Rondônia, quinta-feira, 13 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sexta, 14 de Novembro de 2014 - 08h40

PAPAI NOEL

Gessi Taborda


PAPAI NOEL

Quem imaginou que a recente alta dos combustíveis ia ficar assim até o novo ano pode se preparar para ganhar mais um presente. Ainda antes do natal o Papai Noel da Petrobrás vai entregar aos brasileiros mais um aumento da gasolina e do diesel. Certamente aquela parte dos brasileiros que votou no PT, deverá frustrar-se quando parar nas bombas para o abastecimento.

PRÊMIO

Há quem aposte na assunção do peemedebista Luiz Lenzi em um cargo importante na formação do novo governo. Seria um prêmio à sua dedicação ao PMDB. A última vez que Lenzi ocupou um cargo importante (presidente da extinta Ceron) foi no governo de Valdir Raupp.
Naquela época, quase Lenzi foi parar na cadeia pelo seu envolvimento no “Escândalo da Ceron”.

CONTANDO TUDO

Não tenham dúvidas de que a partir do próximo ano vários políticos encalacrados com denúncias e processos ligados à prática da corrupção vão terminar com novas condenações. E é ai que o bicho pega. Muitos desses políticos não estão dispostos a pegar condenações de muitos anos. Ou seja, na hora do se correr o bicho pega e se ficar o bicho come, esses personagens vão proporcionar a delação premiada (como fez o Batista) contando tudo à Justiça, , proporcionando mais provas incontestáveis do envolvimento de outros políticos, muito dos quais ainda fazendo cara de paisagem. Ontem alguém apostava que a deputada Ana da Oito, na hora do pega prá capar, será uma das personagens que vai preferir contar tudo.

SEM ACREDITAR

Enquanto personagens como o ex-deputado e ex-presidente da Assembleia não estiver preso, vai ter muito camarada praticando corrupção por achar que poderosos não vão para a cadeia.

TERROR

O informe em circulação na mídia eletrônica sobre riscos de faltar dinheiro para o pagamento do 13º salário dos servidores do legislativo estadual não tem nenhuma consistência. É simplesmente fruto da tática de se espalhar o terror. Na a Assembleia fonte da área financeira afirmou que o pagamento desse mês deve sair no próximo dia 25, com o 13º incluso.

E PODE?

O Comando Geral da PM rondoniense precisa prestar um esclarecimento público sobre a contratação de novo efetivo. Tem gente acreditando que poderá fazer parte do efetivo militar por meio de uma “contratação precária”, ou seja, sem concurso público.
Ontem era forte o “informe” de que Lenilson Guedes (que entre outras coisas atua como assessor da PM) estaria como responsável pela seleção de “um pelotão” temporário para aquela força.
Ora, salvo melhor juízo, ninguém sem a aprovação no concurso pode ser incorporado à tropa. Aliás, não só aprovado no concurso, mas também no curso de formação de praças. Imagine alguém armado e com poder de polícia entrando na PM pela porta dos fundos?

TRAMBIQUE

A presidenta quer mudar lei a fim de cumprir a meta fiscal. Para quem usou durante quatro anos o jeitinho, a contabilidade criativa toda vez que índices não eram alcançados, mais um trambique não é de estranhar. Ou seja, estourou o limite do cheque, quebrou o Brasil, mas foi reeleita. Grande "vantagem", se quem vai pagar os juros desse enorme saldo devedor somos nós, contribuintes.

PINGO NOS ÍS

A deputada Lúcia Tereza esteve em Porto Velho aprofundando os entendimentos sobre a importância da composição da mesa diretora da Assembleia com outros colegas. Aqui na capital ele foi se avistar também com o chefe do MP, Heverton Aquiar, e depois foi atender uma solicitação de entrevista na mídia da capital. A deputada eleita precisou voltar a Espigão para dar suporte a uma família pobre que perdeu uma filha e não tinha como providenciar o sepultamento. A deputada volta a Porto Velho na próxima semana para cumprir vários compromissos de sua agenda.
Sobre a futura mesa da Assembleia, a deputada disse que sua preocupação não gira em torno de uma candidatura de Oposição, mas sim com compromissos “de colocar o Parlamento em primeiro lugar sem submissão ao governo e sem transformá-lo também num palanque oposicionista”.

INTROMISSÃO


A deputada eleita deixou claro o que não condena na escolha do novo presidente: “O que não pode é o governo se intrometer na discussão de candidaturas, pois ele terá que assumir sequelas caso faça isso. Queira ou não, a harmonia entre os poderes começa exatamente pelo respeito à independência que deve existir em cada um”, sublinhou.

AUMENTO


Usuários dos ônibus urbanos de Porto Velho se prepararem. Os donos dos ônibus já estão chorando porque o preço do diesel aumentou. Eles querem um aumento de no mínimo 15 centavos na tarifa do transporte coletivo da capital rondoniense. Sobre a melhoria da frota, do cumprimento de horários, da limpeza e conforto dos ônibus nunca mais se ouviu falar.

BLÁBLÁBLÁ

Às vezes não consigo entender essa mania das audiências públicas, um novo modismo quase sempre inócuo quando se tratar de garantir melhor qualidade de vida para as comunidades. E hoje acontece mais evento dessa natureza. Essa audiência está marcada para começar às 9 horas, no auditório do Ministério Público do Estado. O assunto é “a padronização das calçadas” de Porto Velho.
Ora, certamente os membros do MP – assim como a maioria dos leitores – não acreditam que esse assunto (como tantos outros) seja solucionado pelo atual prefeito (um desastre) de Porto Velho. Padronização? Como, se o prefeito  não é capaz de pelo menos tirar das calçadas o comércio clandestino que chega a usar as calçadas para vender móveis, salgadinhos, etc.

É PRECISO PUNIR


Na avenida Jorge Teixeira, esquina com a Sete de Setembro, barracas de frutas atuam por mais uma década. Seus donos sentem-se proprietários daquele espaço público onde comercializam (a preços idênticos aos de supermercados) frutas sem pagar nenhum tipo de impostos.
Melhor seria se o Ministério Público ao contrário de promover mais uma audiência sobre esse assunto obrigasse, isso sim, o prefeito a fazer sua obrigação para garantir que o espaço público não seja dominado por interesses escusos do comércio marginal.

É DO BARALHO

É claro que Mauro Nazif não assume sua responsabilidade por acreditar que aqui não dá nada descumprir a lei.
O prefeito da capital rondoniense até hoje não fez nada para ser reconhecido como um bom exemplo de autoridade cumpridora da lei. É, pelo visto, um galhofeiro. Diante de uma cidade tão descuidada, Nazif teve a pachorra de lançar dia desses o “Programa de Embelezamento Urbano”. É um gestor do “baralho”.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/artigos/papai-noel)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions