Rondônia, 05 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

SINDICATOS MANTÉM PRESSÃO E REALIZAM MOBILIZAÇÕES PELA TRANSPOSIÇÃO

Segunda-feira, 13 Junho de 2011 - 18:28 | RONDONIAGORA


Durante reunião realizada nesta segunda-feira, dia 13/06, visando à organização da viagem dos sindicalistas a Brasília, a Comissão Intersindical recebeu telefonema do senador Valdir Raupp informando que a assinatura do decreto da transposição foi adiada desta quarta-feira, dia 15/06 para a próxima quarta-feira, dia 22/06.



A assinatura e publicação do decreto, bem como a instalação da Comissão executiva da transposição, são alguns dos últimos atos necessários para que seja iniciada a transferência dos servidores para a folha de pagamento da União.

Diante da informação do adiamento, os sindicatos decidiram manter a programação de protestos em Porto Velho e a realização de caravanas a Brasília, com a finalidade de sensibilizar os parlamentares e o governo federal para a necessidade urgente de iniciar a transposição.

Nesta terça-feira, dia 14/06, os sindicalistas vão à Brasília onde pretendem se reunir com a bancada federal para buscar audiência na Casa Civil.

Os representantes dos servidores vão exigir a confirmação por escrito da agenda oficial da Presidenta Dilma, mesmo que a assinatura do decreto seja no dia 22 de junho.

O senador Valdir Raupp explicou por telefone à Comissão Intersindical que a indicação do dia 15/06 era uma “pré-agenda”, mas nessa data a Presidenta Dilma não poderá despachar no Palácio do Planalto. Por isso toda a agenda daquela data foi transferida para o dia 22, não só a assinatura do decreto da transposição.

Além de exigir a oficialização da agenda do dia 22 de junho, a Comissão Intersindical vai querer, além da assinatura e publicação do decreto, a instalação da Comissão Executiva e o imediato início dos trabalhos de transferência dos servidores.

Os sindicalistas propuseram a realização de uma grande mobilização na próxima semana, além dos protestos já programados. “A grande mobilização poderá ter duas funções: se o decreto for assinado, os servidores poderão comemorar, mas se não for assinado até o dia 22, os protestos serão desencadeados”, disse Manoel Rodrigues, secretário geral do Sintero.

A presidente do Sintero, Claudir Mata, está cumprindo agenda da CNTE em Brasília, onde manteve contato com deputados e senadores de Rondônia e reforçou a disposição dos servidores de lutarem de todas as maneiras pela transposição.
“O Sintero apóia e estará à frente de todas as manifestações necessárias para exigir o fim dessa demora. Os nossos servidores não suportam mais essa indefinição e estão dispostos a não mais esperar”, finalizou Claudir.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também

MINISTRA DIZ QUE DECRETO DA TRANSPOSIÇÃO AINDA VAI DEMORAR SEMANAS PARA CHEGAR A PRESIDENTE

Um novo banho de água fria nos servidores estaduais de Rondônia: a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, negou afirmações dos parlamentares fe...

Mesmo com receitas em queda, Confúcio autoriza estudos para conceder reajuste ao funcionalismo

O governador Confúcio Moura (PMDB) discutiu na manhã desta segunda-feira com representantes do funcionalismo público a concessão de aumento salaria...

Reajuste de 8% aos servidores é aprovado pela Assembléia Legislativa

Por unanimidade os deputados aprovaram em primeira votação o reajuste de 8% concedido pelo governo do Estado aos servidores, sendo 6% retroativo a ...