Rondônia, domingo, 16 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sexta, 05 de Setembro de 2008 - 14h55

NA BOCA DO POVO - POR WALMIR MIRANDA

WALMIR MIRANDA


INCRA Vs. SOLDADOS DA BORRACHA

O diretor-superintendente do INCRA-RO, Carlino Lima, revelou que “aproximadamente 80% dos 750 (setecentos e cinqüenta) lotes destinados pela referida instituição aos ex-soldados da borracha apresentam situação de inadimplência, ou seja, seus proprietários estão com débitos com a União. Nessa condição, os ex-soldados da borracha, não podem vender ou fazer qualquer negócio com essas terras. Se essa dívida perdurar, as terras poderão retornar ao domínio do INCRA (entenda-se União), novamente”, enfatizou Carlino.

Portanto, os interessados devem procurar a sede do INCRA, em Porto Velho, a Av. Lauro Sodré, às proximidades da Superintendência da Polícia Federal, para obterem orientações de como regularizar a situação.

Entretanto, se lamenta que o INCRA não tenha publicado uma relação contendo os respectivos endereços dos lotes que foram destinados aos ex-soldados da borracha. Isso, inclusive, leva a crer que muitos desses “heróis esquecidos” poderiam sequer estar sabendo onde ficam às suas terras.

Isso é deveras lamentável, com quem já fez tanto por essas paragens do Brasil. Ou não?

CADÊ O PROCON?

Segundo o Código de Defesa do Consumidor é obrigação dos proprietários de Postos de Combustíveis, assim como, de outros estabelecimentos comerciais a fixarem os preços dos produtos oferecidos aos consumidores em locais bem visíveis ao público.

Porém, isso não está sendo obedecido em inúmeros estabelecimentos comerciais, num frontal desrespeito aos consumidores, que muitas vezes “são ludibriados”, ou então, findam comprando “gato por lebre” no “jargão” popular: “gasolina batizada”.

É o caso de se perguntar: cadê o PROCON, que não faz valer o peso da Lei para esses infratores?

Também vale lembrar que, diversos postos de combustíveis da Capital já foram alvo de multas e interdições, em razão de infrações aos consumidores.

Mas pelo visto, o “exemplo” parece ter sido esquecido, rapidamente.

MOTO-TAXI EM PORTO VELHO

Pode negar quem quiser. Mas que os “serviços” de moto-taxi estão a todo vapor em Porto Velho, estão.

A situação precisa ser analisada com a atenção que merece, porque da forma como está acontecendo é ILEGAL.
Portanto, o legislativo portovelhense (Câmara de Vereadores) precisa agir para resolver essa “pendenga” o mais urgente possível.

Até mesmo para evitar que a classe dos taxistas seja prejudicada pelas ações de “moto-taxistas”.

Também, para que se evite acirramento de ânimos e acontecimentos nefastos, como os que já ocorreram em municípios do interior de Rondônia, num passado não muito distante. Lembram?

Outra coisa, os motoboys mostram-se unidos. Tanto que poderão até emplacar um vereador na Câmara Municipal nas eleições deste ano. Entendem que, com um representante no parlamento municipal terão mais chances de emplacar a legalização de suas atividades no seio da coletividade portovelhense. Nisso estão cobertos de razão.

NARCOTRÁFICO

Os tentáculos do narcotráfico estão por toda parte. A polícia trabalha incessantemente para desarticular bocas de fumo e prender traficantes e consumidores de produtos alucinógenos. Mas quanto mais isso ocorre, mais fatos semelhantes se repetem.

Tem gente vivendo à custa da desgraça alheia, mediante venda de cocaína, maconha, crack, LSD e o escambao.
Quem entra nesse “caminho negro” não tem mais saída. Destrói a própria vida e se torna um tormento para a família.
Pior: se não tem recursos para bancar esse vício terrível se transforma em ladrão, assaltante e, até assassino.
Mas há que se elogiar o trabalho das Polícias Civil (especialmente do DENARC), Militar, Federal e, também, da Polícia Rodoviária Federal que nos últimos meses apreendeu grandes quantidades de produtos alucinógenos nas rodovias que cortam o Estado de Rondônia.

ELEIÇÃO MUNICIPAL

O “caldeirão político” está subindo a sua temperatura. A sucessão municipal, em Porto Velho, ganha corpo a cada dia que passa. Para muitos o prefeito Roberto Sobrinho (PT) já estaria reeleito. Principalmente pelo apoio que está tendo de partidos como PMDB, PDT e PSB.

Para outros, o petista não terá tanta facilidade assim.
Consideram que Roberto Sobrinho terá de enfrentar um “arco de aliança política” muito forte, sobre modo, em torno do nome do deputado federal, Lindomar Garçom (PV), que entre outras coisas (dizem) conta com o apoio do governador Ivo Cassol, cuja consagração política se tornou indiscutível em todo o Estado.

Porém, segundo “a boataria” que corre à boca pequena, principalmente, nas periferias mais populosas, Garçon não teria cumprido um compromisso com o chefe do Executivo rondoniense. Porém, até agora, nem o governador e muito menos Garçon teceram, qualquer comentário a respeito desse terrível boato, que está se espalhando pelos quatro cantos do município de Porto Velho, prejudicando o candidato.

ELEIÇÕES: ESTÁ CHEGANDO À HORA

Há pouco mais de um mês para as eleições que irão eleger o prefeito da Capital e os 16 (dezesseis) vereadores da Câmara Municipal o clima é de muito acirramento entre os candidatos.
As propostas para transformar Porto Velho numa nova Paris ou Nova Iorque surgem de todos os lados. Sem falar naqueles candidatos que juram de pés-juntos que amam muito a Capital, e prometem trabalhar pelo bem do povo e do município os quatro anos do sonhado mandato.

Os eleitores estão acompanhando tudo. Tanto que, nas aparições na Tv tem candidato “chorando lágrimas de crocodilo”, na ânsia de convencer os eleitores a lhes darem um “voto de confiança”. Também tem aqueles que prometem leite, carne, queijo, mussarela e botões para enfeitar as vestes dos cidadãos e, daqui a pouco vão dar a “vaca” com chifres e tudo.

POSTOS MÉDICOS EM TODOS OS BAIRROS

Porto Velho tem mais de cem (100) bairros. Que mora aqui sabe muito bem disso. Um dos candidatos a prefeito está prometendo, se eleito for, construir Postos Médicos em todos eles. E ao final de sua fala acrescentar em relação aos concorrentes: “não acreditem nas mentiras que estão dizendo pela aí...”

MUDOU O “TOM”

Outro candidato a prefeito que aparecia quase chorando na Tv, agora mudou o “tom” de seus discursos. Está com a voz mais empostada e mais sério. Pode-se dizer que melhorou um pouquinho. Mas tem tudo para ser o menos votado dentre todos os que concorrem à prefeitura da Capital. Isso, dizem, é só uma questão de tempo.

NÃO ELEJAM OS DE “FICHA SUJA”

A responsabilidade do eleitorado é muito grande nesta e nas futuras eleições.

É preciso prestar atenção. É preciso conhecer o currículo de cada candidato a prefeito e a vereador.
Não é de bom alvitre que candidatos que estejam sendo alvo de processos na Justiça, por supostos crimes como: imperícia profissional, lesão corporal, corrupção, roubalheira do dinheiro público, enriquecimento ilícito, falsidade ideológica, assassinato, dentre outros igualmente abomináveis venham a ser eleitos pelo povo.

Portanto, quem errar agora, só poderá ter a chance de consertar o erro cometido daqui a quatro longos anos.
E quatro anos é muito tempo.

Você poderá ficar com uma abelha dentro do ouvido; ficar sapateando quando se irritar com alguma coisa; andar em círculos, e até virar um “chorão” de primeira ao ouvir o toque do seu celular. Pense nisso e vote com responsabilidade. A hora é agora, portanto.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/artigos/na-boca-do-povo-por-walmir-miranda-49935)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions