Rondônia, domingo, 19 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 01 de Agosto de 2011 - 14h18

Filho de pedreiro, Confúcio reivindicou “direitos” sobre prédio da Câmara dos Deputados

Dimas Ferreira


-------------------------------------------------

"É sempre melhor ser otimista do que ser pessimista. Até que tudo dê errado, o otimista sofreu menos."
(Armando Nogueira)

-------------------------------------------------

A REVANCHE

No ano passado, quando Confúcio Moura (PMDB) e João Cahulla (PPS) travavam uma verdadeira guerra pelo Palácio Getúlio Vargas, o prefeito de Chupinguaia, Vanderlei Palhari, mesmo sendo correligionário do primeiro candidato, debandou-se para o palanque adversário. A fatura pela trairagem começa a ser cobrada: o diretório do PMDB chupinguaiense conspira à luz do dia para vetar a candidatura de Palhari à reeleição.

MAGOADA

Uma das que trabalham para brecar o mandatário na convenção do partido é a ex-vereadora Maria Tereza (PMDB), a quem Palhari prometeu mundos e fundos e não cumpriu. Pior: além de engabelar a ex-aliada, o prefeito ainda lhe deu prejuízo, segundo a própria vítima conta. “Ele alugou uma casa minha e ficou um ano sem pagar a locação, e me entregou o imóvel praticamente destruído”, resume a enfezada adversária.

NEM VEM...

Órfãos de Melki Donadon (PHS) em Vilhena tentam convencer o secretário de Educação, Júlio Olivar (PMDB) a encarar a peleja municipal de 2012. Mineiramente, o rapaz agradece a lembrança de seu nome, mas dá a entender que nem a pau troca o principal cargo da administração estadual pela incerta aventura eleitoral. Coberto de razão!

SÓ DEUS SABE...

No início da semana, em visita a este colunista, com quem conversou por mais de uma hora (uma eternidade para os seus padrões), o ex-prefeito Melki Donadon foi devidamente espremido para revelar seus planos políticos. Sobre sua provável candidatura a prefeito, no ano que vem, a despeito da montanha de processos que enfrenta, o visitante escapuliu: “Acho que não tenho certeza, mas penso que talvez... Quem sabe, né?”. Entendeu? Nem eu...

O AMIR É LANDO

Ao contrário dos tempos em que viveu no olho do furacão, quando ajudou a derrubar o então presidente Fernando Collor, o ex-senador Amir Lando (PMDB) vive um momento zen. Na semana passada, o velho cacique foi visto à beira do rio Guaporé, de vara em punho e “palheiro” no beiço. Relaxava tentando fisgar algum pintado, enquanto distraía os companheiros com longas (e improváveis) histórias de pescador.

INDIRETAS JÁ

Acreditem: o vereador Izael Dias Moreira (PTB) bateu às portas de Justiça Eleitoral tentando levar para a Câmara a disputa que deveria ser travada nas ruas. O parlamentar não se conforma com a decisão do TSE, que determina que a escolha do prefeito-tampão, substituto de “Bau” Barroso (afastado por crimes eleitorais), seja pelo voto direto. O edil petebista entrou com recurso no TRE para que o pleito seja decidido no tapetão parlamentar, entre ele e seus nove colegas. A Corte ainda não deu resposta ao pedido.

MUITO BONZINHO

Tudo bem, seu nome remete a um sábio chinês que tinha como uma das maiores virtudes a tolerância. Mas tem horas que o Confúcio amazônico exagera: nesta semana, o mandatário apareceu, todo sorridente, abraçado ao seu mais virulento adversário, o ex-senador Ernandes Amorim (PTB). A imagem, postada pelo próprio mandatário-filósofo em seu blog, causou calafrios em quem queria o apoio dele. Diz um vilhenense que acha o peemedebista gente boa além da conta: “Quem perdoa tão facilmente os opositores, automaticamente desprestigia os aliados”.

O CÉU É LIMITE

Fica publicamente registrado aqui um alerta ao sempre vigilante Acácio Félix, diretor do Procon em Vilhena: alguém precisa dar um jeito na Trip Linhas Aéreas, única companhia que opera na cidade. Há casos em que o bilhete só de ida daqui até Cuiabá (MT) custa o mesmo que uma passagem de ida e volta ao Sul do país se o embarque for feito em Porto Velho, em outra empresa.  A fome da voadora por lucros beira o crime...

INFÂMIA

A menina tem apenas 15 anos, mas é tratada com crueldade que nem a marmanjos se dispensa. Ao faturar o título de Rainha da Expovil e, com a inocência típica da idade, postar um vídeo comentando o concurso no site You Tube, a adolescente premiada pela beleza virou alvo nas redes sociais. Mas a maior infâmia é atribuir à adolescente participação num pavoroso filme erótico caseiro, que na verdade é protagonizado por uma sósia dela. Terá toda razão a família, se acionar a polícia para investigar as barbaridades cometidas (por gente da mesma idade que ela, inclusive) contra a menor.

PEIXE MORTO

Coitado do ex-deputado Nilton Schramm: nesta semana, o santista sangue bom pagou caixas e mais caixas de cerveja a flamenguistas, a quem concedeu o empate no jogo da última quarta-feira. Em frente à sua torcida, na Baixada, os Meninos da Vila abriram 3 a 0 sobre os rubro-negros, mas   levaram a virada (5 a 4) na partida mais eletrizante do Brasileirão até agora.
 

--------------------------------------------ACONTECEU--------------------------------------------



DEPUTADO FILHO DE PEDREIRO HIPNOTIZA COLEGAS

Ao chegar à Câmara para exercer seu primeiro mandato como deputado federal, o hoje governador Confúcio Moura subiu à tribuna e iniciou um discurso esquisito:
- Nobres colegas, gostaria que os senhores prestassem atenção no que tenho a dizer...
Alguns pararam, outros continuaram conversando entre si e o parlamentar resolveu jogar pesado para chamar a atenção dos desligados:
- Vossas Excelências fiquem sabendo que, nesta Casa de Leis, poucos têm mais direitos do que eu...
Aí, sim, o plenário parou para ouvir. Só que ninguém entendia o que o até então tímido congressista rondoniense queria dizer. Quando viu que estava todo mundo atento, Confúcio foi ainda mais longe:
- Uma parte deste parlamento me pertence por direito...
No momento em que já estavam todos queimando o cérebro para decifrar aquela fala que parecia meio sem pé nem cabeça, o orador explicou:
- Amigas e amigos deputados, meu pai era pedreiro e, como tal, ajudou a erguer este plenário. Eu era criança e, quando muitos de vocês sequer haviam nascido, trazia o almoço dele aqui na obra...
Foi aplaudido de pé pela criativa fórmula encontrada para mostrar como havia vencido na vida, saindo de uma infância difícil para se formar médico e, depois, pelo voto, chegar ao edifício que o pai ajudara a levantar com as mãos.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions