Rondônia, terça-feira, 21 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Sexta, 29 de Abril de 2011 - 12h23

O PARADOXO DA IMPRENSA E DAS MÍDIAS OFICIAIS - Por Ivonete Gomes

Ivonete Gomes


--------------------------------------

Equivocadamente o recurso da publicidade é utilizado por alguns gestores de má fé como arma de cerceamento à liberdade de imprensa

--------------------------------------



Os contratos de propaganda oficial são firmados com o exclusivo objetivo de divulgar as ações desencadeadas nos poderes. As peças publicitárias surgem, portanto, como uma prestação de contas e satisfação à sociedade do que fazem com o dinheiro público governadores e presidente, parlamentares e até magistrados – caso de tribunais que mantém contratos da espécie. 

Equivocadamente o recurso da publicidade é utilizado por alguns gestores de má fé como arma de cerceamento à liberdade de imprensa. Veículos de comunicação que recebem as chamadas ordens de inserção ou plano de inserção – PI - das empresas de publicidade contratadas pelo poder público são muitas vezes levados a total subserviência e utilizados para manobras escusas com fins de ludibriar a opinião pública. A pena para os que discordam é o corte das veiculações. Raro o gestor que age de forma lícita e o veículo que arrisca parte do orçamento para não compactuar com a chantagem velada.

O internauta mais antenado deve ter notado o anúncio do Governo do Estado de Rondônia na página principal do Rondoniagora, como certamente deve ter observado a coerência na linha editoral, a exemplo da cobertura da greve na Polícia Militar e o indicativo de paralisação na educação, reportagens que, eventualmente, são contrárias a qualquer administração. Certa vez prometi a um internauta de Ariquemes, leitor e crítico da Caleidoscópio cujo nome me falta à memória, que reconheceria atos de grandeza do governador Confúcio Moura (PMDB), quando assim julgasse, e o faço agora. Usuário assíduo das redes sociais, o peemedebista contemplou a mídia eletrônica, maior crítica do seu Governo, sem ameaças e solicitações de contrapartida, somente reconhecendo que, hoje, os sites e portais têm alcance maior que as chamadas mídias tradicionais e são, desta forma, os maiores “difusores” de qualquer propaganda oficial.

Já o Legislativo....

Está descambando para velhas práticas. Os deputados estaduais vêm usando sistematicamente a mídia para intervir em questões governamentais. Há algumas semanas, parlamentares pediram apoio de parte da imprensa na divulgação de discursos inflamados contra a indicação de Williames Pimentel para a pasta da Saúde estadual. Sem disposição para a briga, Confúcio Moura cedeu às pressões, diferente dos antecessores Bianco e Cassol que vivenciaram mar de lama nas legislaturas de Natanael Silva e Carlão de Oliveira.

Esta semana o confronto com o Governo ganhou ares de oportunismo nos discursos divulgados. Em meio à crise de Confúcio Moura com o funcionalismo público, insatisfeito com o mísero reajuste salarial de 6%, deputados estaduais insinuam fórmulas mirabolantes na tentativa de ganhar a simpatia do servidor, esquecendo passado recente de análise e aprovação do orçamento para o exercício de 2011. Tudo indica que, lá atrás, sugerir aumento superior aos servidores não era preocupação da  casa de leis. Restou decaída oportunidade dos nossos legisladores de indicar reajuste mais apropriado. 

Por outro lado, nada melhor que um Legislativo disposto a elevar a qualidade de vida do cidadão que labuta no serviço público. Com tamanha presteza e disposição para resolver o impasse entre Governo e servidores, espera-se dos nobres deputados propostas de contingenciamento, principalmente sobre contratos milionários de prestação de serviços, para que a economia seja destinada a folha do servidor.

A volta da que não foi

Eis que, finalmente, a ex-senadora Fátima Cleide é citada em listas do PT para abocanhar espaço no governo da presidente Dilma Roussef. Nota do Painel, da Folha de São Paulo, informa que a cúpula do partido está elaborando uma lista com 104 nomes de companheiros que permanecem fora da mamata. Entre eles está Fátima Cleide, que perambula por Brasília e se recusa a voltar para as salas de aula em Rondônia.

Reforma administrativa

O secretário-chefe da Casa Civil, Ricardo Sá, anunciou a intenção do Governo em realizar uma ampla reforma administrativa no final do primeiro semestre do ano.  A informação foi repassada durante audiência com os representantes do setor produtivo na Assembléia Legislativa, mas ele não pôde adiantar muita coisa porque depende do planejamento que está sendo realizado pela equipe do governador Confúcio Moura (PMDB). Extra-oficialmente o setor da segurança pública deve ser remodelado para atender as exigências do Ministério da Justiça para liberação de recursos. Novamente, em pauta a integração das policiais. E também não deve ser surpresa a criação do Instituto de Terras de Rondônia (ITR) para cuidar das mais de 90 mil demandas no Estado.

Moreira Mendes

Combatente na aprovação urgente do Código Florestal, garantindo o direito dos produtores rurais, o deputado federal Moreira Mendes (PPS-RO) está em Rondônia participando das atividades políticas em vários municípios. Nesta sexta-feira, ele esteve em Ji-Paraná acompanhando o governador Confúcio Moura (PMDB). Nos próximos 5 meses, Moreira Mendes participa da formatação do Partido Social Democrata (PSD) como membro fundador  e futuro presidente da legenda em Rondônia. Bem visto como virtual pré-candidato a Prefeitura de Porto Velho, o parlamentar desconversa, entendendo que o momento precisa trabalhar muito para garantir novas conquistas para o setor produtivo, sua principal bandeira política.

Democratas

O Democratas (DEM) está se organizando para as eleições municipais em Porto Velho em 2012. O comando da legenda está nas mãos do técnico Wagner Luiz de Souza, adjunto da Secretaria de Finanças de Rondônia, que inaugura no próximo dia 5 de maio a nova sede do partido na Capital. Experiente na área contábil e financeira, Wagner Luiz sempre esteve nos bastidores trabalhando nas eleições vitoriosas do ex-governador e atual prefeito José Bianco e do atual governador Confúcio Moura (PMDB). Agora, deve iniciar um trabalho de construção de um nome para concorrer ao Palácio Tancredo Neves, sede administrativa da Capital.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions