Rondônia, domingo, 25 de fevereiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Quarta, 30 de Novembro de 2011 - 12h04

Movimento contra corrupção promete vigília a processo por quebra de decoro

RONDONIAGORA


O presidente da Comissão de Direitos Humanos da seccional Rondônia da Ordem dos Advogados do Brasil, advogado Pedro Alexandre, disse esperar que a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa dê encaminhamento ao pedido formulado por mais de 20 entidades representativas dos trabalhadores, para abrir processo por quebra de decoro parlamentar contra os deputados acusados de desvio de conduta pela Polícia Federal e Ministério Público. Na tarde de terça-feira, depois de uma manifestação com lavagem simbólica do prédio do Parlamento Estadual, cerca de 23 entidades dos movimentos sociais capitaneadas pela Ordem dos Advogados do Brasil protocolaram documento elencando os artigos da Constituição Estadual, da Constituição Federal e do Regimento Interno que foram desrespeitados pelos deputados e cobrando o afastamento deles da atividade parlamentar e a abertura de processo na Comissão de Ética da Casa.Ainda durante a sessão de terça-feira, quando ainda desenrolavam os debates entre os deputados, o advogado Pedro Alexandre fez uma interessante observação. Ele acompanhava a discussão entre os deputados Adelino Follador, que acusa a Mesa Diretora de estar toda contaminada pelos métodos de Valter Araújo e pedia sua dissolução, quando o deputado Luizinho Goebel o retrucou e o ameaçou de processo por quebra de decoro parlamentar ao acusar os deputados sem prova. Pedro Alexandre disse que um grupo de sete deputados, liderados pelo presidente da Assembleia, Valter Araújo, são acusados de coisas muito piores e até agora ninguém falou em quebra de decoro.
“Se sete deputados são acusados de formar uma quadrilha para roubar o dinheiro da Saúde não é quebrar o decoro parlamentar, porque acusar a Mesa Diretora de receber propina, com base em gravações da Polícia Federal, vai ser?”, questiona o advogado, adiantando que não tem procuração para defender Adelino Follador, mas vê uma cínica inversão de valores na Assembleia Legislativa.

Os integrantes do Movimento Unificado pela Ética e contra a Corrupção prometem acompanhar de perto a tramitação do pedido para instauração de processo contra os deputados acusados pela Operação Termópilas. “De minha parte, digo que estamos saindo de um movimento vitorioso contra a corrupção na Unir. Temos experiência e proponho que, caso os deputados façam jogo de corporativismo com seus colegas acusados, montamos acampamento aqui na Assembleia até que uma providência seja tomada”, propõe o professor Adilson Siqueira, um dos líderes da greve da Universidade Federal de Rondônia, que culminou com a renúncia do reitor, acusado de envolvimento em falcatruas.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions