Rondônia, quarta-feira, 12 de dezembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 03 de Agosto de 2009 - 18h20

Veja os bastidores da notícia na coluna Panorama

RONDONIAGORA


Divergências internas

O relatório produzido pelo deputado estadual Miguel Sena (PV-Guajará) e sua saída repentina da comissão de publicidade da Assembléia Legislativa tornam públicas as divergências internas entre os deputados estaduais rondonienses. Isolado em seus posicionamentos – a exceção da concordância do colega Alexandre Brito (PTC-Porto Velho) -, Miguel Sena não encontrou apoio nas denúncias contra a PNA Publicidade, empresa vencedora da mídia oficial da Casa. A maioria dos parlamentares é favorável a manutenção do contrato por causa dos jornais impressos e das rádios do ex-senador e chefe da Casa Civil, Odacir Soares Rodrigues.

Mágoa e razão

A grande mágoa do deputado Miguel Sena é com o pagamento de mídia da Assembléia Legislativa para um jornal que produziu matéria atacando o parlamentar. No calor da briga com o publicitário, Miguel chegou a dizer que as PIs (Pedidos de Inserções) só seriam enviadas aos veículos se passassem pelo seu gabinete. Como não havia nada por escrito, a assessoria de imprensa da Assembléia ignorou a ordem do deputado. Desrespeitado até pelos funcionários da Casa, restou a Miguel Sena anunciar sua saída da comissão e ingressar com denúncias no Ministério Público de Rondônia.

Calo seco

Miguel Sena, amigo de primeira hora do governador Ivo Cassol, é um grande adversário. Ele pediu para sair da comissão, mas vai dar muita dor de cabeça para a empresa de publicidade da Assembléia Legislativa.

Mais briga

O contrato de mídia da Assembléia Legislativa foi o estopim para uma briga maior entre os parlamentares. Tem grupos se organizando para cacifar alguns nomes para uma eventual eleição indireta para governador, no caso de se confirmar a cassação do chefe do Executivo no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Miguel Sena não é candidato a nada, mas torce para Neodi Oliveira assumir a cadeira maior do Palácio Presidente Vargas.

Prestígio

O senador Expedito Junior (PR-RO) visitou no final de semana as exposições agropecuárias de Alvorada do Oeste, Alta Floresta e esteve no encerramento da Expoari em Ariquemes. Acompanhado do deputado Tiziu Jidalias (sem partido-Ariquemes), o parlamentar foi prestigiado pela população e lideranças, parabenizado pela sua atuação no Senado, especialmente agora depois da regulamentação da atividade de mototaxi.

Bem de família

Outro projeto polêmico, mas importante para uma grande massa de trabalhadores é a transformação das placas de táxis em bem de família. Ou seja, pela proposta de Expedito Junior, a concessão já existente passaria de pai para filho. Daqui pra frente, a prefeitura seria responsável pela abertura de licitação para outorga de placas novas. Em Pimenta Bueno, taxistas estão vivendo um drama com a gestão de Augusto Plaça. Trabalhadores de 30 a 35 anos de profissão estão ameaçados de perder suas placas com o processo aberto pelo Ministério Público para abertura de licitação.

Mais polêmica

A Câmara de Vereadores de Porto Velho inicia uma exaustiva discussão para regulamentar o mototaxi na Capital. A pressão é grande e não há como reverter esse quadro, segundo admite o presidente da Casa, José Hermínio (PT). A idéia então é criar também o taxilotação, idéia louvável numa cidade que está crescendo rapidamente e cujo transporte público não acompanha sua evolução. Nesse estudo que será proposta por Hermínio bem que a bancada petista poderia pedir a saída da secretária Fernanda Moreira. A incompetência dessa mulher é tão grande que um acidente no sábado acabou com a sinalização na esquina da Caula com Rio Madeira. Na segunda-feira à tarde, o caos continuava naquele trecho, empurrando motoristas a manobras arriscadas.

Em tempo

O secretário de Esportes da Capital, Marinho Melo, revelou à coluna que o prefeito Roberto Sobrinho (PT) pretende enviar projeto regulamentando o mototaxi à Câmara de Vereadores *** O ministro da Pesca, Altemir Gregolin, levou uma vaia em Alta Floresta e justamente lá onde tem um grande número de parentes *** O deputado estadual Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paraná) não pôde comparecer a sessão de hoje da Assembléia porque acompanhou a aula inaugural do curso de Engenharia de Pesca em Médici, mas nesta terça prometeu retomar as atividades no plenário da Casa de Leis.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/artigos/veja-os-bastidores-da-noticia-na-coluna-panorama)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions