Rondônia, sábado, 18 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 15 de Junho de 2015 - 18h33

Porto Velho também quer circo - Por Ivonete Gomes

Ivonete Gomes


O valor gasto nos shows da banda Cidade Negra e do cantor Alceu Valença só provou que dinheiro não é problema na atual administração. 

O número de pessoas reunidas no Parque da Cidade para assistir a espetáculos de grupos folclóricos locais e, principalmente, ao show do ícone Alceu Valença, mostrou gosto apurado do portovelhense pela cultura. Parafraseando Titãs, foi a real demonstração do querer diversão e arte, tanto quanto  comida.

Ocorre que, tal qual viúva ainda em luto, parte da população acredita que este não é um momento para celebrações, posto que a cidade padeça da total falta de infraestrutura e, portanto, é um túmulo para lamúrias e chororô. Nada mais.

O descontentamento é compreensível, na medida em que também o é a ignorância em relação à Lei Orçamentária Anual que prevê a destinação de verbas, inclusive para a Cultura. Grosso modo, todos os setores da administração pública têm recursos disponibilizados com valores definidos. Educação, saúde, limpeza, urbanização...todos têm seu quinhão garantido.

Em Porto Velho, a Cultura e o Esporte sempre foram deixados de escanteio, relegados não a último, mas a plano nenhum. Se há enchente, esqueça Carnaval ou qualquer evento que lembre alegria e lazer. Por ironia, acabar com a cultura está ficando cada vez mais cultural.

Não resta dúvida de que nossa cidade precisa de cuidados. Nossas ruas são esburacadas e sujas, as praças ocupadas por ambulantes que sofrem com a falta de recuperação do Shopping Popular destruído pela enchente e os prédios públicos estão em ruínas. Resumindo, Porto Velho necessita de cuidados urgentes. 

Entretanto, já nos restou bastante comprovado que a Cultura não é a vilã dessa história. Acabar com os eventos culturais jamais será a solução para os graves problemas da cidade. O dinheiro destinado ao setor não é empregado em outro. Se for, não deveria. O valor gasto nos shows da banda Cidade Negra e do cantor Alceu Valença só provou que dinheiro não é problema na atual administração.  

Por fim, é salutar o pensamento da médica e escritora Sandra Regina Rocha Rodrigues em publicação de tese: “(...) Daí ser a cultura um forte agente de identificação pessoal e social, um modelo de comportamento que integra segmentos sociais e gerações, uma terapia efetiva que desperta os recursos internos do indivíduo e fomenta sua interação com o grupo e um fator essencial na promoção da saúde, na medida em que o indivíduo se realiza como pessoa e expande suas potencialidades”.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions