Rondônia, quarta-feira, 22 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Domingo, 29 de Julho de 2012 - 20h04

CAMPANHA ESTÁ LIMPA, ATÉ QUANDO?

Elianio Nascimento


Interessante e intrigante, mas não deixa de ser importante a campanha sem ataques que acontece em Porto Velho. Embora não seja essa a tendência com o início do horário eleitoral, que começa em três semanas, é a primeira vez que, exatos 30 dias do fim da data para coligações, as assessorias ou os candidatos tenham optado por deixar a baixaria de lado. Para se ter uma ideia do que vem ocorrendo, o sistema processual do Tribunal Superior Eleitora (TSE) informa que nem mesmo ações contra candidatos ou coligações existam. Até o Ministério Público Eleitoral (MPE) parece apenas observar.

Propaganda

No entanto, a atividade dos fiscais da Justiça Eleitoral e mesmo denúncias ao TRE acabam por colaborar para a eficácia do processo das eleições. Há várias ações firmes que já retiraram propagandas irregulares das ruas da Capital. O que se vê por enquanto é uma campanha mais ou menos limpa. Por enquanto...

Interior

Nas demais cidades isso não ocorre. E a partir de Ariquemes, as coligações já brigam entre si. Em Cacoal da mesma forma. Há intensidade de ações ainda em Vilhena.

Tempo na TV

Ainda não é oficial, uma vez que o sorteio e definição de tempo acontecem em solenidade oficial, mas a verdade é que Fátima Cleide (PT) terá o maior tempo no horário eleitoral, com quase 6 minutos. Será seguida por Mário Português (PPS) com um minuto a menos. Mariana Carvalho (PSDB) vem a seguir com praticamente o mesmo tempo do candidato anterior. José Augusto (PMDB) terá pouco mais de 4 minutos e Mauro Nazif (PSB) cerca de 3min15s. Depois vem Mário Sérgio (PMN) com 2min50s. Lindomar Garçom (PV) terá grandes problemas: 1min30s e Aluízio Vidal (PSOL) e Janderson Silva (PSTU) pouco mais de um minuto cada um.

Ficha limpa

O ex-deputado e ex-secretário de saúde, Miguel Sena Filho, que concorre a prefeito de Guajará-Mirim teve o pedido de registro deferido pela Justiça Eleitoral. Ele foi condenado em nada menos que cinco ações de improbidade, além de constar na lista negra do Tribunal de Contas da União (TCU) como mau gestor. O Ministério Público Eleitoral (MPE) havia apresentado impugnação, mas o registro saiu. Agora apenas o pedido de Atalíbio Pegorini (PR) ainda precisa ser julgado. Outros candidatos a prefeito que tiveram deferimento foram Dúlcio Mendes (PT), Maria Cristina Victorino (PMDB) e Rodrigo Nogueira (PDT). Já Raimundo dos Santos Lima (PRP) foi vetado.

Avaliação

O Sindicato da Micro e Pequena Indústria de Rondônia (Simpi) contratou pesquisa para saber como anda a eleição em Porto Velho. O Instituto Previsão realizou sondagem durante três dias.

Segurando a grana

Alguma estratégia deve estar utilizando a Prefeitura de Porto Velho para segurar tanto, já em agosto, o dinheiro da publicidade institucional que mantém a cidade linda e maravilhosa nas televisões locais. Em 2011, dos R$ 4.287.503,53 pagos para a Empresa DUPLA CRIAÇÃO NORTE COMUNICAÇÃO & MARKETING, contratada sem licitação, os valores foram quitados mês a mês. Neste ano, dos R$ 4.481.298,73 empenhados para serem gastos com propaganda, exatos R$ 1.488.504,45 entraram na conta da mesma agência. Até ai tudo bem, poderiam dizer que a Lei Eleitoral impede a campanha institucional. É verdade, mas deixar R$ 3 milhões para os últimos dois meses de administração cheira a outra coisa...


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions