Rondônia, terça-feira, 19 de novembro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Sábado, 17 de Setembro de 2011 - 05h15

EMPRESÁRIA NEIDE BARROS FOI MORTA HORAS DEPOIS DE SER RAPTADA; ASSASSINO ESTRANGULOU E PASSOU CARRO POR CIMA DO CORPO

RONDONIAGORA


Chama-se Jânio Martins da Silva o homem que matou a empresária Maria Lucineide Barros Leonel, desaparecida desde a terça-feira em Porto Velho. Ele foi preso na noite de sexta-feira em casa dormindo e acabou confessando o crime após policiais das Delegacias de Homicídio e Patrimônio encontrarem as chaves do carro da vítima escondidas embaixo de uma pedra. A Polícia chegou até Jânio após confirmar informações de parentes e amigos que ele queria envolvimento amoroso com “Neide”. Os sigilos telefônicos dos dois foram quebrados, mas Jânio deixou de usar celular ainda na terça-feira. Passou a ser o principal suspeito pelo sumiço da empresária. Nesta sexta, policiais avançaram nas investigações após encontrar uma ex-namorada do rapaz que indicou onde ele residia atualmente.

Casa caiu

Jânio Martins da Silva é considerado um homem frio: ele é lutador de boxe e kung fu e era matriculado em uma academia nas proximidades da lan-house de Neide. Apesar de estar morando com uma mulher que separou do marido com os dois filhos para ficar com ele, Jânio vivia se declarando a Neide. Devota da fé católica ela apenas ouvia.

No dia do crime, segundo o assassino contou aos policiais, ele foi a lan-house e como de costume ficou conversando com a futura vítima. No final da noite esperou os dois últimos clientes saírem e anunciou um suposto assalto. Neide disse que não acreditava e falou que era brincadeira. O homem então levou a mão ao bolso e mostrou um volume – descobriu-se depois que era um pedaço de isopor no formato de uma arma. Neide ficou com medo, mas devido ao fato de parecer estar armado e lutar artes marciais foi presa fácil. Os dois saíram no carro dela e seguiram para a área rural de Candeias do Jamary. Ali ele falou que estrangulou Neide por duas vezes, mas como não conseguiu mata-la, passou o carro várias vezes por cima do corpo. Ela foi encontrada apenas de calcinha e sutiã em adiantado estado de decomposição.

A Polícia sabe que Jânio conseguiu sacar R$ 1 mil da conta de Neide. Ele conseguiu a senha da conta bancária da empresária. Também disse que pensava em ficar com o carro inicialmente, mas após o crime, preferiu abandoná-lo em um local distante de onde matou a mulher.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/policia/empresaria-neide-barros-foi-morta-horas-depois-de-ser-raptada-assassino-estrangulou-e-passou-carro-por-cima-do-corpo)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions