Rondônia, segunda-feira, 23 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sábado, 16 de Novembro de 2013 - 09h41

Uma Câmara... de “gases”!!!

David Nogueira


Uma Câmara... de “gases”!!!

A Câmara de Vereadores de Porto Velho promoveu, na última terça-feira, dia 12.11.13, um não raro capítulo dantesco da política tupiniquim. Os nobres edis, travestidos de uma autoridade quase secular, fizeram o julgamento de alguns de seus pares sapecas, os quais ousaram ser pegos em travessuras nada republicanas. Os cinco meninos enroscados não poderiam ser julgados e condenados de forma igual, pois o relatório mostra níveis diferentes de envolvimento e de traquinagem. Ainda assim, jamais daria para se pensar que a honradíssima Casa de Leis Municipal promovesse uma lambança dessa magnitude. Ao dar o seu generoso perdão de vovó, semeou caca ao seu redor.

2. Haja gases!!

Recentemente, escrevi algo sobre isto. O cientista Luiz Pinguelli Rosa, mestre em Energia Nuclear e doutor em Física, em recente palestra na Câmara dos Deputados em Brasília, falou sobre os gases causadores do agravamento do efeito estufa e, por conseguinte,  modificadores dos ciclos climáticos no mundo. Depois do CO², o metano é o gás mais letal ao ecossistema. A origem desse gás está, principalmente, no montante avassalador de “titicas” produzidas, todos os dias, pelos mais de 7 bilhões de bumbuns cabeludos... somados a isso, temos os imensos rebanhos de gado em todo o mundo cagando barbaridade nos lindos e descampados campos verdejantes (achei o máximo). Agora, para agravar  de sobre modo a situação, novamente a Câmara de Vereadores de Porto Velho decide produzir, de uma só vez, toneladas de gás metano a ser consumido pelos pacatos munícipes locais.

3. Corporativismo e negócios

A política está deixando de ser a arte do diálogo e do embate de ideias na construção de caminhos, para passar a ser um espaço nebuloso de defesa inconteste de interesses pessoais inconfessáveis, na maior parte das vezes, a circular na perigosíssima fronteira entre o delinquente e o inconsequente. O exercício do Poder Legislativo não é espaço de amizade ou compadrismo. Aquilo não é um Clube Escolar de coleguinhas. Não ter isso em mente proporciona um caminho fácil e certo para sarilhos sem fim. Esse tipo de comportamento dos Poderes (todos eles) passa para a sociedade a ideia de que tudo é permitido. Se eles podem transgredir, por qual motivo eu também não posso? A democratização da delinquência não parece ser a melhor via para a construção de uma sociedade mais justa, fraterna e solidária.

4. Burrice cavalar

A maioria dos políticos ainda não se deu conta que as coisas de hoje são diferentes de há dez anos atrás. As informações correm numa velocidade incrível e atinge camadas cada vez mais amplas da sociedade de forma constante e, principalmente, recorrente. A internet mudou o mundo, as pessoas e as relações. Político que não entender isso no mundo real, é político morto, pronto a ser extirpado. O acontecido na Câmara na terça, de forma teatral, não ficará escafedido nos discretos recantos e gavetas... haverá consequências a serem exploradas em diferentes momentos. O escondidinho, o camuflado e o acobertamento mútuo tendem a sofrer grandes reveses na prática política.

5. Acordos obscuros... nomes inesquecíveis!

Ficou claro no quadro de votação que acordos vindouros foram feitos. Dívidas indigestas foram criadas. Contas pesadas ficaram por ser pagas em futuro próximo. A política não sobrevive apenas com o ser, ela precisa muito do “parecer”. Os Vereadores (todos acabam pagando o ônus) e a Câmara de Porto Velho pareceram, com a decisão da Casa, algo muito semelhante com aquela pasta mole, fumegante, quente, carregada de farto gás metano e semeada todos os dias pelas doces e singelas vaquinhas.

Só para lembrar:

Tudo muito matemático... só faltou 01 voto no “SIM”!!!


Vereador  -   Partido  - Como votou

 
1.     José Wildes (PT) – Sim – Pela punição.
2.     Fátima Ferreira (PT) – Sim – Pela punição.
3.     Sid Orleans (PT) - Sim – Pela punição.
4.     Léo Moraes (PTB) – Sim – Pela punição.
5.     Everaldo Fogaça (PTB) – Sim – Pela punição.
6.     João Bosco (PTB) – Sim – Pela punição.
7.     Moisés Costa (PV) – Sim – Pela punição.
8.     Edelmiro Pinto (PV) – Sim – Pela punição.
9.     Elis Regina (PCdoB) – Sim – Pela punição.
10.  Cláudio da Padaria (PCdoB) – Sim  – Pela punição.
11.  Aélcio da TV (PP) – Sim – Pela punição.
12.  Dimdin (PSL) – Sim – Pela punição.
13.  Ana Maria Negreiros (PMDB) – Sim – Pela punição.
14.  Macário Barros (PSB) – Não – Vamos inocentar e quebrar o galho.
15.  Márcio do Sitetuperon (PSB) – Abstenção – Vamos inocentar e quebrar o galho.
16.  Walter Canuto (PSB) – Ausente – Vamos inocentar e quebrar o galho.
17.  Edemilson Lemos (PSDB) – Ausente – Vamos inocentar e quebrar o galho.
18.  Bengala (PT) – Não – Vamos inocentar e quebrar o galho.
19.  Chico Lata (PP) – Não – Vamos inocentar e quebrar o galho.
20.  Edney Lima (PSL) – Ausente – Vamos inocentar e quebrar o galho.
21.  Porfirio Costa (PSD) – Ausente – Vamos inocentar e quebrar o galho.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions