Rondônia, quarta-feira, 15 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Terça, 24 de Março de 2015 - 11h31

Simpatias que resolvem o soluço

Serafim Godinho


Simpatias que resolvem o soluço

Assustar a pessoa ou a criança fazê-la respirar em um saco vazio, tomar água com o nariz tampado, para melhorar o soluço, são coisas que nossas avós ensinavam que pareciam simpatias sem embasamento.
Dessa vez, elas têm razão. Melhora mesmo e tem explicação científica. O fato é que qualquer irritação que possa ocorrer no diafragma, que é o músculo responsável pela respiração, o faz entrar em espasmo, que é o soluço. O ruído decorre do fechamento inesperado da glote, na inspiração o que faz as cordas vocais vibrarem.

O susto faz a pessoa ficar com medo e nesse caso uma glândula libera uma grande quantidade de adrenalina na corrente sanguínea, fazendo que iniba a contração do diafragma resolvendo o problema. Já respirar em um saco de papel ou tomar água com nariz tampado faz com que aumente a quantidade de gás carbônico no organismo fazendo com que o diafragma volte ao normal.

Já em recém nascidos ou ainda bebês, o susto não resolve. Eles não terão medo e em conseqüência não irão ter a descarga de adrenalina. Nesses, onde o soluço é muito freqüente e assusta as mães que ficam condoídas pensando que seu bebê está sofrendo ou sentindo alguma dor, é importante saber que, ao contrário do que todas pensam, eles não sentem dor nem desconforto. E aparecem pela imaturidade do sistema nervoso do bebê, que não controla adequadamente o músculo responsável pela respiração que é o diafragma. São comuns, mas não necessita de tratamento algum e geralmente desaparecem aos seis meses de idade.

Mas cuidado, existem simpatias que na verdade são superstições, sem nenhum embasamento cientifico, dentre outras, para citar apenas uma, existem mães que colocam fiapos de mantas vermelhas na testa do seu bebê.

As causas do soluço nos bebês é a ingestão demasiada de alimentos, que ocasiona a distensão abdominal, a alimentação rápida, onde o bebê pode engolir muito ar e as mudanças bruscas de temperatura. A maneira de evitar é colocar o bebê em posição correta na amamentação, certificando-se de que esteja abocanhando uma boa parte do mamilo, o que impede a ingestão de ar; e, quando ele estiver mamando muito rápido e por muito tempo em um peito, a solução é retirá-lo e após uma pausa colocá-lo em outro peito. Depois da mamada colocá-lo em posição apropriada, que toda mãe conhece para que ele possa arrotar, expelindo o ar engolido. Amamente em lugar tranqüilo para que preste atenção na sucção do seu bebê e perceba se está engolindo ar e fazendo as pausas necessárias. Quanto a mudanças bruscas de temperatura, a solução é na hora da higiene e troca de roupa de seu pequeno, cuidar para que o faça a uma temperatura agradável e sem corrente de ar.

Mas se o seu pequeno tem crises fortes de soluço que não passa facilmente, que ocasiona choro e perda de peso, nesse caso, e somente nesse caso, se preocupe e procure o seu médico. Embora saibamos que aquele barulhinho típico do soluço deixa todas as mães ansiosas, preocupadas com a hipótese aparente de sofrimento de seu bebezinho, lindo e frágil, fiquem tranqüilas.

Pensamento da semana


Às vezes nos prendemos a lembranças passadas, alegres ou tristes, a pessoas que já se foram, boas ou más; a situações e épocas anteriores, tantas coisas, e esquecemo-nos de viver o presente, o agora.

Bom mesmo é abrir mão de todo o passado, preservando apenas alguns poucos, inesquecíveis Também aprender a deixar o que não for bom e entregar-se ao novo, sem medo de ser feliz.
Viver com o que nos faz bem, acreditar que há pessoas maravilhosas nos esperando. Cabe a nós descobri-las. Permita-se, se necessário, a novos amores, a novos sabores, à uma nova vida.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions