Rondônia, domingo, 19 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 29 de Agosto de 2011 - 13h40

MP vai investigar vereadores suspeitos de exigir terrenos para aprovar loteamentos em Vilhena

Dimas Ferreira


"Quando cheguei ao Congresso, queria fazer o bem. Hoje, acho que o que dá para fazer é evitar o mal."
( Roberto Campos, político brasileiro )


E AGORA, JOSÉ?

O deputado Moreira Mendes, que preside o recém-fundado PSD garante: caso o prefeito Zé Rover queira trocar o PP pela nova legenda, não há o menor risco de perder o mandato por infidelidade partidária. A encrenca para o vilhenense é outra: se pular a cerca, pode perder o apoio do senador Ivo Cassol, líder dos progressistas. E, como bem pode testemunhar o ex-senador Expedito Júnior (PSDB), o homem do chapéu não alivia para quem rói a corda... 

AÇOUGUE

É de dar pena a situação de um caminhoneiro de Vilhena que levou a esposa ao Hospital Regional para ver nascer a filha e de lá saiu com o bebê no caixão. O homem diz que houve negligência médica e ameaça levar o caso à Justiça. Caso o Ministério Público entre na parada e atue com a mesma rapidez com que analisa um caso similar há mais de dois anos, até a Copa do Mundo quem sabe não tenhamos alguém responsabilizado, né?

VAI DAR CADEIA

Já na apuração de mutretas envolvendo políticos, o MP felizmente é mais célere. E é isso que tira o sono de alguns vereadores, suspeitos de exigir terrenos de empresários em troca da aprovação de loteamentos na Câmara. A investigação corre em sigilo, mas algumas das vítimas dos parlamentares estariam dispostas a identificar os laranjas em nome dos quais os imóveis supostamente entregues sob ameaça foram registrados. 

TOQUE DE MIDAS

Empresário que marcou época na cidade no segmento gráfico, o milionário Alberi Rodrigues está, literalmente, fazendo negócios da China. Ao montar, em Santa Catarina, uma empresa que importa diretamente do país asiático uma série de miudezas, o líder vilhenense faz fortuna e reafirma sua habilidade no mundo corporativo. Por aqui, com o selo Leonora (a empresa do homem) começam a desembarcar por aqui móveis para escritório que custam um terço de similares vendidos nas lojas locais.

FLOR NO DESERTO

Colunista social do jornal FOLHA DO SUL durante anos, a maquiadora Everyn Palhares trocou, em 2008, as belezas amazônicas pela aridez do Paquistão, país para o qual se mudou após se casar, depois de um namoro relâmpago pela internet, com um executivo muçulmano. Agora, o fruto do amor virtual está para nascer: será uma menininha, cujo nome a recém-convertida ao Islã ainda não escolheu. De qualquer forma, será a primeira filha de rondoniense a vir ao mundo naquele violento rincão abençoado por Alá.

SAI, SATANÁS!

Ao comandar um mega-culto na praça Nossa Senhora Aparecida (olha que ironia) no centro de Vilhena, na última quarta-feira, dia 24, o missionário RR Soares, líder da Igreja Internacional da Graça de Deus, arrastou um grupo de céticos ao local. De câmeras na mão, os incrédulos queriam registrar eventuais milagres feitos pelo religioso em seus programas de TV,como expulsar o capeta e  curar doentes de Aids. Não houve nenhum evento miraculoso, mas que o cabra fala bem, ah, isso fala...

EU NÃO DISSE?

Na coluna anterior, alertei que não duraria muito a promessa do ex-prefeito Melki Donadon de apoiar a candidatura do médico Auro Pereira (PHS) no ano que vem. Em contato com o autor destas mal traçadas, Donadon esculachou o presidente do PHS, Herbert Lins, por ter “plantado” a informação na imprensa local e se desfiliou da legenda. Continua negando que é candidato. Mas é, sim.

MEMÓRIAS

Testemunha e ao mesmo tempo protagonista de muitos episódios que marcaram a história de Vilhena, o empresário Vitório Abrão, que foi o primeiro prefeito eleito do município, e também o primeiro a ser cassado, escreveu um livro para descrever (inclusive com fotos raríssimas) o que aconteceu aqui nestes últimos 35 anos. Falta-lhe, porém, grana para imprimir a obra.

AJUDA, CONFÚCIO

Sendo amante da leitura, o governador Confúcio Moura (PMDB) bem que poderia ajudar a custear o livro, na verdade um documento que tem conteúdo para ser utilizado em aulas de história nas escolas públicas. Além do mais, faria jus ao maior líder político do Cone Sul na década de 70, com suas virtudes e defeitos. Vitório, aliás, conheceu o então recém-formado médico Confúcio na estação rodoviária local, quando ele passava pela cidade, rumando para Ariquemes, onde faria carreira como profissional e homem público.

TÁ DENTRO

Em visita a Vilhena, esta semana, o radialista Euzébio Lopes Bassi foi pressionado pela família e os amigos a voltar para cá. Agradeceu a gentileza, mas disse que continuará em Candeias do Jamari pelo menos até o final do ano que vem. Alega que o deputado Lindomar Garçom (PV) de quem é assessor, precisará muito do seu trabalho, já que será candidato a prefeito de Porto Velho. O parlamentar, que ficou em segundo lugar no último pleito municipal da capital, acha que dessa vez tem mais chances, já que enfrentará menos (e mais fracos) oponentes.
 

----------------------------------------- ACONTECEU -----------------------------------------

ESCOLINHA DO PROFESSOR CASSOL

Dias atrás, a empresária Danise Cassol, sócia da Rádio Planalto, junto com o irmão, o senador Ivo Cassol, almoçava com amigos em Vilhena, quando ouviu de um deles a seguinte sugestão:
- Você deveria incentivar o Ivo a cursar uma faculdade em Brasília...
Entre outros argumentos, o interlocutor lembrou que o deputado Nilton Capixaba e o senador Valdir Raupp voltaram aos bancos escolares tão logo desembarcaram na capital da República para exercer o primeiro mandato.
Danise matutou sobre a orientação, mas depois rebateu:
- Não adianta, você conhece o Ivo...
O outro insistiu:
- Já imaginou? Sem um diploma de nível superior ele já faz esse “regaço” todo, com um canudo, então, seria presidente...
- O problema é o primeiro dia de aula...
- Como assim?
- O Ivo é hiperativo: primeiro ele chamaria o professor de incompetente e, logo em seguida, assumiria o comando da classe. Ensinaria do jeito dele e seria aquela confusão. Melhor esquecer isso...
Cassol tem fama, mesmo entre os familiares, de não conseguir ser liderado por ninguém. E, apesar da modesta instrução formal, conseguiu se consagrar como administrador competente, tornando-se um dos homens mais ricos de Rondônia.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions