Rondônia, 29 de Novembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

ACUSADOS DE CORRUPÇÃO ATIVA SERÃO JULGADOS NO 1º GRAU

Segunda-feira, 16 Janeiro de 2012 - 14:22 | TJ-RO


No julgamento do recebimento ou não da denúncia de corrupção ativa contra José Miguel Saud Morheb e Márcio Santana de Oliveira, o Pleno do Tribunal de Justiça decidiu, por unanimidade, acompanhar o relator para que os dois indiciados sejam julgados por um juiz de 1º grau, pois nenhum tem foro especial para que o processo tramite no TJ (2º grau de jurisdição).



A denúncia do Ministério Público será então remetida para processamento em uma das varas criminais de Porto Velho, pois, no caso dessa denúncia, não está entre os acusados o deputado estadual Valter Araújo. José Miguel e Márcio Santana fazem parte dos indiciados pela Polícia Federal e MP a partir das investigações da Operação Termópilas, em combate à suposta prática de crimes para fraudar a contratação de serviços ao Estado, por meio do pagamento de propinas, entre outras práticas ilícitas descritas no processo, que tem mais de 3 mil e 500 páginas.

Questão de competência

Na leitura do relatório, o desembargador Sansão Saldanha evidenciou o conjunto de provas colhidas pela investigação no sentido de que os indiciados devem responder pelas acusações, no entanto, por não terem foro privilegiado, devem ser julgados por um juiz e não pelos desembargadores (TJRO). A decisão foi acompanhada pelos desembargadores e juízes convocados para essa sessão. O Ministério Público também opinou para que o processo fosse declinado para o primeiro grau.

O crime de corrupção ativa, supostamente praticado pelos indiciados, consiste no ato de oferecer, (das mais variadas formas) vantagem, qualquer tipo de benefício ou satisfação de vontade, que venha a afetar a moralidade da Administração Pública. Só se caracteriza quando a vantagem é oferecida ao funcionário público. Em caso de condenação a pena pode ser 2 a 12 anos de prisão e multa. Os indiciados são acusados de atuarem como financiadores do suposto esquema fraudulento a partir do pagamento de propinas para conseguir agilidade em pagamentos junto a órgãos do Executivo Estadual.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também

A ÍNTEGRA DA SESSÃO QUE CONFIRMOU A PRIMEIRA AÇÃO PENAL CONTRA VALTER ARAÚJO E SEU BANDO

Confira a seguir a íntegra dos debates ocorridos no último dia 16 de janeiro, quando o pleno do Tribunal de Justiça de Rondônia acatou a primeira d...

AÇÕES DE IMPROBIDADE PARA VALTER ARAÚJO RESSARCIR O ERÁRIO SERÃO DECIDIDAS POR JUIZ DE PRIMEIRO GRAU

Cabe ao juízo da Fazenda Pública em Porto Velho julgar as ações de improbidade administrativa com ressarcimento ao erário contra o deputado estadua...

TJ DEVE FORMALIZAR TRÊS AÇÕES CONTRA VALTER ARAÚJO E SEU BANDO NA PRÓXIMA SEGUNDA

Na próxima segunda-feira, 16, em sessão do Tribunal Pleno da Justiça de Rondônia, serão julgados três inquéritos policiais para decidir sobre a rej...

EMPRESÁRIOS ABREM O JOGO E DIZEM QUE ERAM ACHACADOS POR VALTER ARAÚJO

Os desembargadores do Tribunal de Justiça de Rondônia analisam nesta segunda feira as três primeiras denuncias contra o bando do deputado estadual ...