Rondônia, 08 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Artigos

NILTON CAPIXABA E A FALTA DE PADRÕES MORAIS, ÉTICOS E RELIGIOSOS - Por Ivonete Gomes

Quinta-feira, 23 Fevereiro de 2012 - 12:06 | Ivonete Gomes


NILTON CAPIXABA E A FALTA DE PADRÕES MORAIS, ÉTICOS E RELIGIOSOS - Por Ivonete Gomes

Desqualificar o jornalista quando é impossível desqualificar a notícia. Eis a tática de políticos inescrupulosos quando são pegos com a boca na botija para, ainda assim, continuar galgando êxito junto aos eleitores desatentos aos fatos.



Há algumas semanas questionava-se o porquê do silêncio e omissão do PTB em relação ao deputado foragido Valter Araújo, membro ilustre do partido.  A resposta surgiu da descoberta de que a esposa do líder da sigla em Rondônia, deputado federal Nilton Capixaba, é fantasma na Assembléia Legislativa com um salário superior a R$ 8 mil.

O jornal eletrônico Rondoniagora denunciou a “façanha”, publicou a portaria de nomeação da jovem esposa do deputado e fez a óbvia correlação entre as figuras Nilton Capixaba, Valter Araújo, deputado estadual Jean Oliveira - onde está a fantasma - e, é claro, o verdadeiro dono do mandato, o papai de Jean Carlão de Oliveira, condenado em primeira instância a mais de quarenta anos de cadeia.

O grupo segue um raciocínio extraído da morosidade da Justiça no escândalo da Dominó. Se Carlão de Oliveira passou semanas na cadeia quando era deputado e, ainda assim, teve o posto de presidente da Assembléia Legislativa restituído em decisões de instâncias superiores, o mesmo pode ocorrer com Valter Araújo. Daí o trabalho do grupo nos bastidores para que o líder da quadrilha que desviava dinheiro da saúde pública não seja cassado e possa voltar a reinar devolvendo todas as benesses a membros do partido e líderes da Igreja Assembléia de Deus, onde Nilton Capixaba também mantém seu curral eleitoral.

Mas, a obviedade ululante de que contra fatos não há argumentos levou o Nilton Capixaba ao ineditismo de publicar uma nota oficial repleta de crimes contra a honra. Despiu-se, o nobre parlamentar, de todos os padrões morais, éticos e religiosos para atacar jornalistas do Rondoniagora, que nada fizeram além de publicar a verdade de que a esposa dele, Hosana Meire da Silva Balbino, é funcionária da Assembléia Legislativa, mas nunca foi vista por lá.

Brasil afora, nunca se viu um político descer a nível tão lamentável para tentar intimidar e calar a imprensa.  No texto baixo, esdrúxulo e mentiroso o membro da Câmara Federal dá sinais óbvios de que é assombrado. Demonstra, até de forma preocupante, estar acometido de mania de perseguição. Resta-nos saber se o parlamentar sofre de demência ou se o temor excessivo vem dos contumazes erros cometidos ao longo de sua caminhada na política rondoniense.

Ao jornal Rondoniagora cabe tão somente as ações judiciais para indenização pelos danos morais sofridos e ao deputado Nilton Capixaba resta a árdua missão de explicar à população rondoniense por que sua digníssima esposa é FANTASMA NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DE RONDÔNIA.

Quanto à religiosidade pregada pelo casal Nilton e Hosana Balbino, deixemos reflexão de trecho extraído da uma canção de Fernando Mendes: “Não adianta ir a igreja rezar e fazer tudo errado”

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também

NILTON CAPIXABA E MAIS 5 SÃO DENUNCIADOS PELO MPF POR FORMAÇÃO DE QUADRILHA

O Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPF/MT) denunciou o ex-senador Ney Suassuna (PB) e os ex-deputados federais Isaias Silvestre (MG), Nil...

SANGUESSUGA: DEPOIS DE CAPIXABA, MAIS 31 SÃO INDICIADOS

Além do indiciamento de 6 ex-parlamentares, entre eles o rondoniense Nilton Balbino, o “Nilton Capixaba”, o Ministério Público Federal em Mato Gros...