Rondônia, sábado, 21 de julho de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Artigos

Publicado em Segunda, 14 de Maio de 2012 - 18h27

ESPOSA DE BATISTA TENTA RECUPERAR MAIS DE R$ 100 MIL APREENDIDOS PELA PF

Elianio Nascimento


O ex-secretário José Batista da Silva sempre negou ter qualquer ligação com a empresa Multimargem Sistema Inovada de Margem Consignável Ltda, aquela que caiu poucos meses depois da posse de Confúcio Moura, após denúncias do RONDONIAGORA, como pode ser visto aqui e aqui. Pois bem. Após a cadeia, a cara de pau do ex-homem forte de Valter Araújo ainda é mantida. Batista e a esposa, Maria de Fátima de Souza Lima, foram a Justiça para tentar recuperar aquela dinheirama apreendida pela Polícia Federal com Batista em um hotel da Capital, exatamente R$ 116.400,00 (cento e dezesseis mil e quatrocentos reais).

É da esposa

Exatamente seis meses depois da Operação Termópilas, Batista recordou-se que o dinheiro pertencia a empresa da esposa e que por isso deveria ser devolvido da mesma forma como foi tomado pelos agentes federais que invadiram seu apartamento no hotel. De acordo com Batista, na ação que impetrou na Justiça, o recurso era de origem lícita e que seria utilizado para o pagamento de um cheque, que restou devolvido no dia 21 de novembro.

Conta outra

Com opinião, obviamente desfavorável, do Ministério Público, o desembargador Sansão Saldanha não caiu em mais uma história de um dos maiores operadores do bando de Valter Araújo. Sansão não viu comprovação da origem e disse que o argumento de que os valores apreendidos estavam em poder da procuradora da empresa Multimargem, Maria de Fátima de Souza Lima, a esposa de Batista não foram comprovados. Extratos da empresa, em poder da Justiça não demonstram a origem do valor apreendido.

Agora, o rolo comprovado

No entanto. A cara de pau de Batista serviu para pelo menos uma comprovação e sem qualquer dúvida: agiu para a companheira ganhar, sem licitação, o grande filão da consignação...

Gerenciar a educação

Comprovou-se, da pior forma, que o atual gestor da pasta de Educação pouco sabe mesmo sobre o setor. Uma licitação, orçada em R$ 6.273.869,89 (seis milhões, duzentos e setenta e três mil, oitocentos e sessenta e nove reais e oitenta e nove centavos) busca contratar empresa para “consultoria visando ao
levantamento de diagnóstico e modelo de gestão educacional focado para gestão por desempenho”. Ou seja, uma empresa vai mostrar como comandar a Secretaria de Educação. A empresa vencedora será conhecida em 27 de junho.

Renúncias na Mesa Diretora

Articulações de última hora podem desencadear renúncias de parlamentares pertencentes a Mesa Diretora da Assembléia e que foram denunciados na Operação Termópilas. Até quinta-feira devem acontecer novidades, o que não significa perdão.

Demora mais sai

De última hora, o relator da Comissão Parlamentar Processante (CPP), Edson Martins (PMDB) anunciou que vai utilizar todo o tempo disponível na Lei para apresentar o relatório final sobre os deputados investigados. Marcou para a próxima terça-feira a divulgação sobre o que decidiu.

Dúvidas

Para alguns parlamentares, ainda há dúvidas sobre o processo de quebra de decoro dos 8 deputados estaduais denunciados pela Operação Termópilas. O deputado Jesualdo Pires (PSB-Ji-Paraná) espera que a Comissão Processante esclareça questões técnicas a respeito do quórum mínimo, caso haja no relatório a indicação de cassação de mandato, se a votação será aberta ou secreta, ou na pior das hipóteses, se o deputado poderá apresentar seu voto. Jesualdo diz que a cobrança da população é muito grande.

Decisão precipitada

Precipitada a atitude do jornalista Celso Gomes em alardear a escolha do seu nome como único pré-candidato do PDT em Porto Velho. A legenda, informa o dirigente regional Ruy Motta,  não escolheu nenhum nome e a homologação da candidatura acontece em convenção já programada para o mês de junho.  Celso Gomes é muito bem visto pelas alas da Juventude e da Mulher, mas esses movimentos não tem autorização para lançar candidatos. Ruy lembra que uma resolução do Diretório Nacional do PDT determina que os candidatos a prefeito nas capitais deverão passar pelo crivo das executivas municipais e regionais, o que não foi o caso do jornalista Celso Gomes.

Dalton na disputa

Com essa decisão comunicada pelo diretório municipal do PDT, o jornalista Dalton di Franco continua na parada. Dono de grande audiência em Porto Velho, o jornalista da Rede TV é forte liderança dos quadros pedetistas, não podendo ser desprezada a sua força nas camadas populares.

Na Justiça

O direção do Sindsaúde prestou queixa formal contra o que considerou abusos de policiais militares durante a tarde de sexta-feira, quando manifestantes e soldados entraram em confronto. Foram quatro queixas contra os militares e duas, de assédio contra a direção do HB.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions