Rondoniagora.com

Rondônia, 30 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Geral

Superintendente da PF se reúne com prefeitos da região de conflito

Quinta-feira, 26 Dezembro de 2013 - 18:35 | RONDONIAGORA


Os prefeitos Lúcio Flávio do Rosário (PSD) de Manicoré e José Cidenei Lobo do Nascimento (PMDB), de Humaitá (AM), foram recebidos na tarde desta quinta feira(26), pelo superintendente da PF em Rondônia, Manoel Gaya, e trataram do conflito entre brancos e índios da etnia Tenharin, na região de Humaitá. As autoridades devem pedir ao Judiciário que autorize a entrada de policiais na aldeia.

Na noite do dia 25 de dezembro, uma multidão ateou fogo em carros, barcos e nas sedes da Funai e da Funasa em Humaitá, em protesto contra o desparecimento de três pessoas.

Cerca de sessenta índios estão refugiados no quartel do 54ª Batalhão de Infantaria de Selva. A população fechou a rodovia Transamazônica e ameaça invadir o quartel caso os índios não permitam a entrada de agentes federais na Terra Indígena dos Tenharin, onde segundo moradores, podem estar os corpos dos desaparecidos. a situação é tensa na região. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também

Apagão acalma ânimos de moradores em Humaitá

Um apagão que deixou ás escuras todo a zona urbana da cidade amazonense de Humaitá (distante 200 km de Porto Velho), serviu para aclamar os ânimos ...


POPULAÇÃO QUEIMA PRÉDIOS EM HUMAITÁ EM PROTESTO POR DESAPARECIMENTO DE TRÊS PESSOAS

Milhares de pessoas revoltadas com o desaparecimento de três pessoas, sequestradas por índios da etnia “Tenharin” desde o último dia 16 promoveram ...


Ainda sem respostas, clima esquenta agora em Apuí

Após oito horas de protesto que resultou na destruição de carros, prédios e barcos da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Humaitá (a 600 quilômet...


Índios cobram pedágio ilegal, denuncia motorista

O mototaxista Francimar Pereira, que reside em Humaitá, denunciou agora pela manhã à reportagem do RONDONIAGORA, que os índios Tenharim estão cobra...