Rondônia, domingo, 24 de junho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Terça, 27 de Fevereiro de 2018 - 10h47

Não saber dizer não

por Juliana de Oliveira


Não saber dizer não

A ARTE DE SABER DIZER NÃO. Mesmo que muitos a dominem, é comum que cada um já tenha sentido dificuldade de negar um pedido ou se sentir mal por negar algo a alguém. Essa dificuldade parece inofensiva, mas pode causar alguns problemas e desconfortos desnecessários.

O “não” tem uma função importantíssima na formação das pessoas, ele nos dá a noção de limites. Até onde se pode ir e até onde podem entrar no nosso espaço pessoal. Ter muita dificuldade de dizer não pode significar baixa autoestima, que faz com que a pessoa pense que deixará de ser amada caso diga não, forte necessidade de agradar por medo de decepcionar as outras pessoas, além de gerar sentimentos de insegurança e culpa. Algumas pessoas podem pensar que para serem “boas” devem estar sempre dispostas a acatar pedidos de terceiros ou sempre dizer sim, porém esse é um pensamento que pode levar a pessoa a um estado de total passividade, fazendo coisas que não gostaria de fazer.

Saber dizer “não” não significa que se deve sair por ai negando tudo a todos, tendo uma atitude individualista e egoísta. Saber dizer “não” significa reconhecer as próprias necessidades e prioridades, fazer uma avaliação correta da situação e verificar se naquele momento há a disponibilidade para atender ou acatar a vontade do outro, sem faltar com o respeito consigo.

É neste equilíbrio entre dizer sim e não que se encontra a assertividade, ou seja, a capacidade de se posicionar e demonstrar sua vontade com confiança e segurança sem ser desrespeitoso com o outro. Para ser assertivo é necessário conhecer quais são seus valores e seus fundamentos de vida, o que exige uma auto avaliação constante, formando assim um parâmetro interno que servirá de guia para as relações com outras pessoas.

Dizer “não” pode ser difícil, mas muitas vezes é necessário. Ser assertivo requer aprendizado e algumas medidas podem ajudar nessa busca:

• Recuperar a autoestima: tomando nota de suas qualidades e realizações das quais se orgulha; dando valor para si e suas características boas.
• Lembrar-se de alguma situação em que lhe negaram algo e você aceitou com facilidade e não causou trauma. Lembrar como ele foi dito pode se tornar um meio de aprendizado.
• Se você se sente culpado, é importante analisar o motivo e entender o significado da culpa para fazer algo a respeito e seguir em frente.
• Quanto te pedirem algo analise qual a melhor possibilidade para você. Em caso de desconforto e indecisão é recomendável se preservar.

Essas são algumas formas de compreender a importância de dizer não no nosso dia a dia. A psicoterapia é uma ferramenta importante para ajudar na busca pelo autoconhecimento, no entendimento e superação de sentimentos de culpa e insegurança e na melhoria da autoestima. Lembre-se que se alguém sentir raiva ou não compreender quando você disser “não”, essa pessoa também precisa amadurecer suas emoções e comportamentos e se conhecer tanto quanto quem tem dificuldade em dizer não.

*Juliana de Oliveira é Psicóloga, formada pela Universidade Federal de Rondônia – UNIR. Especialista em Gestão Organizacional e de Pessoas pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar. Atende atualmente na clínica Fábrica de Competências em Porto Velho.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions