Rondônia, domingo, 22 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 18 de Agosto de 2008 - 12h36

O FIRME FUNDAMENTO

Irmãos Livres em Comunhão


O FIRME FUNDAMENTO
A vida cristã é comparada a várias figuras, dentre elas a uma lavoura, ou a um edifício. Mas ambas tem o mesmo aspecto, a sua edificação começa sempre primeiro para baixo. Na lavoura a semente tem que primeiro ser enterrada, morrer, nascer e enraizar, para depois dar fruto: "Insensato! o que tu semeias não é vivificado, se primeiro não morrer" I Coríntios 15.36.

Assim também é com o edifício, primeiro ele precisa começar pelo fundamento, começar para baixo, para depois ser edificado para cima: "Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra da esquina" Efésios 2.20.

Tanto o fundamento como a raiz tem que estar bem firmados, bem estruturados. A medida tanto para o enraizamento, quanto para o fundamento são praticamente os mesmos do tamanho da edificação. À medida que cresce para baixo, também cresce para cima para resplandecer ou dar fruto: "Porque o que escapou da casa de Judá, e restou, tornará a lançar raízes para baixo, e dará fruto para cima" II Reis 19.30.

Estas figuras mostram claramente como devem ser o crescimento na vida cristã. Primeiramente temos que morrer, sermos sepultados para que a vida da ressurreição, a vida do Senhor Jesus brote para dar muito fruto.

Jesus também é como a boa terra, e para sermos edificados e darmos fruto, primeiro é necessário morrermos, estarmos arraigados, edificados nele, e confirmados na fé (Colossenses 2.7).

Na edificação da vida cristã é necessária a operação da cruz, a mortificação das obras do corpo pelo Espírito, o esvaziamento do EU, o quebrantamento, que o homem interior cresça primeiro para baixo, seja robustecido e fique mais arraigado e confirmado, para depois vir a edificação, crescer para cima, à partir da pedra angular, da pedra provada que é Cristo.

Este tempo de edificação não é visto, não é notado pelos que estão de fora. Somente depois que ela estiver bem fundamentada, enraizada, é que começa a edificação para cima, e só então começa e ser notada. Só aí a Vida do Senhor aparece. Primeiro a morte opera em nós, para então manifestar a Vida (II Coríntios 4.12).

Quanto mais enraizados, quanto mais fundamentados nEle, mais forte e aparente vai se tornar o crescimento ou a edificação, principalmente se elas estiverem sendo arraigadas ou fundamentadas em solo pedregoso ou no caso do fundamento sobre a rocha que são solos mais duros, mais difíceis: "Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha" Mateus 7.24

Mas para que haja edificação é necessário que o Senhor gaste um tempo, que só Ele sabe. Caso a planta não esteja enraizada ou o edifício bem fundamento, com certeza quando vier a tempestade - e ela virá sobre todos -, não irá ficar de pé. A sua ruína será grande (Mateus 7.27).

Graças ao Senhor que antes que isto aconteça, Ele dá o seu testemunho. Todo aquele que não tiver fundamento, que a sua vida cristã não estiver fundamentada sobre a Vida do Senhor Jesus; aquele que foi rebocado com argamassa fraca, Ele irá derrubar a parede e descobrir o fundamento: "E derrubarei a parede que cobristes com argamassa não temperada, e darei com ela por terra, e o seu fundamento se descobrirá; assim cairá, e perecereis no meio dela, e sabereis que eu sou o Senhor" Ezequiel 13.14.

O Senhor não se engana, e muito menos nos engana. Ele conhece a nossa situação e conhece sobre qual fundamento estamos. Ele sabe qual é o tipo da raiz que temos e em quem estamos arraigados. Se ela é profunda ou rasa, está em Cristo ou em qualquer outra coisa.

Muitos querem a edificação, mas poucos querem passar pelo tratamento para alcançar profundidade na vida cristã. Preferem uma vida rasa, sem sofrimentos. Que o Senhor nos ajude a compreender isto.

Que recebamos com graça a edificação que primeiro começa para baixo, dolorosa na maioria das vezes, para que quando ela vier para cima esteja sobre bases sólidas, e a glória de Cristo resplandeça.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions