Rondônia, sábado, 18 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Quinta, 09 de Agosto de 2012 - 19h14

BOM DE DENUNCIAR, O PT AGORA SOFRE COM ACUSAÇÃO PESADA

Elianio Nascimento


O uso ostensivo da máquina pública a favor da ex-inimiga pública número 1, ((explicando Justiça: Roberto Sobrinho patrocinou e apoiou sua amiga de primeiras horas Miriam Saldaña como pré-candidata pelo PT)) a ex-senadora Fátima Cleide, pode acabar com o sonho petista bem antes do que imaginam. São fartas as provas carreadas ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) pela Coligação "Porto Velho, a Hora é Agora" (PSB/PDT), através do advogado Nelson Canedo, nas alegações que levaram o Judiciário a tomar medidas drásticas contra a municipalidade nesta quinta-feira. A Prefeitura estava beneficiando Fátima Cleide com divulgação de ações e atos do petista Roberto Sobrinho. E ao que parece, a ação era orquestrada, como diz a inicial da representação.

Promoção vedada em Lei

Explica-se: mesmo depois da proibição de veiculação de propaganda institucional, a Prefeitura vinha massificando as ações de Roberto Sobrinho no site institucional mantido pela Prefeitura e nas matérias enviadas por sua assessoria e publicadas pela imprensa. A Lei veda propaganda institucional no período eleitoral. O PT também arrumou uma forma de veicular sua mídia partidária em algumas emissoras, em claro desrespeito à Lei. E isso sobra para emissoras também.

Falando com o PT

Um dos abusos retratados na representação era a clara propaganda petista que Roberto Sobrinho levava ao ar na Rádio Rondônia, oscilando de temas, mostrando o que fez e o que não fez. Fátima Cleide claro que estava sendo beneficiada.

Tudo pensado

Segundo a representação e aliás, isso está no site do PT (CLIQUE AQUI PARA VER A NOTÍCIA ORIGINAL. CASO TENHAM RETIRADO, CLIQUE AQUI), a própria coordenação de Fátima Cleide anunciou a estratégia de usar a mídia no que considerou a segunda fase da campanha...”As informações estão sendo levadas à população mediante materiais impressos e da mídia de rádio e TV. Esses meios de divulgação serão direcionados às regiões urbanas, rurais e aos distritos, mostrando o que administração do PT realmente fez em Porto Velho nos últimos sete anos e meio”, afirmou a assessoria da candidata em matéria enviada à imprensa no último dia 31.

Assim fica explicado

Então é isso. No último dia 29 publicamos nota aqui, questionando o que tinha levado a Prefeitura da Capital a destinar R$ 3 milhões para pagamento de publicidade de mídia nos meses finais da campanha. A publicação é essa: “Alguma estratégia deve estar utilizando a Prefeitura de Porto Velho para segurar tanto, já em agosto, o dinheiro da publicidade institucional que mantém a cidade linda e maravilhosa nas televisões locais. Em 2011, dos R$ 4.287.503,53 pagos para a Empresa DUPLA CRIAÇÃO NORTE COMUNICAÇÃO & MARKETING, contratada sem licitação, os valores foram quitados mês a mês. Neste ano, dos R$ 4.481.298,73 empenhados para serem gastos com propaganda, exatos R$ 1.488.504,45 entraram na conta da mesma agência. Até ai tudo bem, poderiam dizer que a Lei Eleitoral impede a campanha institucional. É verdade, mas deixar R$ 3 milhões para os últimos meses de administração cheira a outra coisa...”.

Cabeça de burro

Piada corrente durante o café da manhã oferecido pelo Deosp na visita do governador Confúcio Moura (PMDB) ao Palácio Rio Madeira foi a tal “cabeça de burro” enterrada naquelas bandas cuja maldição acabou atrasando as obras, segundo o ex-diretor Abelardo Castro. Lucio Mosquini, que agora responde pela pasta, se esquivou das brincadeiras, mas prometeu entregar o prédio do Governo até o dia 22 de dezembro, quando serão realizados grandes shows para o público.

Rede social

Direto do Twitter: “Eles sabem que somos o melhor para Porto Velho, mas é questão de sobrevivência”. Da ex-senadora e candidata do PT Fátima Cleide ao responder um de seus correligionários sobre as críticas de um certo veículo de imprensa à sua atuação no processo de Transposição dos servidores rondonienses.

Estrago

A cúpula da campanha do PT não deixa vazar, mas o estrago da transposição foi grande. Avaliaram publicar uma nota da ex-senadora elogiando a aprovação do benefício para os contratados até 15 de março de 1987, mas o tiro saiu pela culatra porque outros 9 mil servidores que ficaram de fora não gostaram nem um pouco da posição da petista.

Sem o oráculo

Na verdade, o PT da Capital perdeu dois grandes estrategistas de campanha. Eduardo Valverde e Odair Cordeiro deixaram uma lacuna irreparável no petismo portovelhense. Estratégias como essa jamais teriam sido adotadas caso Odair estivesse vivo e no comando da campanha. Mas preferem a dupla Segismundo / David para opinar. A oposição agradece.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions