Rondônia, sexta-feira, 14 de agosto de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Terça, 07 de Julho de 2020 - 18h23

Orçamento familiar

Por Pablo Marques


Orçamento familiar

Com certeza você já ouviu a palavra “orçamento”. Em tempos de crise o que mais ouvimos é a expressão “corte no orçamento”. Existem vários tipos de orçamentos. Temos o orçamento público; orçamento participativo; orçamento privado e principalmente o orçamento familiar. Mas afinal, qual é mesmo a importância do orçamento?

O orçamento é extremamente importante para auxiliar na definição de metas. Com o orçamento, o Governo tem condições de definir em que área irá atuar com mais recursos. A empresa tem condições de escolher, por exemplo, entre investir em equipamentos ou em marketing. A família tem mais clareza sobre o controle de seus gastos.
Nesse contexto, agora mais do que nunca, estamos convencidos de que precisamos ter conhecimento sobre a importância do orçamento em nossas vidas. O orçamento não é um bicho de sete cabeças. Abordaremos a vertente do orçamento familiar, objetivando auxiliar o Leitor do Rondoniagora sobre o entendimento do tema.

Pois bem, em linhas gerais, consideremos o orçamento familiar/doméstico/pessoal como sendo uma ferramenta financeira, que nos auxilia em nosso cotidiano e a partir da definição do orçamento, temos condições de realizar um planejamento, objetivando a realização de nossas metas.

Podemos utilizar uma tabela, em que de um lado colocaremos o valor que ganhamos (Receita) e do outro lado colocaremos os nossos gastos (Despesas), se o saldo for positivo, estamos no “lucro”, se o saldo for negativo, estamos no “prejuízo”. Infelizmente o saldo negativo faz parte da realidade de muitos.

O primeiro passo para elaborar um orçamento familiar/doméstico/pessoal é fazer o registro de todos os gastos, lembre-se todos os gastos mesmo. Precisamos de todas as informações, não podemos deixar passar nada, afinal de contas nosso dinheiro é limitado e precisamos saber onde estamos gastando.

Depois do mapeamento financeiro do nosso dinheiro, temos uma situação real e sabemos com clareza onde e com que estamos gastando. Ao comparar nossas despesas com nossa receita, se o resultado for negativo, não tem jeito, teremos que fazer escolhas e excluir alguns gastos, ou pelo menos diminui-los para que possamos ter um saldo positivo.

A prudência na hora dos cortes tem que ser levada em consideração, não precisa se desesperar e sair cortando tudo, as vezes esse comportamento extremista nem gera o resultado esperado. Análise com calma e reflita no impacto que o corte irá influenciar na sua vida. Esse é o ponto primordial em que o orçamento nos auxilia a controlar nossos gastos de forma mais consciente e inteligente.

Apertar o cinto e fazer os cortes não quer dizer necessariamente ficar sem fazer todas as coisas boas da vida, mas sim estabelecer prioridades, e principalmente planejar os gastos. Não precisam se desesperar, apenas precisamos nos educar financeiramente. Comprar só se for necessidade já é um grande passo para deixar seu orçamento no azul.

A mudança de comportamento é um processo, muitas vezes lento, mas o importante, principalmente em tempos de crises e ajustes fiscais, é termos a consciência da necessidade da mudança.

O orçamento familiar/doméstico/pessoal nos permite prever o que pode acontecer com nosso futuro financeiro pelos próximos meses (curto prazo). Mas também ajuda a planejar o nosso futuro financeiro em médio e longo prazo.

Por exemplo: realizar uma viagem, a compra de um carro ou fazer uma reforma na casa.

Ao economizar estamos fazendo escolhas é importante saber que essas escolhas jamais serão perfeitas, devido ao fato de termos um orçamento limitado diante de nossos infinitos desejos. Por isso, devemos ter a clareza em relação aos nossos objetivos além de precisarmos também ter as informações necessárias para auxilia nossas decisões.

Em termos de orçamento, para podermos escolher bem, precisamos saber onde estamos, levantar nossos gastos e saber aonde queremos chegar, precisamos estabelecer nossas metas. Em outras palavras, precisamos planejar, escolher e controlar nossas despesas, precisamos assumir o controle de nossa vida e cuidar bem da nossa saúde financeira, caso contrário, a situação pode ficar muito ruim.

Se você caro leitor do Rondoniagora, deseja começar agora a elaborar o seu orçamento e não sabe por onde começar, mande um e-mail para economiaemdebate@gmail.com e lhe enviaremos uma planilha do orçamento doméstico. A planilha é de fácil preenchimento e o melhor é automática é só lançar os valores que ela fará o resto das contas sozinha, creio que você irá gostar.

* Pablo Marques é professor de Economia do Instituto Federal do Amazonas/IFAM


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions