Rondônia, terça-feira, 21 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Domingo, 29 de Setembro de 2013 - 10h41

Quem tem medo do lobo mau? - Por Ivonete Gomes

Ivonete Gomes


Quem tem medo do lobo mau? - Por Ivonete Gomes

Foragido pelo período de um ano e nove meses, o primeiro deputado estadual cassado na Assembleia Legislativa de Rondônia resolveu que estava na hora de prestar contas com a Justiça. Valter Araújo (PTB) dirigiu-se à 3ª Vara Criminal devidamente documentado, prestou depoimento e foi encaminhado para o presídio Pandinha.  No espaço de tempo entre a apresentação espontânea e o deslocamento ao cárcere, o ex-parlamentar causou furor nas hostes do poder. Não faltou rato saltando desesperado do navio em iminente naufrágio.

A reação de algumas figuras públicas à reaparição de Valter Araújo acabou por surpreender até formadores de opinião. Dava-se como esclarecido os escândalos de desvio de recursos da saúde e pagamento de mensalão a alguns deputados que levaram o Ministério Público do Estado e a Polícia Federal deflagrarem a Operação Termópilas.  Pensava-se faltar apenas a martelo da Justiça, mas, agora, tudo indica que Valter detém um rol privado de outros envolvidos e não está disposto a ficar solitário na cadeia.

Entre as manifestações públicas ao ressurgimento de Araújo, uma em especial despertou a atenção e provocou imensa estranheza. Trata-se de postagem no Facebook do secretário de Segurança Pública, Marcelo Bessa. Em forma de “advertência”, o midiático xerife escreveu logo após a prisão do ex-deputado:

“Um grande teatro (ou circo) está sendo armado nos bastidores da política em RO. A apresentação "espontânea" de um foragido e seu possível depoimento servirá para a criação de mais um factóide com finalidade mesquinha de se fomentar, ainda mais, a instabilidade política do estado.
Aguardem e verão!
Nosso estado não merece tamanha irresponsabilidade... Formadores de opinião, não se deixem enganar!” (sic)


O posicionamento do secretário surtiu efeito imediato nas redes sociais. Questionamento quase unânime à Bessa foi do porquê e quem teria medo de Valter Aráujo, preso e acabado politicamente. Entretanto, vejamos a seguir que o post do secretário tem nuances que vão além de um simples temor – sabe-se lá de quem. Basta ler nas entrelinhas.

De acordo com o secretário, alguém nos bastidores políticos estaria armando um circo. Isso o torna privilegiado em algumas informações. Em tempo: Bessa não teve participação nas investigações da Termópilas. Quando se refere ao suposto teatro em andamento supõe que autores de uma pseudo-armação sabiam do paradeiro de um foragido. Neste caso, caberia a Marcelo Bessa imediata comunicação à Polícia Federal e Ministério Público do crime de favorecimento pessoal. Poderia também, o próprio, efetuar a prisão.

Ao colocar aspas na palavra “espontânea”, Marcelo Bessa sugere que Valter Araújo não se entregou por vontade própria. Parece-nos óbvio que um foragido só vai para a cadeia em dois casos - ou é preso pela polícia ou se entrega às autoridades judiciárias. O titular da Sesdec demonstra de ter conhecimento de uma terceira via.

O apocalítico secretário diz ainda sobre Valter que “seu possível depoimento servirá para a criação
de mais um factóide com finalidade mesquinha de se fomentar, ainda mais, a instabilidade política do estado.” Neste trecho, Bessa não só demonstra saber o que Valter tem a declarar como deixa explícito que o alvo do deputado cassado é o governo. Fosse a Assembleia, o nobre delegado não estaria preocupado com uma “instabilidade política”, muito menos classificaria antecipadamente qualquer informação como um factoide oriundo de mesquinharia.

Marcelo Bessa conclui a infeliz, porém esclarecedora postagem, fazendo um apelo para que formadores de opinião “não se deixem enganar”. O recado é para jornalistas, em especial, aqueles a quem Bessa elegeu inimigos do estado. Ocorre que, jornalista nenhum, em sã consciência, vai deixar de ouvir o que personalidade política como Valter Araújo tem a dizer. Principalmente agora que ele, Marcelo Bessa, deixou público e notório ser o ex-deputado a própria caixa de Pandora em pessoa. Atiçados pela postagem do homem que comanda o Guardião em Rondônia todos agora querem saber: quem tem medo do lobo mau?


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions