, para todos aqueles que amam e praticam artes cênicas, além de outras atividades no vasto mundo cultural e artístico rondoniense. O convênio com a Petrobrás, disse o reitor, tem valor superior a R$ 1 milhão.

FERNANDO PRADO

O diretor da Uniron, Fernando Prado, em contato com o colunista falou de sua satisfação com o crescimento e consolidação daquela entidade educacional em Rondônia. Disse que ele e sua família, se sentem gratificados pela oportunidade de estarem contribuindo com o desenvolvimento do Estado. Mencionou que, atualmente, a UNIRON está oferecendo a população estudantil os cursos de: Administração, Administração Pública, Arquitetura, Agronomia, Biologia, Ciências Contábeis, Direito, Gestão Empreendedora, Gestão Ambiental, Gerenciamento de Redes, Gestão de Recursos Humanos, Letras, Português, Inglês, História, Jornalismo, Publicidade, Pedagogia, Sistemas de Informação, Secretariado e Zootecnia. Informações através do site www.uniron.edu.br e pelo fone (69) 3221 – 5001, ou ainda no Campus da Av. Guaporé. Tem também os projetos UNIRON VIRTUAL e as vantagens do UNINTES.

BUSCANDO O SUCESSO (BETO CESAR)

Realmente bonito e bem trabalhado o CD “Amor ao Samba”, lançado pelo intérprete e compositor BETO CEZAR (popular Carimbó do Cavaco). Recebemos um exemplar da obra musical que mostra a sensibilidade e o talento deste artista rondoniense. Todas as faixas do CD são boas. São músicas bem elaboradas, com letras que retratam o amor do autor pelo samba, num misto de animação, poesia e declarações de amor.
Vale a pena ouvir o CD “Amor ao Samba”, de Beto Cezar. Tem tudo para levar o nome de Rondônia, além fronteiras. Parabéns !

DEPUTADO QUER ACADEMIA MILITAR

O deputado estadual, Wilber Coimbra, disse que a Polícia Militar de Rondônia poderá implantar em breve a sua Academia de Formação de Oficiais. Ao justificar o pedido que fez ao governador Ivo Cassol, disse: “a implantação da Academia de Polícia Militar dará suporte para capacitar o Oficial Militar, assim como, para desenvolver senso crítico no sentido de buscar opções programáticas com vistas ao desenvolvimento institucional, além de despertar no Policial Militar um compromisso ainda maior com o Estado”.

ATÉ A PRÓXIMA, PREZADOS LEITORES !!!

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions