Rondônia, 09 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Artigos

Uma voz unissonante

Quinta-feira, 03 Março de 2022 - 16:56 | Por Andrey Cavalcante


Uma voz unissonante

Unissonante, unívoca, uníssona e rigorosamente tangível, que reverbera por todo o país para explicar que assim funciona a OAB: como uma só voz. É esta a razão de sua grandiosidade, do imenso respeito e da enorme credibilidade que possui junto à população brasileira. Nossa pauta sempre foi lastreada no elenco de conquistas para a categoria, da intransigente defesa das prerrogativas dos advogados, do respeito às leis e à Constituição da República. Da defesa do contraditório e da garantia do acesso à justiça para todos os cidadãos. É imperioso ressaltar que o advogado sempre esteve à disposição da Nação. “Ele é o profissional das liberdades; seu ofício, o combate às injustiças; seu dever, a proteção da pessoa humana. A valorização do advogado é indispensável ao fortalecimento do cidadão”.

O trecho integra os discursos que tive a felicidade de proferir nas solenidades de posse dos dirigentes das subseções da Ordem em Ariquemes, Jaru e Cacoal, nas quais me foi conferida a honra de usar da palavra, na condição de ex-presidente e membro honorário vitalício da OAB Rondônia. O excepcional desempenho da advocacia nas 18 subseções por todo o território rondoniense encontra paralelo na OAB Nacional, presidida pelo amazonense Beto Simonetti, que defendeu, já no discurso de posse, a necessidade de pacificação social, em função do momento turbulento que o país vive: “A força do direito deve superar o direito a força, e a força do direito reside na democracia, na tolerância e na liberdade“.

Seu pronunciamento não encontra qualquer dissonância na manifestação do novo presidente da OAB Rondônia, Márcio Nogueira, para quem “Beto Simonetti, junto com toda a diretoria, fará uma gestão em defesa da advocacia e, ao defender a advocacia, ele defende toda a sociedade”. Defensor declarado da humanização das ações da Ordem - “O ser humano é o centro gravitacional de nossa atenção” – Nogueira destaca que o compromisso com o Estado Democrático de Direito precisa ser um alicerce defendido constantemente por toda a advocacia, pois é uma garantia para toda a sociedade brasileira”. Tal alinhamento nacional pode ser avaliado a partir da recondução de Alex Sarkis ao cargo de Procurador Nacional de prerrogativas da OAB.

Márcio Nogueira ecoa igualmente o pensamento dos conselheiros federais rondonienses, Elton Assis, Alex Sarkis, Solange Aparecida, Fernando Maia, Julinda da Silva e Maria Eugênia. E de Elton Fulber, no comando da Caixa de assistência dos advogados da OAB/RO. Esta unicidade de propósitos tem o condão de assegurar pleno êxito ao desempenho da OAB em todos os níveis de gestão. Como disse em Cacoal, não me escudo aqui de qualquer pretensão, anelo ou anseio pessoal. Valho-me, pois sim, da tangibilidade, concretude e materialidade dos fatos.
- Não exuberam, afinal, aqui mesmo nesta Casa (Subseção de Cacoal), nas confortáveis condições de trabalho oferecidas aos advogados, para benefício do público, os testemunhos das realizações da categoria por todo o interior de Rondônia? É a esta luz que me refiro, resultado natural do brilho individual de cada um de seus integrantes e capaz de tornar igualmente iluminados a tantos quantos dela se permitem manifestar. Opiniões divergentes, assim como pedras, certamente serão encontradas nesse caminho. Mas a opinião alheia, por mais importante que seja para cada um, torna-se vazia e insípida, se não estiver bem ancorada de sustentada pela opinião que temos de nós mesmos, como ensina Eduardo Giannetti.

Ele assegura, porém, que, na ausência de luz própria, a luz refletida não brilha nem aquece. A opinião dos outros é, no fundo, a nossa: é a opinião que temos das opiniões dos outros sobre nós. Parecer bom – cuidar e zelar para que sejamos respeitáveis perante o mundo e merecedores da aprovação alheia – não basta. O decisivo é sentir-se e acreditar-se bom. O ponto cardeal para o indivíduo as sós consigo é convencer-se sinceramente de que ele é honesto no que conta por dentro e, tudo considerado, merecedor da aprovação interna e alheia. Como lembra o poeta, na inesquecível melodia de Almir Sater, “Cada um de nós compõe a sua história / Cada ser em si / Carrega o dom de ser capaz / E ser feliz”.

De nossa parte, cumpre reiterar o compromisso de colaborar para o sucesso dessa empreitada que agora se inicia, na gestão dos destinos da OAB. Estarei sempre à disposição, com a experiência adquirida nos seis anos de exercício da presidência, bem como na condição de membro honorário vitalício e de todo o tempo de serviço desempenhado em favor da advocacia rondoniense, para colaborar nessa obra permanente na construção de uma OAB sempre mais forte em favor de cada cidadão, da Constituição, das instituições e dos ideais democráticos.

* Andrey Cavalcante é ex-presidente da OAB Rondônia

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também